Gestão Hospitalar: um Estudo Aplicado ao Hospital Vida e Saúde Outros Idiomas

ID:
41867
Resumo:
Este estudo analisou o processo histórico e a importância que a Hospital Vida e Saúde dispensa para a satisfação dos clientes contribuindo para as boas práticas de gestão. A metodologia utilizada foi à realização de pesquisa descritiva, desenvolvida pelo método qualitativo, com entrevista semiestruturada realizada à direção do hospital, bem como pesquisa em manuais, livros, Site do hospital, artigos e revistas científicas. Como resultados pode-se constatar que a organização em estudo encontra-se bem estruturada, buscando cumprir sua missão de atuar na área da saúde, através da assistência hospitalar integral visando à satisfação do cliente e, atingir sua visão de ser um hospital humanizado e de alta resolutividade. Para isso a entidade pretende continuar desenvolvendo projetos que resultem na melhoria dos serviços, satisfação dos clientes e colaboradores.
Citação ABNT:
PATIAS, J.; HÖFLER, C. E.; WAMBIER, B. G. Gestão Hospitalar: um Estudo Aplicado ao Hospital Vida e Saúde . Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, v. 13, n. 1, p. 16-24, 2016.
Citação APA:
Patias, J., Höfler, C. E., & Wambier, B. G. (2016). Gestão Hospitalar: um Estudo Aplicado ao Hospital Vida e Saúde . Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, 13(1), 16-24.
DOI:
10.21450/rahis.v13i1.2859
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/41867/gestao-hospitalar--um-estudo-aplicado-ao-hospital-vida-e-saude--/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BORBA, Gustavo Severo de; KLIEMANN NETO, Francisco José. Gestão Hospitalar: identificação das práticas de aprendizagem existentes em hospitais. Saude Soc., vol. 17, n. 1, pp. 44-60, 2008. Disponível em: . Acesso em: 30 out 2013. 2008.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração: Uma visão abrangente da moderna administração das organizações. 7. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Estatísticas de saúde: assistência médico-sanitária - AMS, 1999. Departamento de População e Indicadores Sociais. Rio de Janeiro: IBGE; 2000.

LUZ, Ricardo. Clima Organizacional. Rio de Janeiro: Qualtymark, 1995.

MAXIMINIANO, Antônio César. Introdução a Administração. SP: Atlas, 1995.

MAXIMINIANO, Antônio César. Teoria Geral da Administração. SP: Atlas, 2007.

MONTANA, Patrick J. & CHARNOV, Bruce H. Administração. São Paulo: Saraiva, 2010.

PEREIRA, Marta Cristiane Alves; FAVERO, Neide. A motivação no trabalho da equipe de enfermagem. Rev Latino-Am Enfermagem, vol. 9, n. 4, pp. 712. 2001. Disponível em: Acesso em: 16 out 2013. 2001.

PERIOTO, Patricia; CAREZIA, Veridiane Oliveira. Estrutura organizacionalinfluência da estrutura na eficiência da organização. Disponível em: . Acesso em: 10 nov2013.

SIGOLLO, Walter. Liderança Feminina. Entrevista 08-03-2013. Disponível em: . Acesso em 08 out 2013.

SILVA, André Marcel Mariano da; BRANDALIZE Adalberto. A Moderna Administração Hospitalar. Disponível em: . Acesso em: 23 out2013.

SILVA, Reinaldo O. da. Teorias da Administração. São Paulo: Pioneira, 2001.