Resenha: - Vencedoras por Opção - (Jim Collins & Morten T. Hansen - 2011) Outros Idiomas

ID:
38153
Resumo:
Com o aumento das pesquisas sobre como algumas organizações prosperam em ambientes influenciados por risco, inovação, rapidez, mudança e sorte, o presente trabalho objetiva identificar se mitos arraigados, de acordo com o estudo apresentado por Collins e Hansen (2011), também são percebidos e/ou aceitos por brasileiros com relação às organizações em que atuam ou atuaram. Utilizando a metodologia quantitativa, de caráter descritivo, foi realizada uma pesquisa, cuja amostra é não probabilística, por julgamento. O questionário eletrônico estruturado foi divulgado pelas redes sociais LinkedIn e Facebook. A análise dos dados foi realizada pela estatística descritiva e análise de conteúdo. Obteve-se 259 questionários respondidos em 7 dias de aplicação. Os resultados demonstram que é possível traçar uma tendência de não aceitação desses mitos, facilmente identificada através dos comentários e da apuração das respostas para cada afirmação apresentada.
Citação ABNT:
PEREIRA, M. F.; BOA, H. M. C. Resenha: - Vencedoras por Opção - (Jim Collins & Morten T. Hansen - 2011). Revista Ibero-Americana de Estratégia, v. 14, n. 3, p. 145-157, 2015.
Citação APA:
Pereira, M. F., & Boa, H. M. C. (2015). Resenha: - Vencedoras por Opção - (Jim Collins & Morten T. Hansen - 2011). Revista Ibero-Americana de Estratégia, 14(3), 145-157.
DOI:
10.5585/riae.v14i3.2264
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/38153/resenha----vencedoras-por-opcao----jim-collins---morten-t--hansen---2011-/i/pt-br
Tipo de documento:
Resenha
Idioma:
Português
Referências:
Barbetta, Pedro Alberto. (2014). Estatística aplicada às ciências sociais. Florianópolis: Editora UFSC.

Bardin, Laurence. (2011). Análise de conteúdo. Ed. Edições. 70.

Collins, Jim. (2010). Como as gigantes caem: e porque algumas jamais desistem. Rio de Janeiro: Elsevier.

Collins, Jim. (2013). Empresas feitas para vencer. 1ª ed. São Paulo: HSM Editora.

Collins, Jim; Hansen, M. T. (2011). Vencedoras por opção. 1. ed. São Paulo: HSM Editora.

Collins, Jim; Porras, J. (1995). Feitas para durar: práticas bem-sucedidas de empresas visionárias. Rio de Janeiro: Rocco.

IMD World Competitiveness Center. (2015). IMD World Competitiveness Yearbook 2015 Results. http://www.imd.org/uupload/imd.website/wcc/score board.pdf .