Estágios Evolutivos da Contabilidade Gerencial que Preponderam em um Polo Industrial Moveleiro Outros Idiomas

ID:
42112
Resumo:
O International Federations of Accountants (IFAC) identificou quatro estágios evolutivos da contabilidade gerencial. Este estudo objetiva investigar os estágios evolutivos da contabilidade gerencial que preponderam em um polo industrial moveleiro. Para tal realizou-se pesquisa descritiva a partir de uma survey, tendo como população as 73 indústrias associadas ao Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Bento do Sul, SC, Brasil, e uma amostra nãoprobabilística de 15 indústrias. Os resultados da pesquisa mostram que os artefatos da contabilidade gerencial com mais de 60% de indicações como projeto implantado são: simulações de rentabilidade dos produtos; custo dos produtos pelo custeio por absorção; acompanhamento da evolução dos indicadores não financeiros; índices econômico-financeiros como Return of Investment (ROI); Retorno sobre o Patrimônio Líquido (RSPL) e índices de liquidez; redução do custo na fase de projeto de novo produto; planilhas de custos logísticos. Os artefatos que tiveram percentuais acima de 60% de indicações como projetos não implantados são: Custeio Baseado em Atividades (ABC); geração de relatórios por Business Inteligence (BI); Balanced Scorecard (BSC); Economic Value Added (EVA); preço de transferência e Just-in-time (JIT).
Citação ABNT:
MACOHON, E. R.; BEUREN, I. M. Estágios Evolutivos da Contabilidade Gerencial que Preponderam em um Polo Industrial Moveleiro . Revista Catarinense da Ciência Contábil, v. 15, n. 45, p. 9-22, 2016.
Citação APA:
Macohon, E. R., & Beuren, I. M. (2016). Estágios Evolutivos da Contabilidade Gerencial que Preponderam em um Polo Industrial Moveleiro . Revista Catarinense da Ciência Contábil, 15(45), 9-22.
DOI:
http://dx.doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v15n45p9-22
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/42112/estagios-evolutivos-da-contabilidade-gerencial-que-preponderam-em-um-polo-industrial-moveleiro-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ASK, U.; AX, C. Trends in the development of product costing practices and techniques: a survey of Swedish manufacturing industry. In: ANNUAL CONGRESS OF THE EUROPEAN ACCOUNTING ASSOCIATION, 15.; 1992, Madri.

BAINES, A.; LANGFIELD, S. K. Antecedents to management accounting change: a structural equation approach. Accounting, Organizations and Society, v. 28, n. 7/8, p. 675-698, 2003.

BRIGTH, J.; DAVIES, R. E.; DOWNES, C. A.; SWEETING, R. C. The deployment of costing techniques and practices: a UK study. Management Accounting, v. 3, p. 201-212, 1992.

BURNS, J.; SCAPENS, R.W. Conceptualizing management accounting change: an institutional framework. Management Accounting Research, v. 11, n. 1, p. 3-25, 2000.

BURNS, J. The dynamics of accounting change: inter-play between new practices, routines, institutions, power and politics. Accounting, Auditing & Accountability Journal, v. 13, n. 5, p. 566-596, 2000.

CHOUDHURY, N. In search of relevance in management accounting research. Accounting and Business Research, p. 21-26, 1986.

COHEN, J. R.; PAQUETTE, L. Management accounting practices: perceptions of controllers. Journal of Cost Management, p. 73-83, 1991.

COVALESKI, M. A.; DIRSMITH, M. W.; SAMUEL, S. Managerial accounting research: the contributions of organizational and sociological theories. Journal of Management Accounting Research, 1996.

DENK, A. Perfil Socioeconômico: São Bento do Sul. Joinville: Univille, 2007.

DRURY, C.; TAYLEST, M. Issues arising from surveys of management accounting practices. Management Accounting Research, v. 6, n. 3, p. 267-280, 1995.

EDWARDS, K. A.; EMMANUEL, C.R. Diverging views on the boundaries of management accounting. Management Accounting Research, v. 1, n. 1, p. 551-563, 1990.

EMORE, J. R.; NESS, J.A. The slow pace of meaningful changes in cost systems. Journal of Cost Management, p. 36-45, 1991.

EVANS, H.; ASHWORTH, G. Survey conclusion: make up to the competition. Management Accounting (UK), v. 74, p. 16-18, 1996.

GRANLUND, M.; LUKKA, K. It's a small world of management accounting practices. Journal of Management Accounting Research, n. 10, p. 153-179, 1998.

GRANLUND, M. Towards explaining stability in and around management accounting systems. Management Accounting Research, v. 12, n. 2, p. 141-146, 2001.

GREEN, F. B.; AMENKHIENAN, F. E. Accounting inovations: a cross sectional survey of manufacturing firms. Journal of Cost Management, p. 58-64, 1992

GUERREIRO, R.; FREZATTI, F.; CASADO, T. Em busca do entendimento da formação dos hábitos, rotinas e instituições da contabilidade gerencial. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE DA FEA/USP, 4.; 2004, São Paulo. Anais... São Paulo: FEA/USP, 2004.

GUERREIRO, R.; PEREIRA, C. A.; LOPES, A. B. Uma contribuição ao entendimento da estabilidade e da mudança da Contabilidade Gerencial sob a ótica da Teoria Institucional. In: EnANPAD, 2004, Curitiba/PR. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2004.

GUERREIRO, R.; PEREIRA, C. A.; REZENDE, A. J. Em busca do entendimento da formação dos hábitos e das rotinas da contabilidade gerencial: um estudo de caso. In: EnANPAD, 2005, Brasília/DF. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2005.

INTERNATIONAL FEDERATIONS OF ACCOUNTANTS (IFAC). International management accounting practice (IMAP), 1998.

JOHNSON, H. T.; KAPLAN, R. S. Relevance lost-the rise and fall of management accounting. Boston: Harvard Business School Press, 1987.

LIBBY, T.; WATERHOUSE, J.H. Predicting change in management accounting system. Journal of Management Accounting Research, v. 8, p. 137-150, 1996.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MARTINS, G. A. Manual para elaboração de monografias e dissertações. São Paulo: Atlas, 1994.

OLIVEIRA, S. L. Tratado de metodologia científica. São Paulo: Pioneira, 2001.

OTLEY, D. T. Developments in management accounting research. Management Accounting, p. 37-42, 1985.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

SCAPENS, R. W. Never mind the gap: towards an institutional perspective on management accounting practice. Management Accounting Research, v. 5, n. 3/4, p. 301-321, 1994.

SCAPENS, R. W.; ROBERTS, J. Accounting and control: a case study of resistance to accounting change. Management Accounting Research, v. 4, n. 1, p. 1-32, 1993.

SOUTES, D. O. Uma investigação do uso de artefatos da contabilidade gerencial por empresas brasileiras. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2006.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.