Da administração pública burocrática à gerencial Outros Idiomas

ID:
36028
Resumo:
Este artigo analisa os aspectos essenciais da reforma administrativa do Estado que está sendo proposta pelo Governo Fernando Henrique Cardoso. Como resposta à crise do Estado e ao processo de globalização da economia mundial, essa proposta visa fundamentalmente implantar uma administração do tipo gerencial no setor público brasileiro, cm contraposição a uma administração do tipo burocrática, atualmente predominante. No texto, faz-se uma análise da crise da administração pública burocrática brasileira e são definidas as linhas mestras para a implantação da administração pública gerencial, fundamental para responder à redefinição das funções do Estado. Finalmente, relacionam-sc as ações realizadas pelo Estado, que podem ser divididas em quatro tipos — núcleo estratégico, atividades exclusivas de Estado, serviços sociais competitivos ou não exclusivos, e produção para o mercado — com três tipos de propriedade. Os primeiros dois tipos de ações estão relacionados à propriedade pública estatal; o terceiro tipo de ação à propriedade pública não-estatal; c o quarto tipo de ação à propriedade privada.
Citação ABNT:
PEREIRA, L. C. B.Da administração pública burocrática à gerencial. Revista do Serviço Público, v. 47, n. 1, p. 7-40, 1996.
Citação APA:
Pereira, L. C. B.(1996). Da administração pública burocrática à gerencial. Revista do Serviço Público, 47(1), 7-40.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/36028/da-administracao-publica-burocratica-a-gerencial/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português