Atributos corporativos e concentração acionária no Brasil Outros Idiomas

ID:
3910
Resumo:
Este artigo enfoca os possíveis determinantes da concentração do direito de voto e do direito sobre o uxo de caixa por parte dos acionistas controladores das companhias abertas brasileiras. A análise investiga se variáveis endógenas das rmas e setoriais fazem com que algumas empresas tenham estrutura de propriedade mais concentrada do que outras submetidas ao mesmo ambiente contratual. Ao se aplicarem testes empíricos a um painel com 161 empresas entre os anos de 1998 e 2002, as variáveis testadas como possíveis determinantes não parecem in uenciar a concentração acionária dos controladores das empresas analisadas. Os resultados oferecem evidência em favor da hipótese de inuência da exogeneidade da estrutura de propriedade sobre o desempenho corporativo, adotada em trabalhos recentes.
Citação ABNT:
SILVEIRA, A. M.; BARROS, L. A. B. C.; FAMÁ, R. Atributos corporativos e concentração acionária no Brasil. Revista de Administração de Empresas, v. 48, n. 2, art. 4, p. 51-66, 2008.
Citação APA:
Silveira, A. M., Barros, L. A. B. C., & Famá, R. (2008). Atributos corporativos e concentração acionária no Brasil. Revista de Administração de Empresas, 48(2), 51-66.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/3910/atributos-corporativos-e-concentracao-acionaria-no-brasil/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português