Alfabetização Alimentar no Guia Alimentar para a População Brasileira Outros Idiomas

ID:
41872
Resumo:
O objetivo deste trabalho é realizar uma análise da segunda edição do Guia Alimentar para a População Brasileira sob a perspectiva do modelo de componentes de alfabetização alimentar proposto por Vidgen e Gallegos (2014). Trata-se de uma pesquisa descritiva, onde é realizada uma análise de tal documento, guiando-se por técnicas de análise de conteúdo e onde foram trabalhadas as seguintes categorias temáticas: Planejar e gerir, Selecionar, Preparar e Comer. É possível identificar os componentes de alfabetização alimentar propostos por Vidgen e Gallegos (2014), com algumas lacunas no que tange às questões práticas do Guia. Sugere-se que sejam feitas complementações às próximas edições, como, por exemplo, a inserção de receitas básicas, orientações específicas para conservação e armazenamento dos alimentos, utilização de equipamentos e utensílios e orientações para o balanço de recursos financeiros e o tempo de preparação. São sugestões para pesquisas futuras a verificação da adoção desse Guia na elaboração de políticas e ações voltadas ao tema da segurança alimentar, tanto em nível local e regional, quanto em nível nacional.
Citação ABNT:
WINCKLER, N. C.; FRANZONI, G. B. Alfabetização Alimentar no Guia Alimentar para a População Brasileira . Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, v. 13, n. 1, p. 85-95, 2016.
Citação APA:
Winckler, N. C., & Franzoni, G. B. (2016). Alfabetização Alimentar no Guia Alimentar para a População Brasileira . Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, 13(1), 85-95.
DOI:
10.21450/rahis.v13i1.2961
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/41872/alfabetizacao-alimentar-no-guia-alimentar-para-a-populacao-brasileira-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ATHUKORALA, P. C.; SEN, K. Processed food exports from developing countries: patterns and determinants. Food Policy, n. 1, v. 23, 1998.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 1ª ed. São Paulo: Edições 70, 2011.

BENN, Jette. Food, nutrition or cooking literacy – a review of concepts and competencies regarding food education. International Journal of Home Economics, v. 7, n. 1, 2014.

BRASIL. Decreto nº 7.272, de 25 de agosto de 2010. Disponível em . Acesso em 12 dez. 2014. 2010.

BRASIL. Lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006. Disponível em . Acesso em 12 dez. 2014. 2006.

CAISAN - Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional. Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional: 2012/2015. Brasília, DF: CAISAN, 2011.

CONSEA – Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. Construção do Sistema e da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional: a experiência brasileira. Brasília, DF: FAO/IICA, 2009.

FAO – FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION. Alfabetização Midiática e Informacional (MIL). 2014. Disponível em . Acesso em 12 dez. 2014.

FAO – FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION. Food Wastage Footprint – Impacts on natural resources. Summary Report. 61 p. FAO, 2013.

FAO – FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION. The state of food insecurity in the World 2013. 2013. Disponível em . Acesso em 20 abr. 2013.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LANG, Tim. Crisis?What crisis?The normality of the current food crisis. Journal of Agrarian Change, v. 10, n. 1, jan/2010, p. 87-97.

MAGALHÃES, Rosana. Avaliação de políticas e iniciativas públicas de segurança alimentar e nutricional: dilemas e perspectivas metodológicas. Ciência & Saúde Coletiva, v. 19, n. 5, 2014.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Guia Alimentar para a População Brasileira (versão para consulta pública). Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

PENDERGAST, Donna; DEWHURST, Yvonne. Home Economics and food literacy: An international investigation. International Journal of Home Economics, v. 5, n. 2, 2012.

SORENSEN, Kristine et al. Health literacy and public health: a systematic review and integration of definition and models. BioMed Central Public Health, n. 12, v. 80, 2012.

UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Second Global report on adult learning and education: rethinking literacy. 2013. Disponível em . Acesso em 09 dez. 2013.

VIDGEN, Helena Anna; GALLEGOS, Danielle. Defining Food Literacy and its components. Appetite, n. 76, 2014.

WHO – WORLD HEALTH ORGANIZATION. Obesity and overweight: fact sheet No 311. (updated January 2015). Disponível em: . Acesso em 3 mai. 2015.