Teoria da contingência e pesquisa contábil Outros Idiomas

ID:
37017
Resumo:
O objetivo da pesquisa é identificar o perfil bibliográfico sobre a aplicação da Teoria Contingencial nas pesquisas sobre orçamento, entre 2006 e 2011. O estudo descritivo e quantitativo foi realizado por meio de uma pesquisa documental. Para a coleta de dados procurou-se pelas palavras-chave: orçamento, prática orçamentária, Teoria da Contingência ou Contingencial e contingências no título ou resumo dos trabalhos. Investigou-se entre 2006 e 2011 a produção de periódicos nacionais, as dissertações e teses produzidas em instituições de ensino superior, os artigos aprovados na temática controladoria em congressos nacionais e artigos em periódicos internacionais. Com base nos resultados, pode-se apontar que a Teoria Contingencial vem sendo motivo de vários estudos na pesquisa orçamentária, sendo que foram encontrados 13 trabalhos nos congressos nacionais, trabalhos de conclusão stricto sensu e periódicos internacionais. As variáveis contingenciais encontradas foram estrutura, tamanho, ambiente, estratégia, cultura organizacional e dinamismo da empresa.
Citação ABNT:
GORLA, M. C.; LAVARDA, C. E. F. Teoria da contingência e pesquisa contábil. Revista de Administração, Contabilidade e Economia da FUNDACE, v. 3, n. 2, p. 1-18, 2012.
Citação APA:
Gorla, M. C., & Lavarda, C. E. F. (2012). Teoria da contingência e pesquisa contábil. Revista de Administração, Contabilidade e Economia da FUNDACE, 3(2), 1-18.
DOI:
http://dx.doi.org/10.13059/racef.v3i2.46
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/37017/teoria-da-contingencia-e-pesquisa-contabil/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português