O que move o mercado acionário brasileiro? Outros Idiomas

ID:
37611
Resumo:
O objetivo principal deste estudo foi verificar a influência de notícias econômicas no comportamento agregado do mercado brasileiro no período de 1995 a 2008. Pela teoria moderna de finanças, nos preços dos ativos, está refletido o fluxo de caixa futuro descontado (ELTON et al., 2004). No entanto, pesquisas recentes na área de finanças comportamentais mostram que nem sempre o mercado é eficiente, e o investidor pode tomar decisões que não sejam totalmente racionais. Isso significa que o preço das ações reflete outras notícias que não estejam totalmente relacionadas aos “fundamentos” de um título. Tradicionalmente os estudos na área de finanças procuram determinar o impacto de uma nova notícia (como distribuição de dividendos, anúncio de investimento, fusão e aquisição) sobre o preço da ação de uma empresa. Entretanto, o impacto de diversas notícias sobre o comportamento do mercado não tem sido objeto de atenção das pesquisas sobre o mercado brasileiro. Este estudo analisou 168 meses entre 1995 e 2008, usando regressão linear múltipla com Ibovespa mensal como variável dependente, em que foram determinados os maiores resíduos no período estudado. A partir destes resíduos procurou-se uma explicação para o comportamento do mercado. Constatou-se, ao final da pesquisa, que em 30 dos 168 meses, entre agosto de 1998 e janeiro de 2001, estão concentrados 8 dos 15 maiores resíduos encontrados.
Citação ABNT:
SILVA, C. A. T.; OLIVEIRA, J. D. V. O que move o mercado acionário brasileiro?. RACE: Revista de Administração, Contabilidade e Economia, v. 10, n. 2, p. 295-312, 2011.
Citação APA:
Silva, C. A. T., & Oliveira, J. D. V. (2011). O que move o mercado acionário brasileiro?. RACE: Revista de Administração, Contabilidade e Economia, 10(2), 295-312.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/37611/o-que-move-o-mercado-acionario-brasileiro-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português