Preço da Ação, Disclosure e Assimetria de Informação: o Caso OGX Outros Idiomas

ID:
40885
Resumo:
Este estudo investigou a relação entre o preço da ação, a divulgação de informações corporativas e a probabilidade de negociação com informação privilegiada (PIN) da OGX entre os anos de 2008 e 2014. Para isso, apoiou-se em uma revisão de literatura sobre os reflexos da disclosure e da assimetria de informação sobre o preço da ação, analisando 1.631 dias de negociação por meio de modelos de microestrutura de mercado, correlação e regressão. Nos resultados, verificou-se que o índice de disclosure apresentou relação negativa com o preço e não afetou a assimetria de informação. Quanto à cada tipo de informação, o preço foi positivamente afetado pelas notícias no site da empresa e comunicados ao mercado, e negativamente pelos fatos relevantes e formulários ICVM 358. Já a assimetria de informação foi influenciada positivamente apenas pelas informações financeiras trimestrais. Ainda, observou-se que o mercado precificou a PIN apenas até meados de 2011, quando houve uma quebra estrutural na variável preço.
Citação ABNT:
MARTINS, O. S.; PAULO, E.; GIRÃO, L. F. A. P. Preço da Ação, Disclosure e Assimetria de Informação: o Caso OGX . Revista Universo Contábil, v. 12, n. 1, p. 6-24, 2016.
Citação APA:
Martins, O. S., Paulo, E., & Girão, L. F. A. P. (2016). Preço da Ação, Disclosure e Assimetria de Informação: o Caso OGX . Revista Universo Contábil, 12(1), 6-24.
DOI:
10.4270/ruc.2016101
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/40885/preco-da-acao--disclosure-e-assimetria-de-informacao--o-caso-ogx-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AKERLOF, G. A. The market for ‘lemons’: quality uncertainty and the market mechanism. Quarterly Journal of Economics, v. 84, n. 3, p. 488-500, 1970.

ALBANEZ, T.; VALLE, M. R. Impactos da assimetria de informação na estrutura de capital de empresas abertas. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 20, n. 51, p. 6-27, set./dez. 2009.

ASLAN, H. e outros. The characteristics of informed trading: implications for asset pricing. Journal of Empirical Finance, v. 18, p. 782-801, 2011.

BARBEDO, C. H.; SILVA, E. C.; LEAL, R. P. C. Probabilidade de informação privilegiada no mercado de ações, liquidez intra-diária e níveis de governança corporativa. Revista Brasileira de Economia, Rio de Janeiro, v. 63, n. 1, p. 51-62, jan./mar. 2009.

BOEHMER, E.; GRAMMIG, J.; THEISSEN, E. Estimating the Probability of Informed Trading-does trade misclassification matter? Journal of Financial Markets, v. 10, p. 26-47, 2007.

BOTOSAN, C. A.; PLUMLEE, M. A. A Re-examination of disclosure level and the expected cost of equity capital. Journal of Accounting Research, v.40, n.1, p.21-40, 2002.

BROOKS, C. Introductory econometrics for finance. 2nd ed. Cambridge: Univ. Press, 2008.

BROWN, R. L.; DURBIN, J.; EVANS, J. M. Techniques for Testing the Constancy of Regression Relationships over Time. Journal of the Royal Statistical Society, v. 37, n. 2, p. 149-192, 1975.

CLARKE, J.; SHASTRI, K. On information asymmetry metrics. SSRN Working Paper, Nov. 2000. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2013.

COHEN, L.; MALLOY, C.; POMORSKI, L. Decoding insider information. The Journal of Finance. v. 67, n. 3, p. 1009-1043, 2012.

CVM – COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS. Consultar processos. Disponível em: . Acesso em: 19 jan. 2015.

DEMSETZ, H. The market for corporate control: corporate control, insider trading, and rates return. American Economic Review, v. 76, n. 2, p. 313-316, 1986.

DIERKENS, N. Information asymmetry and equity issues. Journal of Financial and Quantitative Analysis, v. 26, n. 2, p. 181-199, 1991.

DUARTE, J.; YOUNG, L. Why is PIN priced? Journal of Financial Economics, v. 91, n. 2, p. 119-138, 2009.

DYCK, A.; ZINGALES, L. The Media and Asset Prices. Working Paper, Harvard, 2003.

EASLEY, D.; HVIDKJAER, S.; O’HARA, M. Is information risk determinant of asset returns? The Journal of Finance, v. 57, p. 2185-2221, 2002.

EIZIRIK, N. Insider trading e responsabilidade de administrador de companhia aberta. Revista de Direito Mercantil, Industrial, Econômico e Financeiro, São Paulo, v.22, n.50, p. 42-56, abr./jun. 1983.

FAMA, E.F. Efficient capital markets: a review of theory and empirical work. The Journal of Finance, v. 25, n. 2, p. 383-417, 1970.

FU, R.; KRAFT, A.; ZHANG, H. Financial reporting, frequency, information asymmetry, and the cost of equity. Journal of Accounting and Economics, v.54, p.132-149, 2012.

GARCIA, F. G. Verificação da existência de assimetria da informação no processo de emissão de ações no mercado brasileiro. 2002. 44f. Tese (Doutorado em Administração) – Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2002.

GIRÃO, L. F. A. P.; MARTINS, O. S.; PAULO, E. Avaliação de empresas e probabilidade de negociação com informação privilegiada no mercado de capitais. Revista de Administração (FEA-USP), v. 49, p. 462-475, jul./ago./set. 2014.

GIRÃO, L. F. A. P.; MARTINS, O. S.; PAULO, E. Insider trading B-side: relevance, timeliness and position influence. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 17, n. 58, p. 1341-1356, 2015.

GROSSMAN, S. J.; STIGLITZ, J. E. On the impossibility of informationally efficient markets. The American Economic Review, v. 70, n. 3, p. 393-408, 1980.

HEALY, P. M.; PALEPU, K. G. Information asymmetry, corporate disclosure, and the capital markets: a review of the empirical disclosure literature. Journal of Accounting and Economics, v. 31, p. 405-440, 2001.

HEIDLE, H. G.; HUANG, R. D. Information-based trading in dealer and auction markets: an analysis of exchange listings. Journal of Financial and Quantitative Analysis, v. 37, n. 3, p. 391-424, 2002.

JAFFE, J. F. Special information and insider trading. The Journal of Business, v. 47, n. 3, p. 410-428, 1974.

JENSEN, M. C.; MECKLING, W. H. Theory of the firm: managerial behavior, agency costs and ownership structure. Journal of Financial Economics, v. 3, n. 4, p. 305-360, 1976.

LANZANA, A. P.; SILVEIRA, A. D. M.; FAMÁ, R. Existe relação entre disclosure e governança corporativa no Brasil? IN: ENCONTRO DA ANPAD, 30., Salvador/BA. Anais... Salvador: 2006.

LEE, C. M. C.; READY, M. J. Inferring trade direction from intraday data. The Journal of Finance, v. 46, n. 2, p. 733-746, 1991.

MARTINS, O. S.; PAULO, E.; ALBUQUERQUE, P. H. Negociação com informação privilegiada e retorno das ações na BM&FBOVESPA. RAE – Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 53, n. 4, p. 350-362, jul./ago. 2013.

MARTINS, O. S.; PAULO, E. A probabilidade de negociação com informação privilegiada no mercado acionário brasileiro. Revista Brasileira de Finanças, v. 11, n. 2, p. 249-280, jun. 2013.

NAGAR, A. L; BASU, S. R. Weighting socio-economic indicators of human development: a latent variable approach. In: ULLAH et al. (org.). Handbook of applied econometrics and statistical inference. New York: Marcel Dekker, 2002.

PACE, E. S. U.; BASSO, L. F. C.; SILVA, M. A. Indicadores de desempenho como direcionadores de valor. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 7, n. 1, p. 37-65, jan./mar. 2003.

SILVA, E. C. Dois ensaios sobre microestrutura de mercado e probabilidade de informação privilegiada no mercado de ações brasileiro. 209. 71f. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009

YAN, Y.; ZANG, S. An improved estimation method and empirical properties of the probability of informed trading. Journal of Banking & Finance, v. 36, p. 454-467, 2012.