A área de recursos humanos e o interesse profissional dos estudantes de administração Outros Idiomas

ID:
3879
Periódico:
Resumo:
Este artigo analisa o interesse de estudantes de cursos de Administração pela área de Recursos Humanos. Foi desenvolvido um estudo de campo, com dados coletados junto a 131 estudantes, nas cidades de Curitiba, Fortaleza e Juazeiro do Norte. Os dados foram avaliados por meio de análise descritiva e das técnicas de análise de regressão e análise de cluster. Verificou-se especialmente que: (1) os estudantes possuem um nível intermediário de interesse pela área de Recursos humanos; (2) este interesse é consistentemente influenciado pelos seguintes fatores: interesse em uma carreira na área, percepção de impacto da disciplina, domínio de habilidades gerenciais e percepção de necessidade da área no curso; (3) identificaram-se três grupos de estudantes: avessos, interessados e entusiastas. Apesar das limitações do estudo, acredita-se que este possa servir de apoio para o desenvolvimento de ações de formação de futuros profissionais de Administração e também de apoio para outros estudos semelhantes.
Citação ABNT:
COSTA, F. J.; PINTO, F. R.; OLIVEIRA, L. G. L. A área de recursos humanos e o interesse profissional dos estudantes de administração. Revista Pretexto, v. 12, n. 3, art. 5, p. 80-99, 2011.
Citação APA:
Costa, F. J., Pinto, F. R., & Oliveira, L. G. L. (2011). A área de recursos humanos e o interesse profissional dos estudantes de administração. Revista Pretexto, 12(3), 80-99.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/3879/a-area-de-recursos-humanos-e-o-interesse-profissional-dos-estudantes-de-administracao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALMEIDA, F. A Gestão de Recursos Humanos. In: LISBOA, J.; COELHO, A.; COELHO, F.; ALMEIDA, F. (Coord.). Introdução à gestão de organizações. Porto: Vida Económica Editorial, 2004.

ANDRADE, R. O. B.; AMBONI , N. Gestão de cursos de Administração: metodologias e diretrizes curriculares. São Paulo: Prentice-Hall, 2004.

BAGOZZI, R. P.; EDWARDS, J. R. A general approach for representing constructs in organizational research. Organizational Research Methods, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 45-87, 1998.

BOHLANDER, G.; SNELL, S.; SHERMAN, A. Administração de Recursos Humanos. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

CAMEY, J. P.; WILLIAMS, J. K. Selling principles: influencing principles of marketing students” perceptions and attitudes toward marketing as a discipline. Journal of Marketing Education, [S. l.], v. 26, n. 2, p. 154-160, Aug. 2004.

CARAVANTES, G.; PANNO, C.; KLOECKNER, M. Administração: teorias e processos. São Paulo: Pearson Prentice-Hall, 2005.

DESSLER, G. Administração de Recursos Humanos. 2. ed. São Paulo: Prentice-Hall, 2003.

FARRELL, C. The development of a marketing self-efficacy scale: an assessment of reliability and construct validity. Marketing Education Review, [S. l.], v. 16, n. 3, p. 25-34, Fall 2006.

HAIR, J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L. BLACK, W. C. Análise multivariada de dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

MALHOTRA, N. K. Marketing research: an applied orientation. 3. ed. New Jersey: Prentice-Hall, 1999.

MCINTYRE, F. S.; WEBB, D. J.; HITE, R. E. Service learning in the marketing curriculum: faculty views and participation. Marketing Education Review, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 35-45, Spring 2005.

MILKOVICH, G. T.; BOUDREAU, J. W. Human Resource Management. Chicago: McGraw-Hill, 1997.

NICOLINI, A. Qual será o futuro das fábricas de administradores? In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 25., 2001, Campinas. Anaisc Rio de Janeiro: ANPAD, 2001.

YOUNDT, M.; SNELL, S.; DEAN, J.; LEPAK, D. Human resource management, manufacturing strategy and firm performance. Academy of Management Journal, [S. l.], v. 39, n. 4, p. 836-866, 1996.