O secretário executivo e a flexibilidade comportamental no trabalho Outros Idiomas

ID:
39025
Resumo:
Este artigo tem como objetivo abordar a flexibilidade comportamental que é determinada pela capacidade de adaptação do indivíduo aos diversos perfis comportamentais que compõem o ambiente organizacional no qual ele está inserido. Ela é atribuída ao secretário executivo como uma habilidade profissional desejável devido à gama de pessoas com a qual ele se relaciona diariamente. Para isso, foi realizada uma pesquisa bibliográfica que possibilitou a discussão das ideias de autores especializados na temática, e uma pesquisa exploratória que utilizou a entrevista pessoal aplicada a quatro secretários; por meio da qual foi possível a descrição das situações reais cotidianas dos secretários executivos participantes. Os resultados mostraram que esse profissional valoriza a realização profissional como motivação e sentido do trabalho e que, diante dos diferentes tipos comportamentais dos indivíduos, a persistência em manter o clima organizacional agradável através da capacidade de flexibilização comportamental é essencial. Ainda, grande importância foi dada ao diálogo, por meio do qual todos podem expor suas queixas, elogios e tudo o que julgarem necessário a fim de identificar as ameaças e oportunidades, bem como maximizar os pontos positivos existentes, para que exista sempre harmonia no ambiente de trabalho.
Citação ABNT:
TERRA, E. F.; MACHADO, F. H. O secretário executivo e a flexibilidade comportamental no trabalho. Revista de Gestão e Secretariado, v. 2, n. 2, p. 105-120, 2011.
Citação APA:
Terra, E. F., & Machado, F. H. (2011). O secretário executivo e a flexibilidade comportamental no trabalho. Revista de Gestão e Secretariado, 2(2), 105-120.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/39025/o-secretario-executivo-e-a-flexibilidade-comportamental-no-trabalho/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português