Fatores incentivadores da publicação de Guidance pelas empresas do Ibovespa e sua conformidade com o pronunciamento de orientação N° 04/2008 do CODIM Outros Idiomas

ID:
33714
Resumo:
À medida que cresce a demanda de recursos no mercado de capitais nacional, surge a necessidade das empresas em publicarem estimativas de resultados para manterem ou atraírem novos investidores. O guidance, publicação de resultados futuros, surge neste cenário como resposta a este movimento. Nessa perspectiva, a pesquisa investiga prováveis fatores incentivadores da publicação de guidance pelas empresas do Ibovespa, analisando o atendimento ao Pronunciamento 04/2008, do CODIM. A investigação abrangeu fatores relacionados ao ambiente institucional (segmento de listagem na BM&FBovespa e listagem de ações em bolsas estrangeiras) e a três grupos de interesse (fornecedores, empregados einvestidores). De natureza qualitativa, a pesquisa exploratória utilizou a técnica análise de conteúdo. Após a análise dos Formulários de Referência das 62 empresas, foi possível constatar a publicação de guidances em 2010 por 26 delas, ou seja, 41,9% da carteira teórica do Ibovespa. Os resultados indicam que os fatores analisados foram considerados incentivadores da evidenciação de perspectivas de resultados futuros, conforme apregoado pela Teoria Institucional e pela Teoria dos Stakeholders. Esses resultados sugerem que as empresas pesquisadas fornecem informações sobre estimativas futuras para manter ou garantir sua legitimidade no mercado e perante seus stakeholders. Contudo, a análise de conteúdo revelou que os guidances publicados pelas empresas não atendem de forma satisfatória ao Pronunciamento 04/2008.
Citação ABNT:
MACEDO NETO, H.; VASCONCELOS, A. C.; LUCA, M. M. M.; FIGUEIRÊDO JUNIOR, H. S. Fatores incentivadores da publicação de Guidance pelas empresas do Ibovespa e sua conformidade com o pronunciamento de orientação N° 04/2008 do CODIM . Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 9, n. 1, p. 105-126, 2014.
Citação APA:
Macedo Neto, H., Vasconcelos, A. C., Luca, M. M. M., & Figueirêdo Junior, H. S. (2014). Fatores incentivadores da publicação de Guidance pelas empresas do Ibovespa e sua conformidade com o pronunciamento de orientação N° 04/2008 do CODIM . Sociedade, Contabilidade e Gestão, 9(1), 105-126.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/33714/fatores-incentivadores-da-publicacao-de-guidance-pelas-empresas-do-ibovespa-e-sua-conformidade-com-o-pronunciamento-de-orientacao-n---04-2008-do-codim-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABRASCE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SC. Desempenho da indústria de SC no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 12/06/2012.

ADOLFSSON, P.; BRÖCHNER, J.; JOHANSSON M. Outsourcing facilities management in the process industry: A comparison of Swedish and UK patterns, Journal of Facilities Management, Vol. 1, Iss: 3, p. 265 271, 2002.

ATKIN, B.; BROOKS, A. Total facilities management. 3a ed. Hong Kong: WileyBlackwell, 2009.

BEBER, S. J. N. Estudo exploratório da insatisfação do consumidor com os serviços prestados por assistências técnicas autorizadas de automóveis. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração. Porto Alegre, 2000.

BERRY, L. L; PARASURAMAN, A. Serviços de marketing: competindo através da qualidade. São Paulo: Maltese-Norma, 1992.

BERRY, L. L; PARASURAMAN, A.; ZEITHAML, V. A. A conceptual model of services quality and its implications for future research. Journal of Marketing, v. 49, no 4, p. 41-50, 1985.

BIRKLAND, C. Making the outsourcing decision. Management Techniques. Fleet Equipment, p. 22-24. Fev, 2009.

BITNER, M. J.; HUBBERT, A. R. Encounter satisfaction versus overall satisfaction versus quality. In: RUST, R. T.; OLIVER, R. L. (Ed.). Service Quality: new directions in theory and practice, P. 72-94. Londres: Sage, 1994.

CARDOZO, R. N. An experimental study of customer effort, expectation, and satisfaction. Journal of Marketing Research, v. II, p. 244-249, Aug. 1965.

CHRISTENSEN, C.; ROCHA, A. Marketing: teoria e prática no Brasil. 2a ed. São Paulo: Atlas, 1999.

COUGO, R. L. Satisfação dos consumidores: um estudo em escolas de informática na cidade de Bagé. 2001. Dissertação (Mestrado em Administração) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Bagé, 2001.

CRONIN, J. J; TAYLOR, S. A. Measuring service quality: a reexamination and extension. Journal of Marketing, N. 56. P. 55-68. July, 1992.

DESATINICK, R. L.; DERZEL, D. H. Gerenciar bem é manter o cliente. 1ª ed. São Paulo: Pioneira, 1995.

FARIAS, S. A.; SANTOS, R. C. Modelagem de Equações Estruturais e Satisfação do Consumidor: uma Investigação Teórica e Prática. Revista de Administração Contemporânea. Vol. 4. N.º 3. p. 107-132. Set/Dez, 2000.

FERREL, O. C.; HARTLINE, M. D. Estratégia de marketing. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

HAIR, J.; ANDERSON, R. E.; TATHAN, R. L. BLACK, W. C. Análise multivariada de dados. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HINES, M . A . SC operation and management. In: CLURMAN, D. SC Development and Investment. P. 171-216. Canada: John Wiley & Sons, 1988.

HOFER, C. W; SCHENDEL, D. Strategy Management. Massachusetts: Little and Brown, 1979.

IFMA INTERNATIONAL FACILITY MANAGEMENT ASSOCIATION. What is FM?. Disponível em: . Acesso em 22/06/2012.

KOTLER P. Administração de Marketing: Análise, planejamento, implementação e controle. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 1998.

KOTLER P. Marketing Management. 11th ed. Englewood Cliffs: Prentice Hall Inc, 2003.

McCARTHY, E. J.; PERREAULT, W. D. Marketing essencial: uma abordagem gerencial e global. São Paulo: Atlas, 1997.

McDONALD, M. Planejamento estratégico de marketing: teoria e prática. Cap. 5. In: BAKER, M. J. Administração de Marketing. 5ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

MORGAN , P .; WALKER, A. Retail Development. London: Estate Gazette, 1988.

MUSA, Z; PITT, M. Defining facilities management service in UK SC centres. Journal of Retail & Leisure Property. Vol. 8, 3, 193-205. 2009.

MUSA, Z; PITT, M. Towards defining SC centres and their management systems. Journal of Retail & Leisure Property. Vol. 8, 1, 39-55, 2009.

MUSZYNSKI, C; SWONJENSKI, J. Outsourcing facilities management: a luxury or smart solution? Nonprofit World. Vol. 30. N. 2. 2012.

OLIVER, R. L. A conceptual model of service quality and service satisfaction: compatible goals, different concepts. P. 65-85. In: SWARTZ, T. A.; BOWEN, D. E.; BROWN, S. W. Advances in services marketing and management: research and practice, Vol. 2.. Greenwich: Jai Press, 1993.

OLIVER, R. L.; DeSARBO, W. S. Response determinants in satisfaction judgments. Journal of Consumer Research, v. 14, p. 495-507, Mar 1988.

OLIVER, R. L. Processing of the satisfaction response in consumption: a suggest framework and research propositions. Journal of Consumer Satisfaction/Dissatisfaction and Complaining Behavior, vol. 2, p. 1-16, 1989.

OLIVER, R. L. Satisfaction: a behavioral perspective on the consumer. New York: Irwin McGraw Hill: 1997.

OLIVER, R. L.; SWAN, J. E. Equity disconfirmation perceptions as influences on merchant and product satisfaction. The Journal of Consumer Research, vol. 16. December, 1989.

PAES, M. Lojistas protestam contra falta de ar-condicionado em shopping de Botafogo. Disponível em: http://oglobo.globo.com/rio/lojistas-protestam-contra-falta-de-arcondicionado-em-shopping-de-botafogo-7600304. Acesso em: out. 2013.

PATTERSON, P. G; JOHNSON, L. W. Disconfirmation of expectations and the gap model os service quality: an integrated paradigm. Journal of Consumer Satisfaction, Satisfaction and Compaining Behavior. N. 6. P. 90-99. 1993

ROSSI, C. A. V.; SLONGO, L. A. Pesquisa de satisfação de clientes: o estado-da-arte e proposição de um método brasileiro. Revista de Administração Contemporânea. Vol. 2. N.º 1. Jan/Abr, 1998.

RUST, R. T.; OLIVER, R. L. Service quality: new directions in theory and practice. London: Sage, 1994.

SHETH, J. N. A model of industrial buyer behavior. Journal of Marketing, Vol. 37, No 4, p. 50-56, 1973.

TAY, L.; OOI, J. T. L. Facilities management: A ‘jack of all trades’? Facilities, 19 (10). P. 357-362. 2001.

TAYLOR, S. A.; BAKER, T. L. An assessment of the relationship between service quality and custumer satisfaction in the formation of consumers’ purchase intentions. Journal of Retailing. v. 70, no 2, p. 163-178, 1994.

THOMPSON, P. The maintenance factor in facilities management. Facilities, Vol. 12 Iss: 6. P. 13-16. 1994.

URDAN, A. T.; URDAN, F. T. Marketing estratégico no Brasil: teoria e aplicações. São Paulo: Atlas, 2010.

VAN DEN BULTE, C.; WATERSCHOOT, W. V. The 4P classification of the marketing mix revisited. American Marketing Association. The Journal of Marketing. Vol. 56, nº. 4, p. 8393. Out 1992.

WEISE, AD; SCHULTZ, CA; TRIERWEILLER, AC ROCHA, RA da A estratégia, o mercado e as dificuldades do Facility Management no Brasil perspectivas. Revista INGEPRO., v. 1, 2009. p. 016–026

WILKIE, W. L. Consumer behavior. 3 ed. New York: John Wiley & Sons, 1994.

ZEITHAML, V. A.; BITNER, M. J. Marketing de serviços: a empresa com foco no cliente. 2ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2003