Sustentabilidade e educação superior: análise das ações de sustentabilidade de duas Instituições de Ensino Superior de Santa Catarina Outros Idiomas

ID:
37131
Resumo:
Este estudo, de caráter qualitativo e descritivo, tem como objetivo compreender os conceitos de sustentabilidade e identificar como estes estão inseridos no planejamento das ações em Instituições de Ensino Superior (IES) de Santa Catarina. Para tanto, foi realizada uma breve revisão bibliográfica sobre o tema sustentabilidade, bem como sobre a relação da sustentabilidade com a educação e, posteriormente, com as IES. O problema do presente estudo consiste, assim, em identificar de que forma as IES pesquisadas estão inserindo a sustentabilidade, de maneira prática, em suas atividades institucionais. Os resultados encontrados demonstraram que as IES adotam posturas que vêm ao encontro ao contexto mundial, tanto em suas ações institucionais, incluindo a prática dos cursos oferecidos ao seu público-alvo, quanto na sua imagem perante a comunidade. Portanto, por meio da análise de documentos impressos e informações disponíveis no site institucional das IES estudadas – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC/SC) e Sociedade Educacional de Santa Catarina (SOCIESC) –, foi possível identificar que, as duas organizações se utilizam de ações e práticas para a inserção da sustentabilidade em suas atividades institucionais, o que responde prontamente ao objetivo geral deste estudo.
Citação ABNT:
PONTES, A. S. M.; CARNEIRO, C.; PETRY, D. R.; PILATTI, C. A.; SEHNEM, S. Sustentabilidade e educação superior: análise das ações de sustentabilidade de duas Instituições de Ensino Superior de Santa Catarina. Revista de Administração da UFSM, v. 8, n. Ed. Especial, p. 84-103, 2015.
Citação APA:
Pontes, A. S. M., Carneiro, C., Petry, D. R., Pilatti, C. A., & Sehnem, S. (2015). Sustentabilidade e educação superior: análise das ações de sustentabilidade de duas Instituições de Ensino Superior de Santa Catarina. Revista de Administração da UFSM, 8(Ed. Especial), 84-103.
DOI:
10.5902/1983465916298
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/37131/sustentabilidade-e-educacao-superior--analise-das-acoes-de-sustentabilidade-de-duas-instituicoes-de-ensino-superior-de-santa-catarina/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ARAÚJO, M. I. O. A universidade e a formação de professores para a educação ambiental. Revista Brasileira de Educação Ambiental, Brasília, n. 0, p.71-78, nov. 2004. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

BARDIN, I. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições Setenta, 1994, 226 p.

BRANDLI, L. L. et al. Avaliação da presença da sustentabilidade ambiental no ensino dos cursos de graduação da universidade de passo fundo. Revista Avaliação, Campinas, v. 17, n. 2, p. 433-454, 2012. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

CMMAD Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Nosso Futuro Comum. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 1988.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. 10. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011.

DIMITRU, M.; JINGS, G. Integrated reporting practice for sustainable business: a case study. Audit. Financiar, n. 7, v. 13, p. 117-125, 2015. Disponível em: <> Acesso em: 08 jul. 2015.

DRYZEK, J. The politics of the earth. Oxford: Oxford University Press, 2005. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

FIEN, J; WINFREE, T. Drivers of change in construction training: how significant is the sustainability agenda? Prospects, v. 44, p. 211–219, 2014. Disponível em: <> Acesso em: 05 jul. 2015.

FOLADORI, G. Limites do desenvolvimento sustentável. Campinas: UNICAMP, 2001. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

GARCIA, F. J. L.; KEVANY, K. HUISINGH, D. Sustainability in higher education: whats is happening? Journal of Cleaner Production, v. 14, p. 757-760, 2006. Disponível em: Acesso em: 08 jul. 2015.

GOERGEN, P. Educação Superior: entre formação e performance. Revista Avaliação, v. 13, n. 3, nov. p. 809-815, 2008. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

GONÇALVES-DIAS, S. L. F., HERRERA, C. B., CRUZ, M. T. de S. Desafios e dilemas para inserir “Sustentabilidade” nos currículos de administração: um estudo de caso. RAM – Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 14, n. 3, 2013. Edição especial. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

JACOBI, P. R. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, n. 118, 2003. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

JACOBI, P. R. Educação ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Revista Educação e Pesquisa FE-USP, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 302-313, 2005. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

JACOBI, P. R., RAUFFLET, E., ARRUDA, M. P. Educação para a sustentabilidade nos cursos de administração: reflexão sobre paradigmas e práticas. RAM – Revista de Administração Mackenzie, São Paulo: v. 12, n. 3, p. 21-50, 2011. Edição especial. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

LIMA, G. da C. O discurso da sustentabilidade e suas implicações para a educação. Revista Ambiente e Sociedade, São Paulo, v. 6, n. 2, 2003. Disponível em: Acesso em 20. Jun. 2014.

LOCATELLI, P. A. Consumo sustentável. Revista de Direito Ambiental, São Paulo, v. 5, n. 19, p. 297-300, jul.-set, 2000. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

MULREADY-SHICK, J; FLANAGAN, K. Building the Evidence for Dedicated Education Unit Sustainability and Partnership Success. Nursing Education Perspectives, v. 35, n. 5, set.-oct, 2014. Disponível em: Acesso em: 05 jul. 2015.

MUNARETTO, L. F.; BUSANELLO, S. Um estudo sobre a inserção da educação ambiental nos projetos pedagógicos dos cursos do CESNORS/ UFSM. Rev. Adm, Santa Maria, v.7, p. 24-39, set. 2014. Edição especial. Disponível em: Acesso em: 08 jul. 2015.

NIVA, M.; MÄKELÄ, J.; KAHMA, N.; KJÆRNES, U. Eating Sustainably? Practices and Background Factors of Ecological Food Consumption in Four Nordic Countries. J. Consum Policy, v. 37, p. 465-484. 2014. Disponível em: Acesso em: 06 jul. 2015.

PALMA, L. C., ALVES, N. B., SILVA, T. N. Educação para a sustentabilidade: a construção de caminhos no instituto federal de educação, ciência e tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). RAM – Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 14, n. 3, 2013. Edição especial. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

PEDROSO, M. C. Casos Sustentáveis. Revista GV-executivo, v. 6, n. 2, p. 25, 2007. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

PELICIONI, M. C. F. Educação ambiental, qualidade de vida e sustentabilidade. Revista Saúde e Sociedade, v. 7, p. 19-31. 1998. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

PENNA, C. G. O estado do planeta: sociedade de consumo e degradação ambiental. Rio de Janeiro: Record, 1999.

RALPH, M; STUBBS, W. Integrating environmental sustainability into universities. High Educ, v. 67, p. 71–90, 2014. Disponível em: Acesso em: 05 jul. 2015.

RICHARDSON, R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3.ed. São Paulo: Atlas, 1999.

ROY, A; et al. Promoting proper education for sustainability: An exploratory study of ICT enhanced Problem Based Learning in a developing country. International Journal of Education and Development using Information and Communication Technology (IJEDICT), v. 10, n. 1, p. 70-90, 2014. Disponível em: Acesso em: 05 jul. 2015.

SACHS, W. Sustainable Development. In: REDCLIFT, M.; WOODGATE, G. The International Handbook of environmental sociology. Cheltenham: Edward Elgar, p. 71-82, 2000. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

SANTOS, J.A., PARRA FILHO, D. Metodologia científica. São Paulo: Futura, 1998.

SENAC. O Senac. 2014a. Disponível em: Acesso em: 04 fev. 2014.

SENAC. Senac Sustentável. Joinville, SC, 2014. Disponível em: Acesso em: 04 fev. 2014.

SOCIESC. Blog Única. 2014. Disponível em: Acesso em: 05 fev. 2014.

SOCIESC. Site oficial da SOCIESC. 2014a. Disponível em: <> Acesso em: 04 fev. 2014.

SOCIESC. Site oficial da SOCIESC. 2014. Disponível em: Acesso em: 04 fev. 2014.

SOUZA, M. C. G. L.; CASOTTI, L. M.; LEMME, C. F. Consumo consciente como determinante da sustentabilidade empresarial: respeitar os animais pode ser um bom negócio. Rev. Adm, Santa Maria, v. 6, p. 229-246, mai. 2013. Edição especial. Disponível em: Acesso em: 08 jul. 2015.

TAUCHEN, J., BRANDLI, L. L. Gestão ambiental em instituições de ensino superior: modelo para implantação em campus universitário. Revista Gestão e Produção, v. 13, n. 3, p. 503-515, 2006. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

THOMAS, I. Sustainability in tertiary curricula: what is stopping it happening? International Journal of Sustainability in Higher Education, Melbourne, v. 5, n. 1, p. 33-47, 2004. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2014.

TRIGO, A. G. M.; LIMA, R. S. X.; OLIVEIRA, D. M. Índice de sustentabilidade socioambiental no ensino. Rev. Adm, Santa Maria, v. 7, p. 7-22, nov. 2014. Edição especial. Disponível em: Acesso em: 08 jul. 2015.

UNESCO. Década da educação das Nações Unidas para um desenvolvimento sustentável, 2005-2014: documento final do esquema internacional de implementação. Brasília: Unesco, 2005.