Avaliação da gestão pública: conceitos e aplicações no caso latino-americano Outros Idiomas

ID:
35928
Resumo:
Existem atualmente importantes esforços para criar indicadores de gestão em toda América Latina. Sem dúvida, são poucos os casos nos quais se pode falar sobre a utilização sistemática destes indicadores para avaliar a gestão e organizações, programas e políticas públicas. Pressupõe-se a existência de instrumentos de avaliação com capacidade para abordar os níveis micro e macro da gestão, situando-os dentro de um contexto mais amplo que se relaciona com outros níveis da ação estatal, tanto nacional quanto local, e suas interações com outros atores da sociedade civil. A aplicação de uma perspectiva sistêmica de avaliação representa uma agenda urgente dentro do esforço por avançar no processo de modernização do Estado na região. Existem vários países que avançaram na direção adequada, entre eles, destacam-se os casos do Chile, Colômbia e Costa Rica. Neste trabalho, utilizam-se os casos sul-americanos como ponto de referência para reflexão sobre a natureza da avaliação da gestão pública e explorar em que medida, na América Latina, esta prática representa mais que uma simples técnica administrativa e qual tem sido sua função como ferramenta de modernização do Estado. Este objetivo se desenvolve a partir de uma análise comparativa entre os casos do Chile e Colômbia, considerando três questões para se analisar tanto os elementos conceituais, quanto a efetividade das práticas nos contextos particulares: “para que avaliar?”; “o que avaliar e em que nível fazê-lo?”; e “o que fazer com a informação obtida?”. Aos casos colombianos e chilenos, somam-se alguns exemplos de casos nos EUA, dado que neste país houve contribuições práticas e teóricas sobre a avaliação da gestão pública a partir de seu estudo empírico, em contraste com a ausência de pesquisa sistemática sobre os esforços existentes nos casos latino-americanos. A partir destas três questões e dos casos específicos, este trabalho desenvolve a idéia de que, dada a estreita relação entre gestão e políticas públicas, a avaliação para a gestão pública será mais efetiva como instrumento de modernização na medida que envolva os três níveis da ação social: o macro, o médio e o micro, e na medida que gere capacidade para estabelecer conexões entre estes níveis. Isto garante àqueles que tomam decisões pertinentes ao nível macro utilizar informação dos níveis inferiores e vice-versa, criando assim maior coerência nos diferentes níveis da administração pública. O trabalho também destaca a necessidade de se organizar uma agenda de pesquisas empíricas para estudar mais profundamente os esforços nacionais de avaliação da gestão pública na região.
Citação ABNT:
BOZZI, S. O.Evaluación de la gestión pública: conceptos y aplicaciones en el caso latinoamericano. Revista do Serviço Público, v. 52, n. 1, p. 25-55, 2001.
Citação APA:
Bozzi, S. O.(2001). Evaluación de la gestión pública: conceptos y aplicaciones en el caso latinoamericano. Revista do Serviço Público, 52(1), 25-55.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/35928/avaliacao-da-gestao-publica--conceitos-e-aplicacoes-no-caso-latino-americano/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Espanhol