Evasão e qualidade em Instituições de Ensino Superior privadas: uma análise da economia dos custos de transação Outros Idiomas

ID:
34349
Resumo:
O presente artigo pretende analisar o impacto percebido por egressos de um curso de pós-graduação Stricto Sensu em Administração. Assim, foram analisados, com base na visão de 124 egressos de um curso de Mestrado Profissional em Administração (MPA) de uma universidade brasileira, os impactos verificados nos mesmos, subdivididos em três esferas: competências e habilidades, renda e carreira. Foram identificados impactos positivos nas competências e habilidades, notadamente em pesquisar, pensar criticamente e integrar informações de várias fontes. Em relação à carreira, a maioria dos egressos informou ter havido uma evolução nas suas carreiras após a conclusão do curso, notada também pelo aumento da frequência nas categorias de cargo ao nível de diretoria e presidência após a conclusão do curso. Quanto aos salários, foi possível observar a declaração de aumento após a conclusão do curso, mas, apesar de os egressos terem considerado o impacto do MPA positivo na renda, o peso atribuído ao curso foi mediano.
Citação ABNT:
PAIXÃO, R. B.; HASTENREITER FILHO, H. N. Evasão e qualidade em Instituições de Ensino Superior privadas: uma análise da economia dos custos de transação. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 15, n. 4, p. 791-791, 2014.
Citação APA:
Paixão, R. B., & Hastenreiter Filho, H. N. (2014). Evasão e qualidade em Instituições de Ensino Superior privadas: uma análise da economia dos custos de transação. Administração: Ensino e Pesquisa, 15(4), 791-791.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/34349/evasao-e-qualidade-em-instituicoes-de-ensino-superior-privadas--uma-analise-da-economia-dos-custos-de-transacao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANTONACOPOULOU, E. P. Impact and scholarship: unlearning and practising to cocreate actionable knowledge. Management Learning, v. 40, n. 4, p. 421-430, 2009.

ANTONELLO, C. S.; RUAS, R. L. Formação gerencial: pós-graduação lato sensu e o papel das comunidades de prática. Revista de Administração Contemporânea, v. 9, n. 2, p. 35-58, 2005.

BARUCH, Y.; LEEMING, A. The added value of MBA studies - graduates´ perceptions. Personnel Review, v. 30, n. 5/6, p. 589-608, 2001.

BARUCH, Y.; PEIPERL, M. The impact of an MBA program on graduate students. Human Resource Management Journal, v. 10, n. 2, p. 69-90, 2000.

BERTERO, C. O. Teses em mestrados profissionais. Revista de Administração Contemporânea, v. 2, n. 1, p. 165-172, 1998.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Geocapes. Indicadores estatísticos da pós-graduação brasileira. Disponível em: . Acesso em: 26/03/2014.

CAPES.Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Geocapes. Indicadores estatísticos da pós-graduação brasileira. 2013. Disponível em: . Acesso em: 06/07/2013.

CASTRO, C. M. A hora do mestrado profissional. Revista Brasileira de PósGraduação, v. 2, n. 4, p. 16-23, 2005.

FISCHER, T. Mestrado profissional como prática acadêmica. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p. 24-29, 2005.

FISCHER, T. Seduções e riscos: a experiência do mestrado profissional. Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 2, p. 119-123, 2003.

FISCHER, T. Sobre a maestria, profissionalização e artesanato intelectual. Revista de Administração Contemporânea, v. 14, n. 2, p. 353-359, 2010.

HAIR, J. F. JR.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Análise multivariada de dados. 5.ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

KRISHNAN, V. R. Impact of MBA education on students’ values: two longitudinal studies. Journal of Business Ethics, v. 83, n. 2, p. 233-246, 2008.

MELO, K. V. A.; OLIVEIRA, R. R. Origens e desenvolvimento institucional de um mestrado profissional. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p. 105-123, 2005.

NEGRET, F. A identidade e a importância dos mestrados profissionais no Brasil e algumas considerações para sua avaliação. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 5, n. 10, p. 217-225, 2008.

PAES DE PAULA, A. P.; RODRIGUES, M. A. Pedagogia crítica no ensino de Administração: desafios e possibilidades. Revista de Administração de Empresas, v. 46, n.1, p. 10-22, 2006.

PIQUET, R.; LEAL, J. A. A.; TERRA, D. C. T. Mestrado profissional: proposta polêmica no Sistema Brasileiro de Pós-Graduação - o caso do planejamento regional e urbano. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p. 30-37, 2005.

RIBEIRO, R. J. Ainda sobre o mestrado profissional. Revista Brasileira de PósGraduação , v. 3, n. 6, p. 313-315, 2006.

RUAS, R. Literatura, dramatização e formação gerencial: a apropriação de práticas teatrais ao desenvolvimento de competências gerenciais. Organizações & Sociedade, v. 12, n. 32, p. 121-142, 2005.

SANDBERG, J.; PINNINGTON, A. Professional competence as ways of being. Journal of Management Studies, v. 46, n. 2, p. 1138-1170, 2009.

SILVEIRA, V. O.; PINTO, F. C. S. Reflexões necessárias sobre o mestrado profissional. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p. 38-47, 2005.

SULAIMAN, A.; MOHEZAR, S. Quality in MBA programme: students’ perception. International Journal of Management Education, v. 7, n. 2, p. 1-8, 2008.

ULINSKI, M.; O’CALLAGHAN, S. A comparison of MBA students’ and employers’ perceptions of the value of oral communication skills for employment. Journal of Education for Business, v. 77, n. 4, p. 193-197, 2002.

VAZQUEZ, A. C. S.; RUAS, R. L. Executive MBA programs: what do students perceive as value for their practices? Revista de Administração Contemporânea, v. 16, n. 2, p. 308-326, 2012.

VIRMOND, M. Mestrado profissional - uma síntese. Salusvita, v. 21, n. 2, p. 117-130, 2002.

WORTHEN, B. R.; SANDERS, J. R.; FITZPATRICK, J. L. Avaliação de programas: concepções e práticas. São Paulo: Editora Gente, 2004.