Práticas de Gestão em Cooperativas de Produção Agropecuária do Norte do Estado do Rio Grande do Sul Outros Idiomas

ID:
41578
Resumo:
O objetivo desta pesquisa consiste em evidenciar a utilização de práticas de gestão em cooperativas de produção agropecuária da região norte do Estado do Rio Grande do Sul, pois essas organizações também demandam de seus gestores o conhecimento e a utilização de instrumentos de gestão que possibilitem mantê-las competitivas e ainda prover vantagens e benefícios aos associados. Para tanto, foi aplicado um questionário em 20 cooperativas dessa região, explorando os aspectos relativos às práticas de gestão adotadas seguidos de análise. Como resultado do estudo, percebeu-se que 10% das cooperativas pesquisadas possuem planejamento estratégico, conhecem a participação de mercado e já formalizaram o organograma do empreendimento, porém, 30% não adotam nenhuma dessas práticas. Em relação à administração financeira, 20% elaboram fluxo de caixa e também possuem planejamento e controle orçamentário. Observou-se também que 15% das cooperativas pesquisadas desenvolvem estratégias de precificação e comercialização de produtos, e também acompanham o preço dos concorrentes, definem o preço com base na concorrência e participam de redes de cooperação para comercializar os seus produtos.
Citação ABNT:
IMLAU, J. M.; CHAVES, L. C.; GASPARETTO, V.; LUNKES, R. J.; SCHNORRENBERGER, D. Práticas de Gestão em Cooperativas de Produção Agropecuária do Norte do Estado do Rio Grande do Sul . Revista Organizações em Contexto, v. 12, n. 23, p. 43-67, 2016.
Citação APA:
Imlau, J. M., Chaves, L. C., Gasparetto, V., Lunkes, R. J., & Schnorrenberger, D. (2016). Práticas de Gestão em Cooperativas de Produção Agropecuária do Norte do Estado do Rio Grande do Sul . Revista Organizações em Contexto, 12(23), 43-67.
DOI:
http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v12n23p43-67
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/41578/praticas-de-gestao-em-cooperativas-de-producao-agropecuaria-do-norte-do-estado-do-rio-grande-do-sul-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BEAL, R. M. Competing effectively: environmental scanning, competitive strategy, and organizational performance in small manufacturing firms. Journal of Small Business Management, v. 38, n. 1, p. 27-47, 2000.

BENATO, J. V. A. O ABC do cooperativismo. São Paulo: ICA-OCESP, 1994.

BIALOSKORSKI, S. N. Cooperativas: economia, crescimento e estrutura de capital. Piracicaba, 1998. Tese (Doutorado) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, USP.

BRAGA, D. P. G.; BRAGA, A. X. V; SOUZA, Marcos Antonio. Gestão de custos, preços e resultados: um estudo em indústrias conserveiras do Rio Grande do Sul. Contabilidade, gestão e governança, v. 13, n. 2, 2010.

BRITTO, J. N. de P. Características estruturais e modus-operandi das redes de firmas em condições de diversidade tecnológica. Tese de Doutorado. UFRJ: Rio de Janeiro, 2009.

BUTTENBENDER, P. L. Estratégia, inovação e aprendizagem organizacional: cooperação e gestão de competências para o desenvolvimento. Ijuí: UNIJUI, 2008.

DAVIS, J. A.; MARINO, L. D.; AARON, J. R.; TOLBERT, C. L. An examination of entrepreneurial orientation, environmental scanning, and market strategies of nonprofit and for-profit nursing home administrators. Nonprofit and Voluntary Sector Quarterly, v. 40, n. 1, p. 197-211, 2011.

DE LIMA, F. B.; LAGIOIA, U. C. T.; SANTOS, S. G. O. de A.; DE LIMA, R. Q.; VASCONCELOS, A. L. F. de S. Um estudo sobre a utilização da contabilidade gerencial pelas empresas pertencentes ao pólo de confecção do agreste pernambucano. Registro Contábil, v. 1, n. 1, 2010.

DIXON, R.; SMITH, D. R. Strategic management accounting. Omega, v. 21, n. 6, p. 605-618, 1993.

EMATER. Redes de organizações para a comercialização de produtos e serviços da agricultura familiar. Asbraer 2011. Disponível em:. Acesso em 28 nov. 2013.

FARIAS, Carlos Alberto. 2003. Merkatus. Preço: Como você pode resolver este problema? Disponível em: . Acesso em 28 nov. 2013.

FERRARI, A. B.; DIEHL, C. A.; SOUZA, M. A. Informações Contábeis-gerenciais Utilizadas por Cooperativas da Serra Gaúcha e da Região Metropolitana de Porto Alegre como Apoio ao Controle Estratégico. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 5, n. 11, 2011.

FIGUEIREDO, S.; CAGGIANO, P.C. Controladoria: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

FREZATTI, Fabio. Orçamento empresarial: planejamento e controle gerencial. 2. ed. São Paulo (SP): Atlas, 2000.

GARRISON, R. H ; NOREEN, E. W; BREWER, P. C. Contabilidade gerencial. Rio de Janeiro (RJ): LTC, 2007.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GROPPELLI, A. A.; NIKBAKHT, Ehsan. Administração financeira. 2. ed. São Paulo (SP): Saraiva, 2002.

HAMPTON, David R. Administração: comportamento organizacional. São Paulo (SP): McGraw-Hill Medical, c1991.

HONG, Yuh Ching. Contabilidade gerencial: novas práticas contábeis para gestão de negócios. São Paulo: Prentice-Hall, 2006.

IRION, J. E. Cooperativismo e economia social: a prática do cooperativismo como alternativa para uma economia centrada no trabalho e no homem. São Paulo: Ed. STS, 1997.

JIAMBALVO, James. Contabilidade Gerencial. 3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2009.

LACOMBE, Francisco; HEILBORN, Gilberto. Administração: princípios e tendências. 2.ed. rev. e ampl. São Paulo (SP): Saraiva, 2008.

LIMBERGER, E. Cooperativismo – Empresa Socializante. Porto Alegre: Imprensa Livre, 1996.

MACHADO, S. M. C. F. Gestão de Cooperativa: um estudo de caso. Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social – Faculdade de Ciências Contábeis. Fundação Visconde de Cairu. 2006. Disponível em . Acesso em: 11 out. 2013.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MÁRIO, P. C; ALVES, A. D. F; CARMO, J. P. S.; SILVA, A.P.B; JUPETIPE, F.K.N. A utilização de Instrumentos de Contabilidade Gerencial em entidades do Terceiro Setor. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 8, n. 1, 2013.

MOREIRA, V. R.; SILVA, C. L. D.; MORAES, E. A. D.; PROTIL, R. M. O cooperativismo ea gestão dos riscos de mercado: análise da fronteira de eficiência do agronegócio paranaense. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 50, n. 1, p. 51-68, 2012.

MORGAN, L.; BENEDICTO, G.C. Um Estudo sobre a Controladoria em Organizações do Terceiro Setor na Região Metropolitana de Campinas. Revista de Administração da UNIMEP, v. 7, n. 3, 2009.

OLIVEIRA, D.P.R. Sistemas, organizações e métodos: uma abordagem gerencial. 18ª ed. São Paulo: Atlas, 2009.

PADOVEZE, C. L. Contabilidade gerencial: um enfoque em sistema de informação contábil. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

PEIEX – PROJETO EXTENSÃO INDUSTRIAL EXPORTADORA. O que é o PEIEX? Disponível em: . Acesso em: 20 mai. 2014.

RAUPP, F. M.; MARTINS, S. J.; BEUREN, I. M. Utilização de controles de gestão nas maiores indústrias catarinenses. Revista Contabilidade & Finanças, v. 17, n. 40, p. 120-132, 2006.

REIS, A.M; TEIXEIRA, A.J.C. Utilização de Artefatos de Contabilidade Gerencial nas Sociedades Cooperativas Agropecuárias de Minas Gerais e sua Relação com Porte e Desempenho Financeiro. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), v. 7, n. 4, 2013.

RICHARDSON, R.J. Pesquisa social:métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

SERTEK, Paulo; GUINDANI, Roberto Ari; MARTINS, Tomás Sparano. Administração e planejamento estratégico. Curitiba: IBPEX, 2007. 2009.

SIMMONDS, K. Strategic management accounting. Management Accounting.Alwil, 26-29, 1981.

SOUZA, U. R. D.; BRAGA, M. J.; FERREIRA, M. A. M. Fatores associados à eficiência técnica e de escala das cooperativas agropecuárias paranaenses. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 49, n. 3, p. 573-597, 2011.

ULIANA, C.; GIMENES, R. M. T. Avaliando o Desempenho Econômico de Cooperativas Agropecuárias a partir do EVA – ECONOMIC VALUE ADDED: Resultados de uma investigação empírica. Anais. 18° Congresso Brasileiro de Contabilidade. Gramado-RS. 2008. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 201