O uso de networks no processo de internacionalização: aplicação a pequenas e médias empresas Outros Idiomas

ID:
3537
Resumo:
As pequenas e médias empresas (PMEs) vêm assumindo importância crescente na economia mundial, em um cenário de pressões para uma competição global. Este trabalho tem como objetivo analisar o uso de networks no processo de internacionalização de PMEs. Para tanto, foi realizada uma revisão da literatura publicada sobre networks, buscando-se analisar os cenários de aplicação, as motivações para a utilização dessa estratégia e suas vantagens e desvantagens. Foram consolidadas as informações secundárias de casos publicados sobre PMEs latino-americanas que utilizaram networks para a entrada em mercados internacionais. Como resultado, foram encontrados indícios do uso de networks na internacionalização de PMEs, podendo gerar vantagens e desvantagens para as empresas envolvidas. Também foi observada a relevância do papel dos gestores nas decisões de expansão internacional e na formação de networks. Concluiu-se que o uso de networks vem demonstrando ser cada vez mais valioso para as PMEs, em especial em países em desenvolvimento como os países da América Latina.
Citação ABNT:
LEVY, B. P.; MOTA, M. C.; WERMELINGER, M. B. O uso de networks no processo de internacionalização: aplicação a pequenas e médias empresas. InternexT - Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, v. 5, n. 1, art. 3, p. 50-83, 2010.
Citação APA:
Levy, B. P., Mota, M. C., & Wermelinger, M. B. (2010). O uso de networks no processo de internacionalização: aplicação a pequenas e médias empresas. InternexT - Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, 5(1), 50-83.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/3537/o-uso-de-networks-no-processo-de-internacionalizacao--aplicacao-a-pequenas-e-medias-empresas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BARBOSA, T. R.; FULLER, T.; FERREIRA, C. R. The role of networks on the internationalisation process of small and medium-sized companies: propositions for theory development. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓSGRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 29, 2005, Brasília, DF. Anais… Brasília, DF: ANPAD, 2005.

BARNIR, A.; SMITH, K. A. Interfirm alliances in the small business: the role of social networks. Journal of Small Business Management, Oxford, v. 40, n. 3, p. 219-232, 2002.

BARRETTO, A. Internacionalização de empresas: processos, pessoas e networks no investimento direto no exterior. 1998. 266 f. Tese (Doutorado em Administração) – Instituto COPPEAD de Administração, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1998.

BARRETTO, A.; ROCHA, A. A expansão das fronteiras: brasileiros no exterior. In: ROCHA, Angela (Org.). As novas fronteiras: a multinacionalização das empresas brasileiras. Rio de Janeiro: Mauad, 2003.

BIANCO, C.; MOLDOVAN, P.; PORTA, F. La internacionalización de las empresas brasileñas en Argentina. Santiago de Chile: CEPAL, 2008. (Relatório de Projeto).

BURLAMAQUI, L.; PROENÇA, A. Inovação, recursos e comprometimento: em direção a uma teoria estratégica da firma. Revista Brasileira de Inovação, Rio de Janeiro, v. 2, n. 1, p. 79-110, 2003.

CHETTY, S.; HOLM, D. B. Internationalization of small to medium-sized manufacturing firms: a network approach. International Business Review, Oxford, v. 9, p. 77-95, 2000.

CHILD, J.; RODRIGUES, S. B. The process of SME internationalization: British firms entering Brazil. E&G Economia e Gestão, v. 7, n. 14, p. 31-55, 2007.

COVIELLO, N. E. The network dynamics of international new ventures. Journal of International Business Studies, Hampshire, UK, v. 37, n.5, 2006.

COVIELLO, N. E.; MCAULEY, A. Internationalisation and the smaller firm: a review of contemporary empirical research. Management International Review, Wiesbaden, Germany, v. 39, n.3, p. 223-57, 1999.

COVIELLO, N. E.; MUNRO, H. J. Growing the entrepreneurial firm: networking for international market development. European Journal of Marketing, Bingley, UK, v. 29, n. 7, p. 49-62, 1995.

CRUZ-CARREON, G. The internationalization process of entrepreneurial SMEs in high technology niche market segments. Brisbane, Austrália: Queensland University of Technology, 2007. (Working paper).

CUNNINGHAM, M. T. Interaction and networks – a review of the evolution and development of the IMP Group’s research activities from 1976 – 1985. In: OPEN INTERNATIONAL IMP RESEARCH SEMINAR, 2, 1985, Uppsala, Sweden.

CYRINO, A. B.; OLIVEIRA J. R. Global Players Research Investigation on the Internationalization Processes of Companies in Brazil. Caderno de Idéias – CI0224. [Minas Gerais]: Fundação Dom Cabral, dezembro 2002.

ELFRING, T.; HULSINK, W. Networks in entrepreneurship: the case of high-technology firms. Small Business Economics, Dordrecht, NL, v. 21, p. 409-22, 2003.

FLECK, D. Archetypes of organizational success and failure. Rio de Janeiro: UFRJ/COPPEAD, 2006. (Relatórios COPPEAD, n. 376).

GALIMBERTI, M. F.; PREVOT, F. Fatores de Sucesso na Internacionalização Ativa de PMEs do Setor de Software e Serviços Correlatos: um estudo de caso. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 32., 2008, Rio de Janeiro, RJ. Anais… Rio de Janeiro, RJ.: ANPAD, 2008.

GALLINA, R.; FLEURY, A.; BULBA, E. O Processo de Internacionalização de Uma Empresa Brasileira do Setor de Autopeças: O Caso Sabó. In: SEMINÁRIO LATINOIBEROAMERICANO DE GESTIÓN TECNOLÓGICA, 11., 2005, Salvador, BA. Anais... Salvador, BA.: Altec, 2005. p. 1-15.

GHAURI, P.; LUTZ, C.; TESFOM, G. Using networks to solve export-marketing problems of small and medium-sized firms from developing countries. European Journal of Marketing, Bingley, UK, v. 37, p. 728-52, 2003.

GUERCINI, S.; RUNFOLA, A. Business networks and retail internationalization: A case analysis in the fashion industry. Industrial Marketing Management, v. 39, n. 6, p. 908-16, 2010.

GUIMARÃES, E. P. Política de exportação brasileira para PMEs. In: PINHEIRO, A. C. et al. O desafio das exportações. Rio de Janeiro: BNDES, 2002.

HAFNER-BURTON, E. M.; KAHLER, M.; MONTGOMERY, A. H. Network Analysis for International Relations. International Organization, v. 63, n. 3, p. 559-92, 2009.

HALLÉN, L.; JOHANSON, J. International business relationships and industrial networks. Advances in International Marketing, Greenwich, v.3, 1989.

HILAL, A.; HEMAIS, C. A. O processo de internacionalização na ótica da escola nórdica: evidências empíricas em empresas brasileiras. Revista de Administração Contemporânea - RAC, v. 7, n. 1, jan./mar. 2003.

IMP GROUP. Industrial marketing and purchasing group. Revista Rede 2020, Rio de Janeiro, v. 2, n. 1, jan./fev. 2006.

JOHANSON, J.; MATTSSON, L. G. Internationalization in industrial systems – a network approach. In: BUCKLEY, P. J.; GHAURI, P. (ed.). The internationalization of the firm: a reader. London: Academy Press, p. 303-21, 1993.

JOHANSON, J.; VAHLNE, J. The Mechanism of Internationalisation. International Marketing Review, Bingley, UK, v. 7, n.4, p. 11-4, 1990.

LIMA, G. A. N.; LIMA, J. B.; TAKAKI, H. R. C. Confiança e Aprendizagem Organizacional na Formação de Consórcios de PMEs para Exportação. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 28., 2004, Curitiba, PR. Anais… Curitiba, PR.: ANPAD, 2004.

LIN, K. H.; CHANEY, I. The Influence of Domestic Interfirm Networks on the Internationalization Process of Taiwanese SMEs. Asia Pacific Business Review, v. 13, n. 4, p. 565-83, 2007.

MATTSSON, L. G. Development of firms in networks: positions and investments. Advances in International Marketing, [S.1.], v. 3, p. 121-139, 1989.

MELO, L. Pequenas e médias empresas ajudam a elevar exportações brasileiras, diz ministro. Agência Brasil. 17 jul. 2008. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2008.

MUSTEEN, M.; FRANCIS, J.; DATTA, D. K. The influence of international networks on internationalization speed and performance: A study of Czech SMEs. Journal of World Business, v. 45, n. 3, 2010.

OJALA, A. Internationalization of knowledge-intensive SMEs: The role of network relationships in the entry to a psychically distant market. International Business Review, v. 18, n. 1, p. 50-59, Feb. 2009.

OSTGAARD, T. A.; BIRLEY, S. Personal networks and firm competitive strategy a strategic or coincidental match? Journal of Business Venturing, Oxford, v. 9, p. 281-305, 1994.

PENROSE, E. The theory of the growth of the firm. Nova York: White Plains, 1980.

PIPKIN, A. Relacionamentos no mercado internacional: um estudo exploratório da indústria metal-mecânica brasileira e argentina. 1998. 195 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Escola de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1998.

PORTER, M. Competitive strategy: techniques for analyzing industries and competitors. Nova York: Free Press, 2003.

PRASHANTHAM, S. Foreign network relationships and the internationalization of small knowledge-intensive firms. International Journal of Entrepreneurship & Innovation Management, Buckinghamshire, UK, v. 6, n. 6, p. 4, 2006.

REZENDE, S. F. L. Gradualismo e descontinuidade em processos de internacionalização. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, SP, 2002.

ROCHA, A. et al. Empresas que nascem globais: estudo de casos no setor de software. In: HEMAIS, Carlos (Org.). Os desafios dos mercados externos: teoria e prática na internacionalização da firma. Rio de Janeiro: Mauad. v. 1. 2004.

ROCHA, A. The emergence of new and successful export activities in Brazil: four case studies from the manufacturing and the agricultural sectors. Washington, D.C.: Interamerican Development Bank (BID), 2007. (Relatório de Pesquisa).

SACRAMENTO, I. As empresas seguem os clientes? Uma investigação sobre a internacionalização de serviços de propaganda. In: HEMAIS, Carlos (Org.). Os desafios dos mercados externos: teoria e prática na internacionalização da firma. Rio de Janeiro: Mauad, v. 1, 2004.

SEBRAE. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2008.

YANG, Y. S.; LEONE, R. P.; ALDEN, D. L. A market expansion ability approach to identify potential exporters. Journal of Marketing, Chicago, v. 56, n. 1, p. 84-96, 1992.

YIN, Robert K. Case Study Research. California: Safe publications, 1989.

ZAIN, M.; NG, S. I. The Impacts of Network Relationships on SMEs’ Internationalization Process. Thunderbird International Business Review, v. 48, n. 2, p. 183-205, mar./apr. 2006.

ZIMMERMAN, M. A.; BARSKY, D.; BROUTHERS, K. D. Networks, SMEs, and International Diversification. The Multinational Business Review, v. 17, n. 4, p. 142-62, 2009.