Inovação no desenvolvimento de produto para o mercado de sobremesas prontas: o caso da Laffriolée Outros Idiomas

ID:
3989
Resumo:
O objetivo deste trabalho é identificar o papel da inovação e as práticas sobre as quais se baseiam o Desenvolvimento e Lançamento de Novos Produtos (DLNP) em Pequenas e Médias Empresas (PMEs). O artigo analisa se esses procedimentos foram orientados por algum tipo de processo apresentado na literatura acadêmica. O segmento escolhido foi o de sobremesas prontas voltado para o mercado food service que vem apresentando sólido crescimento nos últimos anos. Com esse propósito, a empresa escolhida foi a Laffriolée Sobremesas cujas práticas de DLNP foram investigadas por meio de um estudo de caso. Verificou-se que a empresa em questão buscou ser inovadora, desenvolvendo um produto que se relaciona a novos estilos de vida e práticas sociais; porém aproveitando os canais de distribuição já existentes, preços competitivos e sua própria força de vendas. Além disso, buscou obter vantagem competitiva por meio do uso de suas ferramentas de marketing integrado.
Citação ABNT:
MORETTI, S. L. A.; MOYSÉS FILHO, J. E.; PEREIRA, R. D. A. Inovação no desenvolvimento de produto para o mercado de sobremesas prontas: o caso da Laffriolée. Innovation and Management Review, v. 7, n. 1, art. 87, p. 21-35, 2010.
Citação APA:
Moretti, S. L. A., Moysés Filho, J. E., & Pereira, R. D. A. (2010). Inovação no desenvolvimento de produto para o mercado de sobremesas prontas: o caso da Laffriolée. Innovation and Management Review, 7(1), 21-35.
DOI:
10.5773/rai.v7i1.391
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/3989/inovacao-no-desenvolvimento-de-produto-para-o-mercado-de-sobremesas-prontas--o-caso-da-laffriolee/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABIA – Associação Brasileira das Indústria de Alimentação (2009). O mercado food service no Brasil. São Paulo: Publicações Economia e Comércio Exterior, autor.

Booz, Allen & Hamilton. (1982). Recuperado em 18 de abril de 2010, de http://www.bozzallen.com.

Brown, S.; Eisenhardt, K. (1995). Product development: past research, present findings, and future directions. The Academy of Management Review, 20 (2), 343-378.

Christensen, C.M.; Cook, S.; Hall, T. (2005). Marketing malpractice: the cause and the cure. Harvard Business Review, p. 74-83. dezembro

Cooper, D.R.; Schindler, P.S. (2003). Métodos de Pesquisa em Administração. (7 ed.). Porto Alegre: Bookman.

Costa, J.M.H.; Rozenfeld, H. (2007). Proposal of BPM method for improvind NPD process. Product: Management & Development, 5(1).

Dahan, E.; Hauser, J.R. (2006). Product development: managing a dispersed process. In B. Weitz & R. Wensley (orgs). Handbook of marketing. London: Sage.

Damanpour, F. (1991). Organizational informational: a meta analysis of effects of determinants and moderators. Academy of Management Journal, 34(3), 555-590.

Davig, W.; Brown, S. (1992). Incremental decision making in small manufacturing firms. Journal of Small Business Management Milwalkee, 30(2), 53-60.

Deschamps, J.P.; Nayak, P.R. (1996). Produtos irresistíveis: como operacionalizar um fluxo perfeito de produtos do produtor ao consumidor. São Paulo: Makron Books.

Deshpandé, R.; Farley, J.U.; Webster, F.E. (1993). Corporate culture, customer orientation and innovativeness in a japanese firms: a quadrad analysis. Journal of Marketing, 57(1), 23-27.

Dutra, I.; Guagliardi, J.A.; Hernandes, J.P. (1996, abril/junho). A micro e pequena empresa industrial: diferenças e similaridades de marketing entre os setores metalúrgico, moveleiro, alimentício e de vestuário. Revista de Administração de Empresas, 26(2), 29-44.

Gomes, C.M.; Kruglianskas, I. (2009). A influência do porte no comportamento inovador da empresa. Revista de Administração e Inovação, 6(2), 05-27.

Gonçalves Filho, C.; Gonçalves, C. A.; Pardini. D. J. (2008). O impacto da inovação e da gestão do conhecimento de marketing no desempenho de novos produtos no mercado. Revista de Administração e Inovação, 5(2), 05-24.

Han, J.K.; Kim, N.; Shrivastava, R.K. (1998). Market orientation and organizational performance: is innovation a missing link? Journal of Marketing, 62(4), 30-45.

Huang, X.; Soutar, G. N.; Brown, A. (2002). New product development processes in small and medium-sized enterprises: some Australian evidence. Journal of Small Business Management, 40 (1), 27-42.

Ikeda, A N. (1998). As atividades de marketing no processo de criação de pequenas empresas por empreendedores; um estudo de caso. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade de São Paulo, SP, Brasil.

Jaworski, B.J.; Kohli, A.K. (1993). Market orientation: antecedents and consequences. Journal of Marketing, 57(3), 1-15.

Joshi, A. W.; Sharma, S. (2004). Customer knowledge development: antecedents and impact on new product performance. Journal of Marketing, 68 (4), 47-59.

Kerin, R. A.; Hartley, S. W.; Berkowitz, E. N.; Rudelius, W. (2007). Marketing. (8a ed). São Paulo: Mc-Graw-Hill.

Kotler, P.; Keller, K. L. (2006). Administração de Marketing. (12ª ed). São Paulo: Prentice Hall.

Lakatos, E. M.; Marconi, M. A. (1985).Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo: Atlas.

Miguel, P. A. C.; Calarge, F. A. (2005). An empyrical study of new product development in a small company: case study of a veterinarian firm. Management & Development, 3(1).

Müller, H. F. N. (2005). Inovação orientada para o mercado: um estudo das relações entre orientação para o mercado, inovação e performance. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, RG, Brasil.

Narver, J.; Slater, S. (1990). The effect of market orientation on business profitability. Journal of Marketing, v. 54, 20-35. outubro.

Parasuraman, A.; Colbi, C. (2001). Techo-ready marketing: how and why your customer adopt technology. New York: Press.

Revista Brasil Alimentos. (2001) A explosão do food service, (8). maio/junho. Recuperado em 05 de outubro de 2009, de .

Robert, M. (1995). Product innovation strategy. New York: McGraw Hill.

Rozenfeld, H. Forcellini, F.A.; Amaral, D.C. (2005). Gestão de desenvolvimento de produtos. São Paulo: Saraiva.

Rudolph, M.J. (1995). The food product development process: progress must be monitored against a planned set of goals. Brtish Food Journal, 97(3), 3-11.

Sarquis, A. B. (2003). Marketing para pequenas empresas: a indústria da confecção. São Paulo: SENAC.

SEBRAE/SP. Cenários para as MPEs – 2009-2015. Versão março de 2009.

Urdan, A.T.; Osaku, W. A. A. (2005). Determinantes do sucesso de novos produtos: um estudo de empresas estrangeiras no Brasil. Anais do Encontro da Associação Nacional do Programas de Pós-Graduação em Administração, 29, Brasília, DF, Brasil.

Vergara, S. C. (2006). Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. (7ª ed.). São Paulo: Atlas.

Wheelwright, S.; Clark, K. (1994). Accelerating the design-build-test cycle for effective product development. International Marketing Review, 11 (1), 32-46.

Yin, R.K. (2001). Estudo de Caso: Planejamento e Método. (2º ed.). Porto Alegre: Bookman.

Zhuang, L.; Willianson, D.; Carter, M (1999). Innovate or liquidate – are all organizations convinced? A two-phased study into the innovation. Management Decision, v. 37, n. 1, p. 57-71.