Reciclagem de Resíduos de Construção e Demolição (RCD): um Estudo de Caso na Usina de Beneficiamento de Resíduos de Petrolina-PE Outros Idiomas

ID:
41626
Resumo:
O desenvolvimento da construção civil no Brasil tem aumentado expressivamente a quantidade de Resíduos de Construção e Demolição (RCDs). A partir da Resolução No. 307/2002 do Conama e da Política Nacional de Resíduos Sólidos, o poder público municipal passou a ser responsável por estabelecer ações para o gerenciamento dos RCDs ou “entulhos” de obra e as empresas de construção civil para destinação final correta daqueles resíduos, visando diminuir os impactos ambientais, sociais e financeiros causados pela sua deposição irregular. Diante deste cenário, a prefeitura de Petrolina/PE, em parceria com a CTRP, implantou, em 2008, uma Usina de Beneficiamento de Entulho (UBE). Com o intuito de identificar as potencialidades e fragilidades do processo de reciclagem de RCDs e propor melhorias para seu gerenciamento, foi realizado um estudo de caso, com acompanhamento do processo, pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas com responsáveis pela UBE. As principais fragilidades estão na falta de segregação na fonte, na ineficiência da coleta e transporte dos resíduos, na presença de contaminantes, nos impactos ambientais da operação de reciclagem e na baixa resistência dos blocos produzidos. Como potencialidade, destaca-se a capacidade de processamento da UBE, a qual pode processar até 2600 toneladas de RCD por mês. Entre as proposições de melhorias, sugere-se o desenvolvimento de programas para segregação na fonte e para coleta de RCDs, além de parceria com a Universidade para melhoria da qualidade do produto.
Citação ABNT:
FREITA, C. L. V.; SANTOS, V. M. L. D.; SANTOS JÚNIOR, J. E. D.; SILVA, T. C. C. Reciclagem de Resíduos de Construção e Demolição (RCD): um Estudo de Caso na Usina de Beneficiamento de Resíduos de Petrolina-PE. Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 10, n. 1, p. 93-109, 2016.
Citação APA:
Freita, C. L. V., Santos, V. M. L. D., Santos Júnior, J. E. D., & Silva, T. C. C. (2016). Reciclagem de Resíduos de Construção e Demolição (RCD): um Estudo de Caso na Usina de Beneficiamento de Resíduos de Petrolina-PE. Revista de Gestão Social e Ambiental, 10(1), 93-109.
DOI:
http://dx.doi.org/10.5773/rgsa.v10i1.1121
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/41626/reciclagem-de-residuos-de-construcao-e-demolicao--rcd---um-estudo-de-caso-na-usina-de-beneficiamento-de-residuos-de-petrolina-pe/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Marconi, M. de A.; Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas.

Rocha, E G de A. (2006). Os resíduos sólidos de construção e demolição gerenciamento, quantificação e caracterização: Um estudo de caso no Distrito Federal. Dissertação de Mestrado - Departamento de Engenharia Civil - Universidade de Brasília. Brasília.

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). NBR 15114. (2004). Resíduos sólidos da construção civil - Áreas de reciclagem - Diretrizes para projeto, implantação e operação. Rio de Janeiro.

Azevedo, G. O. D. de; Kiperstok, A.; Moraes, L. R. S. (2006). Resíduos da construção civil em Salvador: os caminhos para uma gestão sustentável. Engenharia Sanitária Ambiental, 11(1), 65-75.

Baptista Júnior, J. V.; Romanel, C. (2013). Sustentabilidade na indústria da construção: uma logística para reciclagem dos resíduos de pequenas obras. URBE, Revista Brasileira de Gestão Urbana. 5(2), 27-37.

Brasileiro, L. L.; Matos, J. M. E. (2015). Revisão bibliográfica: reutilização de resíduos da construção e demolição na indústria da construção civil. Cerâmica. 61(358), 178-189.

Cassa, J. C.; Carneiro, A. P.; Brum, I. A. S. (2001). Reciclagem de entulho para produção de materiais de construção: projeto entulho bom. Salvador: Edufba. Caixa Econômica Federal.

Conselho Nacional de Meio Ambiente-Conama. (2002). Resolução n. 307, 05 de julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Recuperado em: 20 de maio de 2015, de: .

Conselho Nacional de Meio Ambiente-Conama. (2004). Resolução n. 348, 16 de agosto de 2004. Altera a Resolução Conama n. 307, de 5 de julho de 2002, incluindo o amianto na classe de resíduos perigosos. Diário Oficial da União, Brasília, DF, Recuperado em: 19 de maio de 2015, de: .

Conselho Nacional de Meio Ambiente-Conama. (2011). Resolução 431 de 24 de maio de 2011. Altera o art. 3o da Resolução n. 307, de 5 de julho de 2002. Diário Oficial da União, Brasília, DF, Recuperado em: 21 de maio de 2015, de: .

Ctrp. (2008). Ata de vistoria da usina de beneficiamento de entulhos. Petrolina: CTRP.

Ctrp. (2013). Relatório anual de renovação de licença de operação da usina de beneficiamento de entulhos. Petrolina: Ctrp.

Dahlbo, H.; Bachér, J.; Lähtinen K.; Jouttijärvi, T.; Suoheimo, P.; Mattila, T.; Sironen, S.; Myllymaa, T.; Saramäki, K. (2015). Construction and demolition waste management - a holistic evaluation of environmental performance. Journal of Cleaner Production, v. 107, p. 333-341.

Fabro, F.; Gava, G. P.; Grigoli, H. B.; Meneghetti, L. C. (2011). Influence of fine aggregates particle shape in the concrete properties. Revista Ibracon de estruturas e materiais. 4(2), 191-212.

Farias, A. B. de; Bahia, N. C.; Sukar, S. F.; Gusmão, A. D. (2011). Diagnóstico da gestão de resíduos da construção civil no município de Olinda/PE. In: Encontro Nacional, 6 e Encontro Latino-americano sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis, 4. 7-9 set.

Ganga, G. M. D. (2012). Trabalho de conclusão de curso (TCC). na engenharia de produção: um guia prático de conteúdo e forma. São Paulo: Atlas.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas.

Guimarães T.; Trimer, R.; Cairo, S.; Françozo, M.; Babaoka, T.; Coachman, E.; Garcia, L. (2011). Gestão ambiental. 4 ed. São Paulo: Editora Pearson.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-Ibge. (2014). Censo 2014. Rio de Janeiro: IBGE. Recuperado em 12 agosto, 2015, de ftp://ftp.ibge.gov.br/Estimativas_de_Populacao/Estimativas_2014/estimativa_dou_2014.pdf.

John, V. M. (2000). Reciclagem de resíduos na construção civil: contribuição para metodologia de pesquisa e desenvolvimento. Tese (Livre Docência). - Escola Politécnica - Universidade de São Paulo. São Paulo.

Kerlinger, F. (1980). Metodologia da Pesquisa em Ciências Sociais. São Paulo: EPU/Edusp.

Marques Neto, J da C.; Schalch, V. (2010). Gestão dos resíduos de construção e demolição: Estudo da situação no município de São Carlos-SP. Revista Engenharia Civil, (36), 41-50.

Marques, O. B.; Oliveira, M. R. S.; Picanço, A. P. (2013). Resíduos da construção civil: geração e alternativas para reciclagem em um canteiro de obras de pequeno porte. Revista de Engenharia Ambiental. Espírito Santo do Pinhal, 10(2), 143-156.

Moraes, G. M. D. (2006). Diagnóstico da deposição clandestina de resíduos da construção e demolição em bairros periféricos de Uberlândia: subsídio para uma gestão sustentável. Dissertação de Mestrado, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brasil.

Moraes, R de O.; Pereira, P. M. S. (2012). O Programa de manejo diferenciado e reciclagem de resíduos da Prefeitura de Belo Horizonte. Revista de Gestão Social e Ambiental, 6(1), 117-126.

Nd. Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. (2010). Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1988; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF.

Nunes, S. M.; Santos, V. M. L. dos; Santos Júnior, J. E. dos. (2015). Avaliação dos resíduos de construção em um canteiro de obra em Petrolina- PE. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, 19(2), 382-391.

Oliveira, J. C. de. (2007). Indicadores de potencialidades e desempenho de agregados reciclados de resíduos sólidos da construção civil em pavimentos flexíveis. Tese de Doutorado - Departamento de Ciências - Universidade de Brasília, Brasília.

Paschoalin Filho, J. A.; Graudenz, G. S. (2012). Destinação irregular de resíduos de construção e demolição (RCD) e seus impactos na saúde coletiva. Revista de Gestão Social e Ambiental. 6(1), 127-142.

Paula, P. R. F. de. (2010). Utilização dos resíduos da construção civil na produção de argamassa sem função estrutural. Dissertação de Mestrado. Departamento de Engenharia Civil - Universidade Católica de Pernambuco, Recife.

Piozevan Júnior, G. T. A. (2007). Avaliação dos resíduos da construção civil(RCC). gerados no município de Santa Maria. Dissertação de Mestrado, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil.

Prado Filho, J. F. DO; Sobreira, F. G. (2007). Desempenho operacional e ambiental de unidades de reciclagem e disposição final de resíduos sólidos domésticos financiadas pelo ICMS Ecológico de Minas Gerais. Engenharia Sanitária Ambiental. 12(1), 52-61.

Roesch, S. M. A. (1999). Projetos de estágio e de pesquisa em Administração. 2. ed. São Paulo: Atlas.

Santos, A. N. (2008). Diagnóstico da situação dos resíduos de construção e demolição(rcd). no município de Petrolina(PE). Dissertação de Mestrado, Departamento de Engenharia - Universidade Católica de Pernambuco, Recife.

Silva, R. B. da; Ângulo, S. C.; Pileggi, R. G.; Silva, C. O. (2015). Concretos secos produzidos com agregados reciclados de RCD separados por densidade. Ambiente Construído. 15(4), 335-349.

Tessaro, A. B.; Sá, J. S. de; Scremin, L. B. (2012). Quantificação e classificação dos resíduos procedentes da construção civil e demolição no município de Pelotas, RS. Ambiente Construído, 12(2), 121-130.

Vedroni, J. W. (2007). Estudo de caso sobre a utilização do RCD(resíduos de construção e demolição) em reaterros de valas nos pavimentos de Piracicaba SP. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Engenharia Agrícola - Universidade Estadual de Campinas, Brasil.

Wu, H.; Wang, J.; Duan, H.; Ouyang L.; Huang W.; Zuo J. (2016). An innovative approach to managing demolition waste via GIS(geographic information system): a case study in Shenzhen city, China. Journal of Cleaner Production, v. 112, p. 494-503.

Yin, R. K. (2015). Estudo de caso: planejamento e métodos. 5 ed. Porto Alegre: Bookman.

Zanta, V. M. (2008). Coordenação Geral Núcleo Regional do Nordeste-(Nurene). Resíduos sólidos: gerenciamento e reciclagem de resíduo de construção e demolição - RCDs. [Guia Do Profissional em Treinamento Níveis 1 E 2]. Salvador: ReCESA.