Análise dos Direcionadores de Valor em empresas brasileiras Outros Idiomas

ID:
4249
Resumo:
Estratégias competitivas são formuladas e implementadas com a finalidade de gerar valor para o acionista. Este estudo pretende identificar e analisar os direcionadores de valor mais representativos para o conjunto de empresas incluídas na amostra e por setor – indústria, serviços e comércio. Utiliza-se a abordagem da geração de valor para o acionista (SVA) para a identificação dos potenciais direcionadores de valor de uma empresa. Na revisão da literatura, são descritas diferentes medidas de retorno que pretendem capturar a criação de valor e suas limitações; além disso, faz-se um detalhamento da abordagem SVA. Testa-se a hipótese de que não existem diferenças estatisticamente significantes entre os principais direcionadores de valor de empresas que atuam em diferentes setores. Foram coletados dados referentes ao valor da empresa e aos direcionadores de valor no período de 2001-2005. Emprega-se a técnica estatística de dados em painel. Os resultados demonstram que os direcionadores de valor mais relevantes para o conjunto das empresas foram “lucro operacional” e “investimento em capital de giro”. Além disso, existem diferenças entre empresas que atuam em diferentes setores – indústria e serviços – quanto aos principais direcionadores de valor. Portanto, não foi possível confirmar a hipótese de pesquisa. A principal implicação desses resultados é que empresas que atuam em diferentes setores enfatizam diferentes direcionadores de valor com a finalidade de gerar valor para o acionista. Este estudo contribui para a pesquisa em contabilidade sobre o tema ao identificar os principais direcionadores de valor por setor de atividades e, ainda, as diferenças quanto aos direcionadores de valor mais representativos entre os setores de atividade, sob uma abordagem quantitativa.
Citação ABNT:
AGUIAR, A. B.; PIMENTEL, R. C.; REZENDE, A. J.; CORRAR, L. J. Análise dos Direcionadores de Valor em empresas brasileiras. Revista de Administração Mackenzie, v. 12, n. 2, art. 24, p. 90-112, 2011.
Citação APA:
Aguiar, A. B., Pimentel, R. C., Rezende, A. J., & Corrar, L. J. (2011). Análise dos Direcionadores de Valor em empresas brasileiras. Revista de Administração Mackenzie, 12(2), 90-112.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/4249/analise-dos-direcionadores-de-valor-em-empresas-brasileiras/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ARANTES, N. Sistemas de gestão empresarial : conceitos permanentes na administração de empresas válidas. São Paulo: Atlas, 1998.

ARAÚJO, A. M. P.; ASSAF NETO, A. A contabilidade tradicional e a contabilidade baseada em valor. Revista de Contabilidade & Finanças , n. 33, p. 16-32, 2003.

ASSAF NETO, A. Contribuição ao estudo da avaliação de empresas no Brasil – uma aplicação prática . 2003. Tese (Livre-Docência em Administração)–Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003a.

ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2003b.

AZNAREZ, J. L. et al. 50 largest companies: 2000-2005 – shareholder value creation in Latin American. Social Science Research Network , 2006. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2006.

CASELANI, D. M. C.; CASELANI, C. N. A importância dos direcionadores financeiros e não financeiros para a geração de valor para as companhias brasileiras: evidências empíricas. In: SBFIN – ENCONTRO BRASILEIRO DE FINANÇAS, 5., 2005, São Paulo. São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2005.

COPELAND, T.; KOLLER, T.; MURRIN, J. Valuation : measuring and managing the value of companies. 2. ed. New York: John Wiley & Sons, 1996.

CUNHA, D. R. Gestão baseada em valor : uma pesquisa no setor hoteleiro do Rio Grande do Norte. 2002. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade)–Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

DAMODARAN, A. Corporate finance : theory and practice. New York: John Wiley & Sons, 1997.

DOCKERY, E.; HERBERT, W. E.; TAYLOR, K. Corporate governance, managerial strategies and shareholder wealth maximization: a study of large European companies. Managerial Finance, Patrington, v. 26, n. 9, p. 21-35, Sept. 2000.

FERA, N. Using shareholder value to evaluate strategic choices. Management Accounting , Montvale, v. 79, n. 5, p. 47-51, nov. 1997.

FERNÁNDEZ, P.; REINOSO, L. Shareholder value creators and shareholder value destroyers in USA: year 2001. Social Science Research Network , 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2006.

FERNÁNDEZ, P. Shareholder value creators and shareholder value destroyers in USA: year 2001. Social Science Research Network , 2001. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2006.

FERNÁNDEZ, P. Shareholder value creators and shareholder value destroyers in USA: year 2001. Social Science Research Network , 2003. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2006.

FERNÁNDEZ, P. Shareholder value creators in the S & P 500: year 2003 . Social Science Research Network , 2004. Disponível em . Acesso em: 20 jun. 2006.

FERNÁNDEZ, P. Shareholder value creators in the S & P 500: year 2004 . Social Science Research Network , 2005. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2006.

FERNÁNDEZ, P.; VILLANUEVA, A. Shareholder value creation in Europe – EuroStoxx 50: 1997-2003 . Social Science Research Network , 2004. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2006.

FREZATTI, F. Gestão de valor na empresa . São Paulo: Atlas, 2003.

GUJARATI, D. N. Econometria básica . 4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

HALL, J. H. Dissecting EVA: the value drivers determining the shareholder value of industrial companies. Social Science Research Network , 2002. Disponível em . Acesso em: 20 jun. 2006.

KASSAI, J. R. et al. Retorno de investimento . São Paulo: Atlas, 1999.

LOPO, A. et al. Avaliação de empresas. In: MARTINS, E. (Org.). Avaliação de empresas : da mensuração contábil à econômica. São Paulo: Atlas, 2001. p. 263-308.

MARTINS, E. (Org.). Avaliação de empresas: da mensuração contábil à econômica. São Paulo: Atlas, 2001.

MENDES, F. A gestão baseada no valor nas instituições financeiras : um modelo aplicado a bancos múltiplos. 2004. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade)–Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

PORTER, M. E. A vantagem competitiva . São Paulo: Campus, 1985.

QUEIROZ, M. J. Avaliação econômico-financeira das estratégias de marketing em empresas orientadas para o mercado : um estudo exploratório. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração)–Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

RAPPAPORT, A. Cash flow analysis of corporate performance. Small Business Report , New York, v. 13, n. 9, p. 80-86, Nov. 1988.

RAPPAPORT, A. Gerando valor para o acionista . São Paulo: Atlas, 2001.

SOUSA, A. F. Fatores que contribuem para a empresa agregar valor . 2002. Tese (Livre-Docência em Administração)–Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

STEWART III, G. B. Em busca do valor. Porto Alegre: Bookman, 1991.