O processo inflacionário e o consumo de vegetais e alimentos industrializados no Brasil: aspectos econômicos, climáticose do comportamento do consumidor Outros Idiomas

ID:
32432
Resumo:
Com o acirramento da competitividade, as tecnologias relacionadas à inteligência de mercado e seus processos tornaram-se fundamentais para que as empresas se mantenham no mercado, como, por exemplo, por meio de informações contínuas de inflação e do comportamento de compra dos consumidores. Este estudo identificou os fatores que mais impactaram na alta de preço dos cinco vegetais que apresentaram maior inflação no primeiro semestre de 2013, bem como apresenta as dez categorias de alimentos industrializados que proporcionaram maior queda em volume consumido, elencando possíveis fatores para o desempenho negativo desses produtos. Para tanto, foi realizada uma pesquisa explicativa, na forma de avaliação quantitativa e qualitativa, com base nos dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo e de informações de painel de consumo de 8.200 lares brasileiros. Os resultados apontaram que a retração no consumo não se deu de forma homogênea nas classes socioeconômicas, o qual variou consoante especificidades em cada uma das categorias. Conclui-se que outros fatores, além do aumento de preço, exerceram um papel relevante na retração de consumo, tais como mudanças atreladas à busca por produtos com maior valor agregado e praticidade.
Citação ABNT:
KAWANO, D. R.; KAWANO, B. R.; PIVOTO, D.; BATISTA, L. L. O processo inflacionário e o consumo de vegetais e alimentos industrializados no Brasil: aspectos econômicos, climáticose do comportamento do consumidor. NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, v. 4, n. 2, p. 50-64, 2014.
Citação APA:
Kawano, D. R., Kawano, B. R., Pivoto, D., & Batista, L. L. (2014). O processo inflacionário e o consumo de vegetais e alimentos industrializados no Brasil: aspectos econômicos, climáticose do comportamento do consumidor. NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, 4(2), 50-64.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/32432/o-processo-inflacionario-e-o-consumo-de-vegetais-e-alimentos-industrializados-no-brasil--aspectos-economicos--climaticose-do-comportamento-do-consumidor/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANDRADE, Carolina. Variação de consumo na cesta de alimentos nas classes socioeconômicas: Kantar Worldpanel Brasil. [Mensagem pessoal]. Mensagem recebida por em: 12 ago. 2013. AGÊNCIA AGROLINK. Cotação do preço da aveia. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2013.

ARBAGE, A. P. Fundamentos de economia rural. Chapecó: Argos, 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE REFRIGERANTES E DE BEBIDAS NÃO ALCOÓLICAS (ABIR). BNA Brasil Relatório 2011: ABIR consumo de todas as bebidas comerciais 2005-2010. [2012]. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SUPERMERCADOS (ABRAS). Café da manhã do brasileiro fica mais encorpado. [2011]. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2014

AZEVEDO, P. F. Comercialização de produtos agroindustriais. In: BATALHA, M. O. (Org.). Gestão agroindustrial. v. 1. São Paulo: Atlas, 2010. p. 63-112.

CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA (CEPEA). Análise do mês: leite. [2013a]. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2013.

CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA (CEPEA). Séries mensais da laranja. [2013b]. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2013.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB). Conjuntura semana: feijão – período 05 a 09.08.2013. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 22 ago. 2013.

DUMBRA, J. G. R; VENTURA, M. B.; SABIO, R. P. Cenoura. Hortifruti Brasil, São Paulo, v. 12, n. 123, p. 34, maio 2013. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION (FAO). Soaring Food Prices: Facts, Perspectives, Impacts and Actions Required. [2008]. Disponível em: . Acesso em: 6 abr. 2014.

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS (FGV). Fatores Determinantes dos Preços dos Alimentos O Impacto dos Biocombustíveis. Rio de Janeiro: FGV, 2008. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2014.

HOYOS, R. E. de; MEDVEDEV, D. Poverty effects of higher food prices: a global perspective. Washington, DC: World Bank, 2009.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Índices Nacionais de Preços ao Consumidor: IPCA e INPC, abril 2013. [2013d]. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Índices Nacionais de Preços ao Consumidor: IPCA e INPC, fevereiro 2013. [2013b]. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Índices Nacionais de Preços ao Consumidor: IPCA e INPC, janeiro 2013. [2013a]. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Índices Nacionais de Preços ao Consumidor: IPCA e INPC, junho 2013. [2013f]. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Índices Nacionais de Preços ao Consumidor: IPCA e INPC, maio 2013. [2013e]. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Índices Nacionais de Preços ao Consumidor: IPCA e INPC, março 2013. [2013c]. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

KAHNEMAN, D. Pensar, depressa e devagar. Lisboa: Temas & Debates, 2012.

MALUF, R. S.; SPERANZA, J. Volatilidade dos preços internacionais e inflação de alimentos no Brasil: fatores determinantes e repercussões na segurança alimentar e nutricional. Brasília, DF: Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN), 2013.

MARTINEZ, T. S.; CERQUEIRA, V. dos S. Estrutura da inflação brasileira: determinantes e desagregação do IPCA. Texto para Discussão nº 1634. Rio de Janeiro: IPEA, 2011.

MARTINEZ, T.; CERQUEIRA, V. dos S. Estrutura da inflação brasileira: determinantes e desagregação do IPCA. Econ. soc. [online],v. 22, n. 2, p. 409-456, 2013.

MARTINS, G. A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO (MAPA). Feijão. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2013.

NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM ADMNISTRAÇÃO (NEPA). A crise mundial dos alimentos e a vulnerabilidade dos países periféricos. [2009]. Disponível em: . Acesso em: 11 mar. 2014.

PALHARES, I. de N.; DELEO, J. P. B.; SABIO, R. P. Cebola. Hortifruti Brasil, São Paulo, v. 12, n. 123, p. 28-28, maio 2013. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

PEREIRA, L. C. R. Generalidades sobre a responsabilidade civil do fabricante. Revista dos Tribunais, São Paulo, n. 654, p. 52-56, abr. 1990.

PINDYCK, R.; RUBINFELD, D. L. Microeconomia. São Paulo: Prentice Hall, 2010.

RAMOS, R. M. et al. Batata. Hortifruti Brasil, São Paulo, v. 12, n. 123, p. 33-33, maio 2013. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.

SOLOMON, M. B. O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. Porto Alegre: Artmed, 2008.

ZAGALI, F. Q. et al. Tomate. Hortifruti Brasil, São Paulo, v. 12, n. 123, p. 32-32, maio 2013. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2013.