Gestão de resíduos sólidos na construção civil: uma análise do relatório GRI de empresas listadas na BM&FBOVESPA Outros Idiomas

ID:
37886
Resumo:
Uma das áreas em ascensão no Brasil é a construção civil, o qual é um setor que gera impactos ambientais, dentre eles, um número elevado de resíduos sólidos. Em razão disso, este estudo tem como objetivos identificar e avaliar o que as empresas do ramo da construção civil listadas na BM&FBOVESPA evidenciam em seus relatórios de sustentabilidade relativamente à gestão de seus resíduos. Para atender aos objetivos propostos, foram pesquisados os relatórios de sustentabilidade das empresas listadas na BM&FBOVESPA do setor de construção civil. Os resultados mostraram que pequena parte do total de empresas listadas divulga o relatório de sustentabilidade e que, das duas empresas identificadas, após a análise das informações efetivamente divulgadas, uma apresentou dados referentes a 96% dos itens da Categoria Ambiental da Global Reporting Initiative (GRI), e a outra apresentou apenas 19% dos itens. Além disso, em ambas as empresas foram identificados itens em que a divulgação foi feita de forma parcial ou sequer foi feita. O estudo conclui que mesmo a construção civil sendo uma área em expansão e geradora de resíduos, são poucas as empresas que apresentam relatório socioambiental.
Citação ABNT:
SOUZA, F. F.; BATISTA JÚNIOR, P. R.; FERREIRA, D. D. M.; FERREIRA, L. F. Gestão de resíduos sólidos na construção civil: uma análise do relatório GRI de empresas listadas na BM&FBOVESPA . NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, v. 5, n. 4, p. 78-95, 2015.
Citação APA:
Souza, F. F., Batista Júnior, P. R., Ferreira, D. D. M., & Ferreira, L. F. (2015). Gestão de resíduos sólidos na construção civil: uma análise do relatório GRI de empresas listadas na BM&FBOVESPA . NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, 5(4), 78-95.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/37886/gestao-de-residuos-solidos-na-construcao-civil--uma-analise--do-relatorio-gri-de-empresas-listadas-na-bm-fbovespa-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AZEVEDO, Gardênia Oliveira David de; KIPERSTOK, Asher; MORAES, Luiz Roberto Santos. Resíduos da construção civil em Salvador: os caminhos para uma gestão sustentável. [2006]. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2014.

BAPTISTA, Joel Vieira Junior; ROMANEL, Celso. Sustentabilidade na indústria da construção: uma logística para reciclagem dos resíduos de pequenas obras. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 30 jul. 2014.

BEUREN, Ilse Maria; DOMENICO, Daniela Di; CORDEIRO, Adilson. Análise de indicadores do Environmental Management Accounting evidenciados no Global Reporting Initiative. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2014.

BRASIL. Lei 11.445 de 05 de janeiro de 2007. Estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico e para a política federal de saneamento básico. [2007]. Disponível em: . Acesso em: 04 maio 2014.

BRASIL. Lei 12.305 de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. [2010]. Disponível em: . Acesso em: 04 maio 2014.

BRASIL. Lei 9.985 de 18 de julho de 2000. Institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza SNUC. [2000]. Disponível em: . Acesso em: 25 mar. 2015.

BRASIL. Resolução nº. 307/2002. [2002]. Disponível em: . Acesso em: 04 maio 2014.

CENTRO DE GESTÃO E ESTUDOS ESTRATÉGICOS (CGEE). Relatório Prospectivo Setorial 2009. Brasília: CGEE, 2009.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino. Metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Person Prentice Hall, 2002.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

FERREIRA, Denize Demarche Minatti; NOSCHANG, Cleuza Regina Tomaz; FERREIRA, Luiz Felipe. Gestão de resíduos da construção civil e de demolição: contribuições para a sustentabilidade ambiental. In: Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 5., 2009. Anais... Niterói, RJ: UFF, 2009. p. 1-23.

FERREIRA, Luiz Felipe et al. Indicadores de Sustentabilidade Empresarial: uma comparação entre os indicadores do balanço social IBASE e relatório de sustentabilidade segundo as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI). In: Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 5., 2009. Anais... Niterói, RJ: UFF, 2009. p. 1-15.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GLOBAL REPORTING INITIATIVE (GRI). Diretrizes para relatório de sustentabilidade. [2006]. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2014.

IPEA – INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Diagnóstico dos Resíduos Sólidos da Construção Civil. [2012]. Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2015.

NOSSA, Valcemiro. Disclosure ambiental: uma análise do conteúdo dos relatórios ambientais de empresas do setor de Papel e Celulose em nível internacional. 2002. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, São Paulo.

ROSA, Fabricia Silva da et al. Estudo sobre o Global Report Initiative de empresas de energia elétrica dos Estados Unidos, do Brasil e da Espanha no período de 1999 a 2010. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2014.

SABADO, J. O. S.; FARIAS FILHO, M. C. Ações de sustentabilidade influenciando o isomorfismo no campo das organizações da indústria de construção civil. Reuna, Belo Horizonte, v. 16, n. 4, p. 27-42, 2011.

SILVA, Paulo José et al. Políticas e práticas de gestão ambiental: uma análise da gestão dos resíduos da construção civil na cidade de Belo Horizonte (MG). [2006]. Disponível em: < http://www.spell.org.br/ documentos/ver/20675/politicas-epraticas-de-gestao-ambiental--uma-analise-da-gestao-dos-residuos-daconstrucao-civil-nacidade-de-belo-horizonte--mg->. Acesso em: 30 jul. 2014.

SILVA, Vinicius Arcanjo da; FERNANDES, André Luís Teixeira. Cenário do gerenciamento dos Resíduos da Construção e Demolição (RCD) em Uberaba-MG. Soc. & Nat., Uberlândia, Uberlândia, ano 24, n. 2, p. 333344, maio/ago. 2012.

SPADOTTO, Aryane et al. Impactos ambientais causados pela construção civil. Unoesc & Ciência, Joaçaba, v. 2, n. 2, p. 173-180, jul./dez. 2011.

TOLEDO, Raquel; ABREU, Aline França de; JUNGLES, Antonio Edesio. A Difusão de Inovações Tecnológicas na Indústria da Construção Civil. In: Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (ENTAC), 8., 2000, Salvador. Anais... Salvador: ANTAC, 2000. p. 1-10.