Escolha Adoção de tecnologias de informação e comunicação na educação: um estudo junto a professores Outros Idiomas

ID:
4003
Resumo:
Nesta pesquisa estuda-se o impacto dos objetivos de escolha sobre a intenção de adoção de novas TICs (tecnologias de informação e comunicação) na educação. Além das características pessoais apontadas como influenciadoras da tendência a adotar novos produtos, uma possível explicação para tais diferenças na tendência à adoção também pode advir da teoria sobre o processo de escolha, a qual pressupõe que durante a avaliação de alternativas, os consumidores buscam atingir certos objetivos de escolha. O estudo foi realizado através de pesquisa quantitativa, composto de fase exploratória e descritiva. Participaram da fase exploratória 2 diretores (responsáveis pelas TICs) e 4 professores da instituição de ensino superior, por critério de acessibilidade. O objetivo dessa fase foi levantar as TICs utilizadas pela IES, bem como adaptar o instrumento de coleta ao contexto. Na fase descritiva quantitativa obteve-se 115 questionários respondidos por professores da instituição analisada. Os dados foram analisados em um modelo de relacionamento multivariado através da modelagem de equações estruturais utilizando-se o método PLS (partial least square). Os resultados mostraram que nas relações do modelo proposto, os objetivos de escolha consistentes com o contexto organizacional (evitar o arrependimento, custos de avaliação, custos de adaptação e evitar emoções negativas) tiveram impacto significativo sobre a tendência a inovar na categoria. Tal resultado aponta indícios de que essa variável independente pode ser um fator explicativo para a adoção de novos produtos. Além disso, o estudo mostrou que os professores têm mais tendência a inovar com as TICs mais simples e com as utilizadas dentro da sala de aula, denotando baixa tendência a inovar.
Citação ABNT:
KORELO, J. C.; PRADO, P. H. M.; SILVA, D. M. L. Escolha Adoção de tecnologias de informação e comunicação na educação: um estudo junto a professores. Revista de Administração e Inovação, v. 7, n. 2, art. 66, p. 80-103, 2010.
Citação APA:
Korelo, J. C., Prado, P. H. M., & Silva, D. M. L. (2010). Escolha Adoção de tecnologias de informação e comunicação na educação: um estudo junto a professores. Revista de Administração e Inovação, 7(2), 80-103.
DOI:
10.5773/rai.v7i2.618
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/4003/escolha-adocao-de-tecnologias-de-informacao-e-comunicacao-na-educacao--um-estudo-junto-a-professores/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Alba, J. W; Hutchinson, J. W. Dimensions of consumer expertise. Journal of Consumer Research, v. 13, p. 411-54, March. 1987.

Bagozzi, R. Advanced methods of marketing research. Oxford: Blackwell, 1995.

Bass, F. M. A new product growth for model consumer durables. Management Science. 15(5), 215-27, 1969.

Beggs, A.; Klemperer, P. Multi-Period competition with switching costs. Econometrica, 60, 3, 651-66, May. 1992

Bell, D. E. Regret in decision making under uncertainty. Operations Research, v. 30, 961-81, 1982.

Belloni, M. L. Educação a distância. 3ª ed. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2003.

Bettman, J. R. An information processing theory of consumer choice. Cambridge, MA: Assison Wesley, 1979.

Bettman, J. R.; Luce, M. F.; Payne, J. W. Constructive consumer choice processes. Journal of Consumer Research, v. 25, p. 187-214, dec. 1998.

Boehe, D. Desenvolvimento de produtos em subsidiárias de empresas multinacionais no Brasil. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2005.

Burnham, T. A., Frels, J. K.; Mahajan, V. A typology, antecedents, and consequences. Academy of Marketing Science Journal, v. 31, n. 2, p.109-26, Spring. 2003.

Churchill, J. R.; G.A. Marketing research: methodological foundations. 7th ed. Fort Worth: Dryden, 1999.

Coutinho, C. M. G. F. P; Chaves, J. H. S. Desafios à Investigação em TIC na Educação: As Metodologias de Desenvolvimento. II Conferência Internacional Challenges 2001/Desafios 2001.

Demo, P. Éticas Multiculturais - Sobre convivência humana possível. Vozes: Petrópolis, 2005.

Drucker, P. A nova sociedade das organizações. In: HOWARD, R. (Org.) Aprendizado organizacional. Rio de Janeiro: Campus, 2000. p. 1-7.

Eliashberg, J.; Robertson, T. S. New product preannouncing behavior: a market signaling study. Journal of Marketing Research, v, 25, p. 282-92, Aug. 1988.

Farrell, J.; Shapiro, C. Dynamic competition with switching costs. The Rand Journal of Economics, v. 19, n. 1, p. 123-37, Spring 1988.

Fornell, C. A national customer satisfaction barometer: the Swedish experience. Journal of Marketing, v. 56, n. 1, p. 6-21, Jan. 1992.

Gatignon, H.; Robertson, T. S. Innovative decision processes. In: ROBERTSON, T. S.; KASSARJIAN, H. H. Handbook of consumer behavior. New Jersey: Prentice-Hall, p. 316-48, 1991.

Gill, J.; Johnson, P. Research methods for managers. 2 ed. London: Sage, 1997.

Goldenberg, J.; Han, S.; Lehmann, D. R.; Hong, J. The role of hubs in the adoption process. Journal of Marketing, v. 73, n. 2, p. 1-13, mar. 2009.

Goldsmith, R. E.; Flynn, L. R. A validation of the Goldsmith and Hofacker innovativeness scale. Educational and Psychological Measurement, v. 53, n. 4, p. 1105-1116, Winter. 1993.

Goldsmith, R. E.; Flynn, L. R. Identifying innovators in consumer product markets. European Journal of Marketing, v. 26, n. 12, p. 42-55, 1992.

Goldsmith, R. E.; Hofacker, C. F. Measuring consumer innovativeness. Journal of the Academy of Marketing Science, v. 19, n. 3, p. 209-221, jun. 1991.

Greenleaf, E. A.; Lehmann, D. R. Reasons for substantial delay in consumer decision making. Journal of Consumer Research, v. 22, n. 2, p.186-99, set. 1995.

Guiltinan, J. P. A classification of switching costs with implications for relationship marketing, AMA Winter Educators’ Conference: Marketing Theory and Practice, p. 216-220, 1989

Hair Jr, J. F.; Babin, B.; Money, A.; Samouel, P. Fundamentos de métodos de Pesquisa em Administração. Porto Alegre: Bookman, 2005.

Heitmann, M.; Lehmann, D.R.; Herrmann, A. Choice goal attainment and decision consumption satisfaction. Journal of Marketing Research, v. 44, p. 234-250, may 2007.

Herzenstein, M.; Posavac, S. S.; Brakus, J. J. Adoption of new and really new products: the effects of self-regulation systems and risk salience. Journal of Marketing Research, 44, 2, 251-60, may 2007.

Hirschman, E. C. Innovativeness, novelty seeking, and consumer creativity. Journal of Consumer Research, v. 7, p. 283-295, dec. 1980.

Hirschman, E. Technology and symbolism as sources for the generation of innovation. Advances in Consumer Research, v. 9, p. 537-541, 1981.

Lazarus, R. S. Emotion and adaptation. New York: Oxford University Press, 1991.

Loomes, G.; Sugden, R. Regret theory: an alternative theory of rational choice under uncertainty. The Economic Journal, v. 92, dec. 1982.

Luce, M. F.; Bettman, J. R.; Payne, J. W. Minimizing negative emotion as a decision goal: investigating emotional trade-off difficulty. In: Ratneshwar, S.; Mick.; Huffman, C. The why of consumption: contemporary perspectives on consumer motives, goals and desires. London: Routdedge, 2000.

Mahajan, V.; Muller, E.; Bass, F. M. New product diffusion models in marketing: a review and directions for research. Journal of Marketing, v. 54, p. 1-26, jan. 1990.

Malhotra, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4 ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

Marchetti, R. Z.; Prado, P. H. M.; Pires, P. J. Análise de correspondentes múltiplos aplicada à ordenação de dados qualitativos. XXII Enanpad, Foz do Iguaçu, 1998.

Marinho, S. P. P. Novas tecnologias e velhos currículos; já é hora de sincronizar. Revista ECurriculum, v. 2, n. 3, p. 35-38, dec. 2006.

Masetto, M. Innovation in higher education. Interface – Comunicação, Saúde, Educação, v. 8, n. 14, set. 2003-fev. 2004.

Mick, D. G., Fournier, S. Paradoxes of technology: consumer cognizance, emotions, and coping strategies. Journal of Consumer Research, v. 25, p. 123-43, 1998.

Midgley, D. F.; Dowling, G. R. Innovativeness: the conception and its measurements. Journal of Consumer Research, v. 4, p. 229-242, mar. 1978.

Moraes, R. A.; Dias, A. C.; Fiorentini, L. M. R. As tecnologias da informação e comunicação na educação: as perspectivas de Freire e Bakhtin. UNI Revista, v. 1, n. 3, julho. 2006.

Nakashima, R. H. R.; Amaral, S. F. A linguagem audiovisual da lousa digital interativa no contexto educacional. ETD – Educação Temática Digital, Campinas, v. 8, n. 1, p. 33-50, dez. 2006.

Nonato, E. R. S. EAD, TIC e Internet: Ainda Estranhas à Escola. 13º Congresso Internacional de Educação a Distância, Curitiba, PR, set 2007.

Oliveira, D. Mensurando o valor da marca, a reputação e a identidade no setor automotivo. Dissertação em Administração pela UFMG. Belo Horizonte, 2006.

Pádua Júnior, F. P.; Prado, P. H. A adoção de inovações em produtos de alta tecnologia por jovens: o caso do telefone celular. In: Anais do XXIX ENANPAD, Brasília, 2005.

Pham, M. T. Representativeness, relevance and the use of feelings in decision making. Journal of Consumer Research, v. 25, p. 144-57, sept. 1998.

Pindyck, R.; Rubinfeld, D. Microeconomia. São Paulo: Makron Books, 1994.

Pretto, N.; Pinto, C. C. Tecnologias e novas educações. Revista Brasileira de Educação, v. 11, n. 31. jan./abr. 2006.

Robertson, T. S. The process of innovation and the diffusion of innovation. Journal of Marketing, v. 31, p. 14-19, jan. 1967.

Roehrich, G. Consumer innovativeness: concepts and measurements. Journal of Business Research, v. 57, p. 671-77, 2004.

Rogers, E. M. Diffusion of innovations. 5. ed. New York: Free Press, 2003.

Samuelson, W.; Zeckhauser, R. Status quo bias in decision making. Journal of Risk and Uncertainty, v. 1, p. 7-59, 1988

Shiv, B.; Fedorikhin, A.; Nowlis, M. N. Interplay ofthe heart and the mind in decision-making. In: Ratneshwar, S.; Mick, D. G. Inside consumption: consumer motives, goals and desires. Routledge: New Jersey, 2005.

Shugan, S. M. The costs of thinking. Journal of Consumer Research7, p. 99-111, September. 1980.

Tsiros, M.; Mittal, V. Regret: a model of its antecedents and consequences in consumer decision making. Journal of Consumer Research, v. 26, n. 4, p. 401-17, mar. 2000.

Wilson, T. D.; Gilbert, D. T. Affective forecasting: knowing what to want. Current Directions in Psychological Science, v. 14, n. 3, 131-34, 2005.