Dez anos de pesquisa científica em controladoria no Brasil (1997 – 2006) Outros Idiomas

ID:
3997
Resumo:
Mudanças havidas no Brasil nas últimas décadas motivaram a demanda por profissionais contábeis mais aptos a aplicarem seus conhecimentos nas organizações. Isso estimulou o aumento, a partir de 1998, do número de programas stricto sensu em Ciências Contábeis, com áreas de concentração e/ou linhas de pesquisa em Controladoria, palco da produção científica sobre a temática. Este trabalho buscou responder a indagação sobre quais foram as características da produção científica brasileira de artigos de Controladoria entre 1997 e 2006 e buscou identificar, descrever e analisar tais características. A pesquisa é bibliométrica e descritiva, com uma abordagem quantitativa do problema. Foram analisados 154 artigos, publicados em 24 revistas Qualis A e B Nacional na área contábil. A produção sobre “Controladoria” no período foi de 4,43% dos artigos publicados. A aplicação da Lei de Bradford identificou os três núcleos de publicações sobre o assunto, com 2, 4 e 18 revistas, respectivamente. As Leis de Lotka e Pareto indicaram os autores mais produtivos revelando que ainda não há uma elite de pesquisadores sobre a temática, pois o conhecimento está disperso entre vários autores com baixa produtividade. Verificou-se que mais de 80% dos artigos analisados provêm de programas stricto sensu e, dos autores alunos de programas, 94,2% eram de Ciências Contábeis, Administração e Engenharia.
Citação ABNT:
PELEIAS, I. R.; WAHLMANN, G. C.; PARISI, C.; ANTUNES, M. T. P. Dez anos de pesquisa científica em controladoria no Brasil (1997 – 2006). Innovation and Management Review, v. 7, n. 1, art. 40, p. 158-177, 2010.
Citação APA:
Peleias, I. R., Wahlmann, G. C., Parisi, C., & Antunes, M. T. P. (2010). Dez anos de pesquisa científica em controladoria no Brasil (1997 – 2006). Innovation and Management Review, 7(1), 158-177.
DOI:
10.5773/rai.v7i1.544
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/3997/dez-anos-de-pesquisa-cientifica-em-controladoria-no-brasil--1997-----2006-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Aquino, I. S. (2007). Como escrever artigos científicos: sem arrodeio e sem medo da ABNT. João Pessoa: Universitária.

Araujo, C. A. (2006). Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, 12(1), 11-32. Recuperado em 30 de novembro de 2007, de . 2006.

Beuren, I. M.; Schlindwein, A. C.; Pasqual, D. L. (2007). Abordagem de controladoria em trabalhos publicados no EnANPAD e no Congresso USP de controladoria e contabilidade de 2001 a 2006. Revista Contabilidade e Finanças, 18(45), 22-37.

Beuren, I. M.; Souza, J. C. (2007). Análise de periódicos internacionais de contabilidade nas dimensões da qualidade “finalidade do produto” e “mercado”. Anais do Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração, 31, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Recuperado em 15 de fevereiro de 2008, de .

Cardoso, R. L. et al. (2005). Pesquisa científica em contabilidade entre 1990 e 2003. Revista de Administração de Empresas, 45(2), 34-45. Recuperado em 15 de novembro de 2007, de . 2005.

Chung, K. H.; Pak, H. S.; Cox, R. (1992). Patterns of research output in the accounting literature:a study of the bibliometric distributions. ABACUS A journal of accounting, finance and business studies, 28(2), 168-185.

Glänzel, W.; Debackere, K. (2005). Messen von wissenschaftlicher Kommunikation und Forschungsleistung: Möglichkeiten und Beschränkungen bibliometrischer Methoden. Mitteilungen der Vereinigung österreichischer Bibliothekarinnen und Bibliothekare, 58(2), 9-20. Recuperado em 30 de novembro de 2010, de . 2005.

Iudícibus, S. (2004). Teoria da Contabilidade. 7. ed. São Paulo: Atlas.

Leite Filho, G. A. (2008). Padrões de produtividade de autores em periódicos e congressos na área de contabilidade no Brasil: um estudo bibliométrico. Revista de Administração Contemporânea, 12(12).

Leite Filho, G. A.; Paulo Júnior, J.; Siqueira, R. L. (2006). Revista Contabilidade e Finanças USP: uma análise bibliométrica de 1999 a 2006. Anais do Congresso de Contabilidade e Controladoria da Universidade de São Paulo, 6, São Paulo, SP, Brasil.

Lucena, W. G. L.; Cavalcante, P. R. N.; Sales, L. B. (2007). O Perfil das dissertações do Programa Multi-intitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis UnB/UFPB/UFRN/UFPE. Anais do Encontro Anual da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração, 31, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Luciani, J. C. J.; Cardoso, N. J.; Beuren, I. M. (2007) Inserção da Controladoria em artigos de periódicos nacionais classificados no sistema Qualis da CAPES. Revista Contabilidade Vista e Revista, 18(1), 11-26.

Magalhães, F. A. C. (2006). Construção do saber no Programa de Doutorado em Contabilidade no Brasil: plataformas teóricas e motivações. Anais do Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração, 30, Salvador, BA, Brasil.

Martins, G. A. (2002). Considerações sobre os doze anos do Caderno de Estudos. Revista de Contabilidade e Finanças, (30), p. 81-88.

Martins, G. A. (2007). Elaboração de Artigo para Publicação em Periódico. Recuperado em 15 de novembro de 2007, de .

Martins, G. A.; Silva, R. B. (2005). Plataforma teórica: trabalhos dos 3º e 4º Congresso USP de Controladoria e Contabilidade: um estudo bibliométrico. Anais do Congresso de Contabilidade e Controladoria da Universidade de São Paulo, 5, São Paulo, SP, Brasil.

Martins, G. A.; Theófphilo, C. R. (2007). Padrões de Qualidade na Pesquisa Contábil. Anais do Congresso de Contabilidade e Controladoria da Universidade de São Paulo, 7, São Paulo, SP, Brasil. Recuperado em 20 de novembro de 2007, de .

Matias, M. A. et al. (2007). Análise epistemológica da produção científica em contabilidade sob a ótica da estruturação interna. Anais do Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade, 1, Recife, PE, Brasil.

Mattar, J. (2005). Metodologia na era da informática. 2. ed. São Paulo: Saraiva.

Mendonça Neto, O. R.; Riccio, E. L.; Sakata, M. C. G. (2006). Paradigmas de pesquisa em contabilidade no Brasil: ENANPAD: 1981-2005. Anais do Encontro Anual da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração, 30, Salvador, BA, Brasil.

Mensah, Y. M.; Hwang, N. C. R.; Wu, D. (2004). Does managerial accounting research contribute to related disciplines? An examination using citation analysis. Journal of Management Accounting Research, v. 16, 163-181.

Moreira, D. A. (2005). Critérios úteis para entender e avaliar artigos de pesquisa. [Material da disciplina de Metodologia Científica do Programa de Mestrado em Administração]. São Paulo: Fundação Escola Álvares Penteado.

nd. Lei N° 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, Brasil. Recuperado em 05 de dezembro de 2007, de . 1961.

nd. Lei n° 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. Brasília, DF, Brasil. Recuperado em 05 de dezembro de 2007, de . 1968.

nd. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, Brasil. Recuperado em 05 de dezembro de 2007, de . 1996.

nd. Parecer n° 977, de 3 de dezembro de 1965. Definição dos Cursos de Pós-Graduação. Documento n. 44, p. 67-86. Conselho Federal de Educação, Brasília, DF, Brasil. 1965.

Oliveira, M. C. (2002). Análise dos periódicos brasileiros de Contabilidade. Revista Contabilidade e Finanças, v. 29, 68-86. agosto

Peleias, I. R. et al. (2006). Política para produção de artigos científicos [Material de aula da disciplina de metodologia científica do Programa de Mestrado em Ciências Contábeis]. São Paulo: Fundação Escola Álvares Penteado.

Peleias, I. R.; et. al. (2007). Evolução do ensino da contabilidade no Brasil: uma análise histórica. Revista Contabilidade de Finanças, edição especial 30 anos de Doutorado, 19-32, junho. Recuperado em 15 de novembro de 2007, de .

Ribeiro Filho, J. F. et al. (2007). Uma análise das abordagens epistemológicas e metodológicas da pesquisa contábil do Programa do Mestrado Multi-institucional em Ciências Contábeis. Revista Contabilidade Vista e Revista, 18(1), 27-49.

Riccio, E. L.; Carastan, J. T.; Sakata, M.G. (1999). Accounting research in Brazilian universities: 1962-1999. Revista Contabilidade e Finanças, (22), 1-17.

Romêo, J. R. M.; Romêo, C. I. M.; Jorge, V. L. (2004). Estudos de pós-graduação no Brasil. In Instituto Internacional para la Educación Superior en la América Latina y el Caribe – IESALC / Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO, pp. 1-76. Recuperado 25 de janeiro de 2008, de .

Schäffer, U.; Binder, C.; Gmür, M. (2005). Struktur und entwicklung der controllingforschung: eine zitations- und kozitationsanalyse von controllingbeiträgen in deutschsprachigen wissenschaftlichen zeitschriften von 1970 bis 2003. European Business School Working Paper on Management Accounting & Control. Oestrich-Winkel/ Alemanha, n. 18, p. 1-54, Dieponível em: Recuperado em 30 de novembro de 2007, de . 2005.

Silva, A. C. B. da; Oliveira, E. C. de; Ribeiro Filho, J. F. (2005). Revista de contabilidade & finanças – USP: uma comparação entre os períodos 1989-2001 e 2001-2004. Revista de Contabilidade e Finanças, (39), 20-32.

Vanti, N. A. P. (2002). Da bibliometria à webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o registro da informação e a difusão do conhecimento. Ciência da Informação, 31(2), 152-162. Recuperado em 30 de novembro de 2007, de .