Análise comparativa de preços: variáveis influentes na percepção de vantagem de compra Outros Idiomas

ID:
4254
Resumo:
Este artigo verifica a influência das variáveis “informação sobre preço” (forma de apresentação), “familiaridade com o produto” e “nível de escolaridade” na percepção do comprador sobre a vantagem relativa de propostas de preço de produtos. A base teórica considerou prioritariamente a teoria dos prospectos e a teoria da contabilidade mental. Por ser realizado no contexto maranhense, este estudo permite avaliar tais teorias em condições culturais distintas do que vem sendo produzido tradicionalmente na literatura de administração no Brasil, nas Regiões Sudeste e Sul. A pesquisa empírica consistiu em um experimento de laboratório com manipulação de instrução, com uma amostra de 192 indivíduos. Os resultados indicam que a inclusão do preço de referência influencia as percepções do comprador em relação aos ganhos e às perdas envolvidas no contexto da compra, e a percepção dos estímulos de preço varia em função de escolaridade e familiaridade com o produto. Em cenários sem a presença de preços de referência e com ganhos altos e perdas baixas, a versão integrada dos eventos é preferível. A inclusão do preço de referência e a apresentação em reais das informações, em condições combinadas de perdas e ganhos, não mostraram alteração de preferência pela versão integrada, indicando que compradores percebem uma perda menos dolorosa quando um ganho maior é apresentado em um único pacote do que perceberiam caso a perda fosse apresentada isoladamente. Sugestões para futuras pesquisas incluem os estímulos relacionados à ambientação de loja e dos veículos de apresentação como moderadores da formação do preço de referência e consequente percepção do comprador sobre a vantagem relativa das promoções de preço.
Citação ABNT:
SANTOS, J. H. F. D.; BOTELHO, D. Análise comparativa de preços: variáveis influentes na percepção de vantagem de compra. Revista de Administração Mackenzie, v. 12, n. 2, art. 18, p. 145-168, 2011.
Citação APA:
Santos, J. H. F. D., & Botelho, D. (2011). Análise comparativa de preços: variáveis influentes na percepção de vantagem de compra. Revista de Administração Mackenzie, 12(2), 145-168.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/4254/analise-comparativa-de-precos--variaveis-influentes-na-percepcao-de-vantagem-de-compra/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BISWAS, A.; BLAIR, E. Contextual effects of reference prices in retail advertisements. Journal of Marketing, Bingley, v. 55, n. 3, p. 1-12, Jul. 1991.

BISWAS, A. The moderating role of brand familiarity in reference price perceptions. Journal of Business Research, Boston, v. 25, n. 3, p. 251-262, Nov. 1992.

BLACKWELL, R. et al. Comportamento do consumidor. São Paulo: Pioneira, 2005.

CRANO, W. D.; BREWER, M. B. Principles and methods of social research. New Jersey: LEA, 2002.

FIGUEIREDO, B. R.; ÁVILA, G. M. Contabilidade mental e mudanças em preços: um estudo experimental. In: ENCONTRO DE MARKETING DA ANPAD, 1., 2004, Porto Alegre. Porto Alegre: Anpad, 2004.

GREWAL, D.; COMPEAU, L. Pricing and public policy: a research agenda and an overview of the special issue. Journal of Public Policy & Marketing, Chicago, v. 18, n. 1, p. 3-10, Spring 1999.

GREWAL, D.; MONROE, K.; KRISHNAN, R. The effects of price comparison advertising on buyers’perceptions of acquisition value and transaction value. Journal of Marketing, Bingley, v. 62, n. 2, p. 46-59, Apr. 1998.

GUPTA, S.; COOPER, L. The discounting of discounts and promotions thresholds. Journal of Consumer Research, Chicago, v. 19, n. 3, p. 401-411, Dec. 1992.

GURUMURTHY, K.; LITTLE, J. A pricing model based on perception theories and its testing on scanner panel data. Cambridge: Sloan School of Management, MIT, 1987. Working paper.

HEATH, T. B.; CHATTERJEE, S.; FRANCE, K. R. Mental accounting and changes in price: the frame dependence of reference dependence. Journal of Consumer Research, Chicago, v. 22, n. 1, p. 90-97, June 1995.

INMAN, J.; MCLISTER, L.; HOYER, W. Promotional signal: proxy for a price cut? Journal of Consumer Research, Chicago, v. 17, n. 1, p. 74-81, June 1990.

JANISZEWSKI, C.; CUNHA, M. The influence of price discount framing on the evaluation of a product bundle. Journal of Consumer Research, Chicago, v. 30, n. 4, p. 534-546, Mar. 2004.

KAHNEMAN, D.; TVERSKY, A. Prospect theory: an analysis of decision under risk. Econometrica, Hobcken, v. 47, n. 2, p. 263-291, Mar. 1979.

KARSAKLIAN, E. Comportamento do consumidor. São Paulo: Atlas, 2000.

LEVIN, J. Estatística aplicada a ciências humanas. 2. ed. São Paulo: Harbra, 1987.

LICHTENSTEIN, D.; BLOCH, P.; BLACK, W. Correlates of price acceptabilty. Journal of Consumer Research, Chicago, v. 15, n. 2, p. 243-252, Sept. 1988.

MARTINS, G. Estatística geral e aplicada. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

MONROE, K. Pricing: making profitable decisions. New York: McGraw-Hill, 1990

MOWEN, J. C.; MINOR, S. M. Comportamento do consumidor. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

NAGLE, T.; HOLDEN, R. Estratégia e táticas de preços: um guia para decisões lucrativas. 3. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

SCHIFFMAN, L.; KANUK, L. Comportamento do consumidor. 6. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

SMITH, G.; NAGLE, T. Frames of reference and buyers’ perception of price and value. California Management Review, Berkley, v. 38, n. 1, p. 98-116, Fall 1995.

SOLOMON, M. R. O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2002.

THALER, R.; JOHNSON, E. Gambling with the house money and trying break even: the effects of prior outcomes on risky choice. Management Science, Philadelphia, v. 36, n. 6, p. 643-660, June 1990.

THALER, R. Mental accounting and consumer choice. Marketing Science, Hanover, v. 4, n. 3, p. 199-214, Summer 1985.

THALER, R. Mental accounting matters. Journal of Behavioral Decision Making, Honoken, v. 12, n. 3, p. 183-206, Sept. 1999.

TRIOLA, M. Introdução à estatística. Rio de Janeiro: LTC, 2005.

TVERSKY, A.; KAHNEMAN, D. The framing of decisions and the psychology of choice. Science, Washington, v. 211, n. 4.481, p. 453-458, Jan. 1981.

TVERSKY, A. Loss aversion in riskless choice a reference-dependent model. The Quarterly Journal of Economics, Oxford, v. 106, n. 4, p. 1.039-1.061, Nov. 1991.

URBANY, J. E.; BEARDEN, W. O.; WEILBAKER, D. C. The effect of plausible and exaggerated reference prices on consumer perceptions and price search. Journal of Consumer Research, Chicago, v. 15, n. 1, p. 95-110, June 1988.

VIEIRA, S. Bioestatística: tópicos avançados. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

WINER, R. Behavioral perspectives on pricing: buyers’ subjective perception of price revisited. In: DEVINNEY, T. M. Issues in pricing: theory and research. Lexington: Lexington Books, 1988. p. 35-57.