A Educação Ambiental como objeto de Estudos nos Programas Stricto Sensu em Turismo no Brasil (período 1997 – 2011) Outros Idiomas

ID:
33654
Resumo:
A Educação Ambiental (EA) é uma importante ferramenta para o desenvolvimento do turismo sustentável, sendo utilizada na sensibilização das pessoas sobre a minimização dos impactos ambientais, decorrentes do uso de recursos naturais nas atividades turísticas. Nessa perspectiva, estudos sobre a EA nos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Turismo, no Brasil, parecem ser importantes e necessários para identificar tendências e lacunas no processo de produção de conhecimento. O objetivo de estudo é mapear como a Educação Ambiental é contemplada na produção do conhecimento nas dissertações desses Programas, reconhecidos e recomendados pela Capes no período de 1997 a 2011. A pesquisa é de caráter descritivo e analisa as dissertações (que contemplam na investigação a Educação Ambiental), constantes no Banco de Teses da Capes. Os resultados obtidos permitem concluir que, dos seis Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Turismo no Brasil, apenas cinco dissertações (duas do Programa de Mestrado em Turismo e Hotelaria, da Universidade do Vale do Itajaí e três do Programa de Mestrado em Turismo da Universidade de Caxias do Sul) contemplam a educação ambiental como objeto de estudo.
Citação ABNT:
DENICO, M. S. G. M.; CONTO, S. M. A Educação Ambiental como objeto de Estudos nos Programas Stricto Sensu em Turismo no Brasil (período 1997 – 2011). Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v. 8, n. 3, p. 494-513, 2014.
Citação APA:
Denico, M. S. G. M., & Conto, S. M. (2014). A Educação Ambiental como objeto de Estudos nos Programas Stricto Sensu em Turismo no Brasil (período 1997 – 2011). Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, 8(3), 494-513.
DOI:
10.7784/rbtur.v8i3.799
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/33654/a-educacao-ambiental-como-objeto-de-estudos-nos-programas-stricto-sensu-em-turismo-no-brasil--periodo-1997-----2011-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Botelho, D. M. (2007). A Educação Ambiental como perspectiva para uma outra viagem turística: revisitando os passos do guia - educador com viajantes na Costa Doce/RS. Dissertação. Programa de PósGraduação em Educação Ambiental. Fundação Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Disponível em: . Acessado em 20 set.2013.

Brasil. Lei 9.795, de 27 de abril de 1999. (1999). Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em:. Acessado em 04 jan.2012.

Bueno, F. P. (2006). As relações entre ecoturismo e educação ambiental no pólo de ecoturismo da Ilha de Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em Turismo e Hotelaria). Programa de Pós-Graduação em Turismo e Hotelária. Universidade do Vale do Itajaí. Centro de Educação Balneário Camboriú, Santa Catarina. Disponível em: . Acessado em 09 out.2012.

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (2012). Disponível em: . Acessado em 21 mar.2012.

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (2012). Disponível em: . Acessado em 21 mar.2012.

Carvalho. L. M.; Tomazello, M. G. C.; & Oliveira. H.T. (2009). Pesquisa em educação ambiental: panorama da produção brasileira e alguns de seus dilemas. Cad. CEDES, v. 29, n. 77. Campinas. jan./abr. 2009. SciELO. pp. 1327. Disponível em: . Acessado em 13 maio2012.

Corrêa, L. L. (2002). Proposta Metodológica para Comunicação em Rádio - Suporte para um turismo sustentável. Dissertação (Mestrado em Turismo e Hotelaria). Programa de Pós graduação em Turismo e Hotelária. Universidade do Vale do Itajaí. Centro de Educação Superior de Balneário Camboriú, Santa Catarina.

Denicol, M. S. G. M.; De Conto, S. M.; & Kunz, J. G. (2012). A Educação ambiental como objeto de estudo no seminário de pesquisa em turismo do Mercosul - SeminTur. Anais do 7º Seminário de Pesquisa em Turismo do Mercosul, Caxias do Sul: UCS, 2012. Disponível em:CD-ROM.

Denicol, Maria Salete Goulart Martins. (2013). A educação ambiental como objeto de estudos nos programas stricto sensu em turismo no Brasil (período 1997-2011). Dissertação (Mestrado em Turismo) - Universidade de Caxias do Sul, Programa de Pós-Graduação em Turismo, Caxias do Sul - Rs.

Ferreira, N. S. de A. (2002). As Pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, n. 79, v. 12, p. 257-272. Disponível em: . Acessado em 08. fev.2012.

Gil, A. C. (2011). Como elaborar projetos de pesquisa. 5a ed. São Paulo: Atlas.

Hall, C. M.; & PedrazzinI T. (1989). Australian higher degree theses in tourism, recreation and related subjects. Lismore: Australian Institute for Tourism Industry Management. Disponível em: . Acessado em 16 ago.2013.

Inep. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. (2012). Instrumento de avaliação de cursos de graduação presencial e a distância. Disponível em: . Acessado em 15 set.2013.

Jafari, J.; & Aaser, D. (1988). Tourism as the subject of doctoral dissertations. Annals of Tourism Research, v. 15, pp. 407-429.

Köche, J. C. (2011). Fundamentos de metodologia científica: Teoria da ciência e iniciação à pesquisa. 29a ed. Petrópolis, RJ: Vozes.

Lorenzetti, L.; & Delizoicov, D. (2007). A produção acadêmica brasileira em educação ambiental. Disponível em: . Acessado em 13 fev. 2012.

Machado, A. L. de M. (2011). Práticas ambientais na seleção, no planejamento e na comercialização do ecoturismo: informações de agências de ecoturismo do Rio Grande do Sul. Dissertação de (Mestrado em Turismo)-Programa de Pós-Graduação em Turismo, Universidade de Caxias do Sul-RS. Disponível em: . Acessado em 24 mar2012.

Meyer-arendt, K. J.; & Justice, C. (2002). Tourism as the Subject of North American Doctoral Dissertations, 1987-2000. Annals of Tourism Research, 29(4), pp. 1171-1174.

Oliveira, D. E. R.; & Rezende, V. A. (2010). A pesquisa em educação ambiental no contexto da pesquisa educacional no Brasil: Tendências e perspectivas. In: Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade, 4, 2010, Laranjeiras - SE. Anais... Laranjeiras.

Oliveira, M. A. S.; Souza, M. J. B.; & Escobar, M. A. R. (2012). A responsabilidade socioambiental (RS) nos periódicos científicos de turismo no Brasil: uma análise bibliométrica de 2001 a 2011. Anais do 7º Seminário de Pesquisa em Turismo do Mercosul, Caxias do Sul: UCS, 2012. Disponível em:CD-ROM.

Pereira, G. S. (2007). A variável ambiental no planejamento de eventos turísticos: estudo de caso da Festa Nacional da Uva - RS. Dissertação (Mestrado em Turismo) - Programa de Pós-Graduação em Turismo, Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul-RS, 2007. Disponível em: . Acessado em 24 mar.2012.

Pertille, I. (2007). O uso turístico dos reservatórios de hidrelétricas: estudo dos terminais turísticos no Lago Itaipu, Paraná, Brasil. Dissertação (Mestrado em Turismo) - Programa de pós-graduação em turismo, Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul-RS.

Programa de Pós graduação em Turismo e Hotelária. Universidade do Vale do Itajaí. Centro de Educação Balneário Camboriú, Santa Catarina - SC. Disponível em: . Acessado em 21 jan.2013.

Ruschmann, D. (2001). Turismo e planejamento sustentável. A proteção do meio ambiente. 8a ed. Campinas-SP: Papirus.

Santos, A. M. (2004). Avaliação da qualidade da paisagem e dos atrativos turísticos do Parque Spitzkopf? Blumenau (SC). Dissertação (Mestrado em Turismo e Hotelaria). Programa de Pós graduação em Turismo e Hotelária. Universidade do Vale do Itajaí. Centro de Educação Superior de Balneário Camboriú, Santa Catarina - SC.

Sato, M.; & Santos, J. E. dos. (2003). Tendências nas Pesquisas em Educação ambiental. In: NOAL, F. O. ; ARCELOS, V. H. L. (Org). Educação Ambiental e Cidadania. Santa Cruz do Sul, RS: Edunisc, 2003. pp. 248-278.

Sauvé, L. (2005). Uma cartografia das correntes em educação ambiental. Brasil. In: Sato, M & Carvalho, I. (Org.). Educação ambiental - Pesquisa e desafios. Porto Alegre-RS Artmed. Reimpressão 2008. pp. 17 -44.

Silva, R. do N. (2007). Ações ambientais em meios de hospedagem da região uva e vinho da serra gaúcha - RS. 2007. Dissertação (Mestrado em turismo) - Programa de pós-graduação em turismo, Universidade de Caxias do Sul Caxias do Sul-RS.

Soares, M. (2002). Análise do Potencial Turístico das aves como alternativa para o desenvolvimento do turismo em bases sustentáveis no eixo Piçarras - Balneário Camboriú, do litoral Centro-Norte de Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em Turismo e Hotelaria). Programa de Pós graduação em Turismo e Hotelária. Universidade do Vale do Itajaí. Centro de Educação Superior de Balneário Camboriú, Santa Catarina - SC.

Soares, M. B.; Maciel F. (2000). Série Estado do Conhecimento nº Alfabetização. Brasília. MEC/Inep/Comped2000. Disponível: em: . Acessado em 11 fev.2012.

Souza, D C de. (2010). Cartografia da Educação Ambiental nas pós-graduações Stricto Sensu Brasileiras (2003-2007): ênfase na pesquisa das áreas de Educação e de Ensino de Ciências sobre formação de professores. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática), Londrina - PR.

Souza, D. C.; & Salvi, R. F. (2011). Um mapeamento da pesquisa em Educação Ambiental nas pós-graduações Stricto Sensu no Brasil (2003-2007). Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande (RS), v. 26, pp. 322-337. janeiro a junho de 2011. FURG. Rio Grande. Disponível em: . Acessado em 13 jan.2012.

Tomazello, M. G. C. (2005). Reflexões acerca das dissertações e teses brasileiras em educação ambiental do período de 1987-2001. Enseñanza de las ciências. Disponível em: . Acessado em 13 fev.2012.

Watanabe, A. A. (2008). Análise da Satisfação dos Visitantes do Parque Estadual do Rio da Onça/PR, no Contexto do Turismo em Unidades de Conservação. Dissertação (Mestrado em Turismo e Hotelaria).

Weiler, B.; Moyle, B. D.; & McLennan, C. (2012). Disciplines that influence tourism doctoral research the United States, Canada, Australia and New Zealand. Annals of Tourism Research, 39(3), pp. 1425-1445.

Zanette, F. G. C. (2010). Procedimento operacional padrão de governança e sustentabilidade em hotelaria. 103 f. Dissertação de (Mestrado em Turismo) - Programa de Pós-Graduação em Turismo. Universidade de Caxias do Sul - RS. Disponível em: . Acessado em 02 jan.2013.

Zsóka, A.; Marjainé, Z.; Széchy, A.; & Kocsis, T. (2013). Greening due to environmental education? Environmental knowledge, attitudes, consumer behavior and everyday pro-environmental activities of Hungarian high school and university students. Journal of Cleaner Production, n. 48, pp. 126-138. Disponível em: . Acessado em 29 jul.2013.