Integração Acadêmica de Estudantes do Ensino Superior: um estudo sobre ingressantes de um curso de turismo Outros Idiomas

ID:
37246
Periódico:
Resumo:
O ingresso no ensino superior constitui-se em uma etapa repleta de desafios, caracterizada por fortes mudanças, diante das múltiplas e complexas tarefas a serem desempenhadas pelo estudante e consideradas fortemente associadas ao sucesso acadêmico ao longo do curso. Sendo o aluno do curso de Turismo um dos grupos menos conhecidos, o presente estudo teve por objetivo identificar e analisar as características das vivências acadêmicas de estudantes ingressantes em um curso de Turismo e sua relação com o semestre e o turno do curso. Participaram deste estudo 35 estudantes ingressantes dos turnos matutino e noturno de uma Instituição de Ensino Superior (IES) privada do estado de Minas Gerais. Utilizou-se como instrumento de coleta de dados o Questionário de Vivências Acadêmicas – versão reduzida (QVA-r) –, uma escala tipo Likert de cinco pontos, aplicada ao final do primeiro e do segundo semestres de curso. Os dados totais mostram um padrão de integração acadêmica dos estudantes de Turismo, próximo ao dos de outros cursos de graduação. Quanto à relação entre a integração acadêmica e as variáveis semestre e turno do curso, foram observadas diferenças significativas entre semestres, quanto ao domínio institucional, e entre turnos, em relação ao domínio pessoal. São aqui discutidas implicações das condições institucionais para o processo de integração do estudante ao ensino superior.
Citação ABNT:
GHIRALDELLO, L.; MERCURI, E. N. G. S. Integração Acadêmica de Estudantes do Ensino Superior: um estudo sobre ingressantes de um curso de turismo. Turismo em Análise, v. 26, n. 2, p. 403-425, 2015.
Citação APA:
Ghiraldello, L., & Mercuri, E. N. G. S. (2015). Integração Acadêmica de Estudantes do Ensino Superior: um estudo sobre ingressantes de um curso de turismo. Turismo em Análise, 26(2), 403-425.
DOI:
http://dx.doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v26i2p403-425
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/37246/integracao-academica-de-estudantes-do-ensino-superior--um-estudo-sobre-ingressantes-de-um-curso-de-turismo/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALMEIDA, L. Adaptação, rendimento e desenvolvimento dos estudantes no ensino superior: estudo junto aos alunos do 1º ano da Universidade do Minho. Relatório Técnico de investigação. Centro de Estudos em Educação e Psicologia – Universidade do Minho, Braga, 1998.

ALMEIDA, L. S.; FERREIRA, J. A. Questionário de Vivências Acadêmicas (QVA). Braga: Universidade do Minho, Instituto de Educação e Psicologia, 1997.

ALMEIDA, L. S.; GONÇALVES, A.; SOARES, A. P.; MARQUES, A. P.; MACHADO, C.; FERNANDES, E.; MACHADO, J. C.; CASAL, M.; VASCONCELOS, R. Relatório Final do Projeto “Transição, Adaptação e Rendimento Acadêmico de Jovens no Ensino Superior”. Braga: Universidade do Minho, novembro 2004.

ALMEIDA, L.; SOARES, A. P. C.; FERREIRA, J. A. G. Adaptação, rendimento e desenvolvimento dos estudantes do ensino superior: Construção/validação do Questionário de Vivências Acadêmicas. Relatório de Investigação. Braga-PT: Universidade do Minho, Centro de Estudos em Educação e Psicologia, 1999.

ALMEIDA, L.; SOARES, A. P. Os estudantes universitários: sucesso escolar e desenvolvimento psicossocial. In: MERCURI, E.; POLYDORO, S. A. J. Estudante universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Cabral Editora e Livraria Universitária, 2003.

ANSARAH, M. G. R. Formação e capacitação do profissional em Turismo e Hotelaria. São Paulo: Aleph, 2002.

ASTIN, A. W. Studying college impact. In: STAGE,F. K et al. College students: The envolving nature of research. Needham Heights, MA: Simon & Schuster/ASHE, 1996. Tradução de M. H. Cartro e L. A. Rayol. Curso de Especialização em avaliação a distância, Brasília, v. 4, p. 109-134, 1997.

BAKER, R. W.; SIRYC, B. Student Adaptation to College Questionnaire. Los Angeles: Western Psychological Services, 1989.

BARRETO, M.; TAMANINI, E.; SILVA, M. I. P. Discutindo o ensino universitário de Turismo. Campinas, SP: Papirus, 2004. (Coleção Turismo).

BATISTA, R. G. R.; ALMEIDA, L. S. Desafios da transição e vivências acadêmicas: análise segundo a opção de curso e mobilidade. In: POUZADA, A. S.; ALMEIDA, L. S.;

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Pesquisa Educacional. Sinopse do Ensino Superior, 2013. Disponível em: http://www. inep. gov. br. Acesso em: 21 jan. 2014.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. LDB - Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

DEY, E. L.; HURTADO, S. College impact, student impact: a reconsideration of the hole of students within American higher Education. Higher Education, v. 30, n. 2, p. 207-223, 1995. Disponível em: http://hdl.handle.net/2027.42/42837. Traduzido do original por R. G. Quintana. Curso de Especialização em Avaliação a Distância. Brasília, v. 4, p. 33- 54, 1997.

FERREIRA, J. A.; ALMEIDA, L. S.; SOARES, A. P. C. Adaptação académica em estudante do 1º ano: diferenças de género, situação de estudante e curso. PsicoUSF, v. 6, n. 1, p. 01-10. Disponível em: http://www.scielo.br. Acesso em: 21 out.2006. 2001.

GHIRALDELLO, L. Integração do estudante ao Ensino Superior: Estudo sobre o ingressante de um curso de Turismo. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas-Unicamp, Campinas, 2008.

GRANADO, J. I. F. Vivência Acadêmica de universitários brasileiros: estudo de validade e precisão do QVA-r. Dissertação (Mestrado) – Universidade São Francisco, Itatiba, 2004.

GUERREIRO-CASANOVA, D.; POLYDORO, S. Integração ao ensino superior: relações ao longo do primeiro ano de graduação. Psicol. Ensino & Form, v. 1, n. 2, p. 85-96, 2010. ISSN 2177-2061.

GUERREIRO, D. C. Integração e auto-eficácia na formação superior na percepção de ingressantes: mudanças e relações. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas-Unicamp, Campinas, 2007.

LIMA, J. R.; REJOWSKI, M. Ensino superior em turismo no Brasil: a produção acadêmica de dissertações e teses (2000-2009). Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v. 5, p. 406-432, 2011.

MATIAS, M. Turismo: o ensino de graduação no Brasil. Turismo & Sociedade. v. 5, n. 1, p. 58-81, 2012.

NASCIMENTO, R. C. Visão estrutural dos cursos de Turismo no Brasil. Dissertação (Mestrado) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

PASCARELLA, E. T.; TERENZINI, P. T. How College affects students: a third decade of research. 2. ed. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 2005. v. 2.

PASCARELLA, E. T.; TERENZINI, P. T. How College affects students: findings and insights from twenty years of research San Francisco, CA: Jossey-Bass, 1991.

PINHEIRO, M. R. M.; FERREIRA, J. A. A. Suporte social e adaptação ao Ensino Superior. In: POUZADA, A. S.; ALMEIDA, L. S.; VASCONCELOS, R. (Ed. ). Contextos e dinâmica da vida acadêmica. Guimarães, Portugal: Universidade do Minho, 2002.

POLYDORO, S. A. J. O trancamento de matrícula na trajetória acadêmica do universitário: condições de saída e de retorno à instituição. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, Campinas, 2000.

RAMOS, M. G. G.; GARCIA, T. E. M.; HALLAL, D. R.; MÜLLER, D. Movimentos da expansão e diversificação da Educação Superior em Turismo no Rio Grande do Sul. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA DO SUL, 10. , 8 a 10 de dezembro de 2010, Mar Del Plata. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/97021. Acesso em: 12 mar. 2012. 2010.

REJOWSKI, M. Turismo e pesquisa científica. Campinas: Papirus, 1997.

SCHLEICH, A. L. R. Integração na Educação Superior e satisfação acadêmica de estudantes ingressantes e concluintes. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas-Unicamp, Campinas, 2006.

SOARES, B. A.; BALDEZ, M. O. M.; MELLO, T. V. S. Vivências acadêmicas em estudantes universitários do estado do Rio de Janeiro. Interação em Psicologia, Curitiba, v. 15, n. 1, p. 59-69, 2011.

TEIXEIRA, M. A. P.; CASTRO, A. K. S. S.; ZOLTOWSKI, A. P. C. Integração acadêmica e integração social nas primeiras semanas na universidade: percepções de estudantes universitários. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, v. 5, n. 1, p. 69-85, 2012.

TEIXEIRA, M. A. P.; DIAS, A. C. G.; WOTHICH, S. H.; OLIVEIRA, A. M. Adaptação à universidade em jovens calouros. Psicologia Escolar e Educacional, v. 12, n. 1, p. 185-202, 2008.

TINTO, V. Classrooms as communities: exploring the educational character of student persistence. Journal of Higher Education, v. 68, n. 6, 1997.

TINTO, V. Dropout from Higher Education: a theoretical synthesis of recent research. Review of Educational Research, v. 45, n. 1, 1975.

TINTO, V. Stages of student departure: reflections on the longitudinal character of student leaving. Journal of Higher Education, v. 59, n. 4, 1988.

VASCONCELOS, R. (Ed.). Contextos e dinâmica da vida acadêmica. Guimarães, Portugal: Universidade do Minho, 2002.