O processo de desenvolvimento e lançamento de produtos tecnológicos em uma empresa de telecomunicações Outros Idiomas

ID:
39358
Resumo:
Este artigo teve por objetivo entender como se dá o processo de desenvolvimento e lançamento de produtos tecnológicos, tomando como referência o modelo de Mattar et al. (2009). Muitas empresas possuem habilidades para desenvolverem inovação e tecnologia, mas não são capazes de desenvolverem novos mercados para esses novos produtos tecnológicos. Por meio de uma pesquisa descritiva baseada em um estudo de caso, foi possível constatar que algumas etapas do processo ocorrem com menor rigor de análise, resultando problemas. Portanto, se o desenvolvimento e lançamento de novos produtos não forem bem planejados e conduzidos com muito cuidado, podem gerar consideráveis perdas financeiras. O macroprocesso adotado pela empresa, que passa pelas etapas de ideia, avaliação, especificação, implementação e lançamento foi verificado na revisão da literatura e apresentado na consolidação dos oito grupos conceituais das etapas de desenvolvimento do novo produto estudado.
Citação ABNT:
LUI, M. C.; OLIVEIRA, B. O processo de desenvolvimento e lançamento de produtos tecnológicos em uma empresa de telecomunicações . Revista Eletrônica Gestão e Serviços, v. 6, n. 2, p. 1192-1214, 2015.
Citação APA:
Lui, M. C., & Oliveira, B. (2015). O processo de desenvolvimento e lançamento de produtos tecnológicos em uma empresa de telecomunicações . Revista Eletrônica Gestão e Serviços, 6(2), 1192-1214.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/39358/o-processo-de-desenvolvimento-e-lancamento-de-produtos-tecnologicos-em-uma-empresa-de-telecomunicacoes-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BAXTER, M. Projeto de produto: guia prático para o design de novos produtos, 2. ed. São Paulo: Edgard Blücher, 1998.

COTTERMAN, R. et al. Aligning marketing and technology to drive innovation research. Technology Management, set./out. 2009.

CRAVENS, DAVID W. e PIERCY, Nigel F. Marketing estratégico, 8. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2007.

CROWFORD, C. M. Strategies for new products development. Business Horizons, Indiana, v. 15, n. 6, p. 49-58, 1972.

DAY, GEORGE S. A empresa orientada para o mercado: compreender, atrair e manter clientes valiosos. Porto Alegre: Bookman, 2001.

DESCHAMPS, J. P. e NAYAK, P. R. Produtos irresistíveis: Como operacionalizar um fluxo perfeito de produtos do produtor ao consumidor. São Paulo: Makron Books, 1996.

DOGSON, M. E GANN, D. E SALTER, A. The Management of Technological Innovation: Strategy and Practice. New York: Oxford University Press, 2008.

DRUCKER, P. Inovação e espírito empreendedor: Prática e princípios. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.

FLICK, U. Uma introdução à pesquisa qualitativa, 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa, 3. ed. São Paulo: Atlas, 1996.

GRUENWALD, G. Como desenvolver e lançar um novo produto no Mercado. São Paulo: Makron Books, 1993.

HOOLEY, G. J.; SAUNDERS, J. A.; PIERCY, N. F. Estratégia de Marketing e Posicionamento Competitivo. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

KOTLER. Administração de marketing, 10. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2000.

LAMBIN, J. J. Marketing Estratégico, 4. ed. Lisboa: Mc Graw Hill, 2000.

LEVITT, Theodore. A imaginação de marketing. São Paulo: Atlas, 1990.

MATTAR, F. N.; et al. Gestão de produtos, serviços, marcas e mercados: estratégias e ações para manter-se top of market. São Paulo: Atlas, 2009.

MATTAR, F. N.; et al. Pesquisa de marketing: edição compacta 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MCKENNA, Regis. As cinco regras do novo marketing. Revista HSM Management, n. 22, p. 14-22, set./out. 2000.

MINTZBERG, H.; AHLSTRAND, B.; LAMPEL J. Safari de estratégia: um roteiro pela selva do planejamento estratégico. Porto Alegre: Bookman, 2000.

MORRISON, A.; WENSLEY R. Boxing up or boxed. In: A short history of the Boston Consulting Group share/ Growth Matrix. Journal of Marketing Management, p. 105-109, jul. 2001.

ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT-OECD. Manual de Oslo: Diretrizes para coleta e interpretação de dados sobre inovação, 3. ed. Rio de Janeiro: Finep, 2005.

PARASURAMAN, A. Technology Readiness Index (TRI): a multiple-item scale to measure readiness to embrace new technologies. Journal of Service Research, v. 2, n. 4, p. 307-320, 2000.

PARASURAMAN, A.; COLBY, C. L. Marketing para produtos inovadores: como e por que seus clientes adotam tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2002.

PORTER, Michael E. Estratégia competitiva: técnicas para a análise de indústrias e da concorrência, 16. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

SOBRINHO, Zaki A.; SCHMIDT, Angela da Rocha. Práticas de marketing no desenvolvimento e lançamento de produtos de consumo. Revista de Administração, São Paulo, n°. 4, v. 20, p. 85-90, out./ dez. 1985.

STONEMAN, P.; DIERDEREN, P. Technology diffusion and public policy. The Economic Journal, v. 104, p. 918-930, jul. 1994.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos, 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.