Microfundamentos para a inovação aberta: a efetuação é uma abordagem válida para os gestores da inovação aberta? Outros Idiomas

ID:
41079
Periódico:
Resumo:
Desde que Chesbrough (2003) cunhou pela primeira vez o conceito de inovação aberta, tem atraído atenção crescente do meio acadêmico e profissional. A pesquisa acadêmica tem espalhado seu foco em temas como gestão da inovação, estratégia de negócios, comportamento organizacional e políticas públicas, enquanto os profissionais têm explorado o conceito de inovação aberta de formas diversas. Levando isso em conta, o artigo propõe microfundamentos para a inovação aberta, relacionando-a à teoria da efetivação, originalmente desenvolvida no campo do empreendedorismo. Nosso objetivo é mostrar que a teoria da efetivação pode proporcionar um forte contributo para a construção, no nível micro, de uma base conceitual consistente para as práticas de inovação aberta.
Citação ABNT:
RONDANI, B.; BERNARDES, R.; ANDREASSI, T. Microfoundations for open innovation: is effectuation a valid approach for open innovation managers?. Gestão & Conexões, v. 2, n. 1, p. 94-115, 2013.
Citação APA:
Rondani, B., Bernardes, R., & Andreassi, T. (2013). Microfoundations for open innovation: is effectuation a valid approach for open innovation managers?. Gestão & Conexões, 2(1), 94-115.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/41079/microfundamentos-para-a-inovacao-aberta--a-efetuacao-e-uma-abordagem-valida-para-os-gestores-da-inovacao-aberta-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Inglês