Política de preços no desempenho de empresas: um estudo com simulador organizacional de estratégia Outros Idiomas

ID:
33758
Resumo:
O presente estudo apresenta uma análise da relação entre diferentes políticas de preços e os resultados obtidos com essas políticas em um Jogo de Empresas. A partir de uma revisão teórica que procura reunir conceitos sobre formação de preço, definição de políticas de preço e suas características, propõe-se um modelo de análise das decisões de apreçamento efetuadas por equipes participantes de um Jogo de Empresas. A partir da aplicação desse modelo nos dados levantados no jogo, busca-se classificar as políticas de preço praticadas pelas equipes. Em seguida, são feitas considerações sobre os resultados encontrados e sua relação com a literatura consultada. Também são feitos comentários sobre os padrões de decisão demonstrados pelas equipes participantes do jogo. Os resultados obtidos com o estudo e sua análise confirmam a literatura, apontando a política de preços como instrumento útil e válido no apoio a estratégias de marketing. Além disso, demonstram a aderência entre o ambiente simulado em um Jogo de Empresas e as características encontradas no mundo real, corroborando a tendência à adoção de simuladores organizacionais de estratégia como instrumentos de educação e pesquisa na área de Administração.
Citação ABNT:
OLIVEIRA, M. A.; ALVES, C. L. C. Política de preços no desempenho de empresas: um estudo com simulador organizacional de estratégia. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 7, n. 1, p. 140-155, 2012.
Citação APA:
Oliveira, M. A., & Alves, C. L. C. (2012). Política de preços no desempenho de empresas: um estudo com simulador organizacional de estratégia. Sociedade, Contabilidade e Gestão, 7(1), 140-155.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/33758/politica-de-precos-no-desempenho-de-empresas--um-estudo-com-simulador-organizacional-de-estrategia/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BOONE, Louis E.; KURTZ, David L. Marketing contemporâneo. 8.ed. Rio de Janeiro: LTC Livros Técnicos e Científicos, 1998. 564p.

CHURCHILL JUNIOR, Gilbert A; PETER, J. Paul. Marketing: criando valor para os clientes. 2.ed. 5.tiragem. São Paulo: Saraiva, 2007. 626p.

COBRA, Marcos. Marketing básico. 4.ed. São Paulo: Atlas, 1997. 552p.

DIAS, Sérgio R. (Coord.). Gestão de marketing. 5. tiragem. São Paulo: Saraiva, 2006. 539p.

DOS SANTOS, Magda R. G. F.; LOVATO, Siusiane. Os jogos de empresas como recurso didático na formação de administradores. Revista Novas Tecnologias na Educação: CINTED/UFRGS, v.5, n.2, 2007. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/renote/issue/view/947 . Acesso em: 25 abril 2011.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ed. 11.imp. São Paulo: Atlas, 2008. 175p.

HEMZO, M. Â.; LEPSCH, S. L. Jogos de empresas com foco em marketing estratégico: uma análise fatorial da percepção dos participantes. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, São Paulo: FECAP, vol.8, n.20, janeiro/abril 2006. Disponível em: http://200.169.97.104/seer/index.php/RBGN/issue/view/28. Acesso em: 6 junho 2011.

KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de marketing. 7.ed. São Paulo: Prentice Hall do Brasil, 1998. 527p.

KOTLER, Philip; KELLER, Kevin L. Administração de marketing: a bíblia do marketing. 12.ed. 4.reimp. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009. 750p.

KOTLER, Philip. Marketing management – Millenium edition. 10.ed. São Paulo: Prentice Hall, 2000

KRIZ, W. C.; HENSE, J. U. Theory-oriented evaluation for the design of and research in gaming and simulation. Simulation & Gaming: SAGE Publications, vol.37, n.2, junho 2006. Disponível em: http://sag.sagepub.com/content/37/2/268. Acesso em: 2 maio 2011.

MACCARI, E. A.; SAUAIA, A. C. A. Aderência de sistemas de informação na tomada de decisão: um estudo multicaso com jogos da empresa. Revista de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação, São Paulo: FEA-USP, vol.3, n.3, p.371-388, 2006. Disponível em: http://www.jistem.fea.usp.br/index.php/jistem/issue/view/12. Acesso em: 10 maio 2011.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 7.ed. São Paulo: Atlas, 2000. 388p.

MICHEL, Maria H. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2009. 204p.

OLIVEIRA, M. A.; MOREIRA, Juliano dos S.; GARCIA, Pauli A. de A.; SAUAIA, Antônio C. A. Os melhores alunos serão os melhores gestores? Contribuições sobre a relação entre conhecimento teórico e desempenho gerencial num jogo de empresas. In: XII SEMEAD, 2009, São Paulo.

SANDHUSEN, Richard L. Marketing básico. 3.ed. São Paulo: Saraiva, 2010. 508p.

SAUAIA, Antônio C. A. Gestão da estratégia: um guia prático. vol.1. São Paulo: FEA/USP, 2006. 170p.

TORQUATO, R. A.; OLIVEIRA, Murilo A. Novas metodologias educacionais: a formação de instrutores para condução do Laboratório de Gestão num curso de Administração. Revista LAGOS, Volta Redonda: ECHSVR/UFF, vol.1, n.1, nov/abril 2010. Disponível em http://www.echsvr.uff.br/revistas/index.php/lagos/issue/view/2. Acesso em: 2 maio 2011