Visão Baseada em Recursos: Estudo do Impacto da Crise Financeira na Heterogeneidade do Desempenho das Empresas Brasileiras de Capital Aberto Outros Idiomas

ID:
43052
Resumo:
Este trabalho se dispõe a verificar o impacto da Crise Financeira de 2008 na heterogeneidade do desempenho das empresas brasileiras de capital aberto entre 2004 e 2013. A partir de uma amostra composta por 331 companhias de capital aberto não financeiras, esta pesquisa quantitativa, descritiva e documental realizou testes de diferenças de médias em três medidas de desempenho. Os indicadores de rentabilidade das empresas listadas na BM&FBovespa, retorno sobre o ativo, retorno sobre o patrimônio líquido e taxa de crescimento das vendas, foram calculados a partir de dados do provedor de informações para o mercado financeiro, Bloomberg™. Os produtos da pesquisa revelam a taxa de crescimento das vendas como variável mais sensível às repercussões da crise financeira mundial, em que se constataram diferenças estatisticamente significativas para sete de nove setores estudados. Os testes de heterogeneidade entre os setores demonstram diferenças entre estes, todavia sem grandes dispersões nos escores individuais. Considera-se, pois, que há evidências de heterogeneidade do desempenho das empresas analisadas, sendo consistentes com as constatações de McGahan e Poter (1997) e Eriksen e Knudsen (2003).
Citação ABNT:
RIBEIRO, F.; SCHERER, L. M.; SILVA, A. A. B. Visão Baseada em Recursos: Estudo do Impacto da Crise Financeira na Heterogeneidade do Desempenho das Empresas Brasileiras de Capital Aberto . Revista Capital Científico - Eletrônica, v. 14, n. 2, p. 9-24, 2016.
Citação APA:
Ribeiro, F., Scherer, L. M., & Silva, A. A. B. (2016). Visão Baseada em Recursos: Estudo do Impacto da Crise Financeira na Heterogeneidade do Desempenho das Empresas Brasileiras de Capital Aberto . Revista Capital Científico - Eletrônica, 14(2), 9-24.
DOI:
http://revistas.unicentro.br/index.php/capitalcientifico/article/view/3800/2996
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/43052/visao-baseada-em-recursos--estudo-do-impacto-da-crise-financeira-na-heterogeneidade-do-desempenho-das-empresas-brasileiras-de-capital-aberto-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2003.

BANDEIRA-DE-MELLO, R.; MARCON, R. Heterogeneidade do desempenho de empresas em ambientes turbulentos. Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v. 46, n. 2, p. 34-43, abr/jun. 2006.

BARNEY, J. B. Firm resources and sustained competitive advantage. Journal of Management, v. 7, n. 1, p. 99-120, 1991.

BARNEY, J. B. Is the resource-based “view” a useful perspective for strategic management research? Yes. Academy of Management Review, v. 26, n. 1, p. 41-56, 2001.

BRITO, L. A. L.; VASCONCELOS, F. C. Firm performance in an extremely turbulent environment: year, industry and firm effects. In: ENCONTRO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇAO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇAO, 27.; 2003, Atibaia. Anais... Atibaia: ANPAD, 2003.

CARCANHOLO, Marcelo et al. Crise Financeira Internacional: Natureza e Impacto. 2008. Disponível em . Acesso em 25/11/13.

COOPER, D.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. Bookman, 2011.

ERIKSEN, B.; KNUDSEN, T. Industry and firm interaction: Implication for profitability. Journal of Business Research, v. 56, p. 191-199, 2003.

FOSS, N. J. Theories of the firm: contractual and competence perspectives. Journal of Evolutionary Economics, v. 3, p. 127-144, 1993.

FOSS, N. J. The resource-based perspective: an assessment and diagnosis of problems. DRUID Working Paper N. 97-1. Copenhagen: Copenhagen Business School, 1997, p. 1-39.

GONÇALVES, A. R.; QUINTELLA, R. H. Contribuição dos fatores internos e externos para o desempenho das empresas brasileiras e sua revolução na ultima década. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRACÃO, 29.; 2005, Brasília. Anais... Brasília: ANPAD, 2005.

GONZÁLEZ-FIDALGO, E.; VENTURA-VICTORIA J. How much do strategic groups matter? Seção teses de doutorado. Disponível em: http://www19.uniovi.es/econo/doctrabajo/Dt01/d231_01.pdf. Acesso em 25 nov.2013.

KRETZER, J.; MENEZES, E. A. A importancia da visão baseada em recursos na explicação da vantagem competitiva. Revista de Economia Mackenzie, São Paulo, v. 4, n. 4, p. 63-87, 2006.

LEITE FILHO, G. A.; CARVALHO, F. M.; CALEGARIO, C. L. L. Estudo sobre a heterogeneidade de crescimento de vendas das pequenas empresas brasileiras sob a perspectiva da visão baseada em recursos (VBR). In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 12, 2012. São Paulo/SP. Anais... São Paulo: USP, 2012.

MARTINS, E.; DINIZ, J. A.; MIRANDA, G. J. Análise avançada das demonstrações contábeis: uma abordagem critica. São Paulo: Atlas, 2012.

MCGAHAN, A. M.; PORTER, M. E. How much does industry matter, really? Strategic Management Journal, v. 18, Summer, p. 15-30, 1997.

NELSON, R. Why do firms differ, and how does it matter? Strategic Management Journal, v. 12, p. 61-74, 1991.

PENROSE, E. The theory of the growth of the firm. Oxford: Basil Blackwell, 1959.

PEREIRA, Luiz C. B. Crise e recuperação da confiança. Revista Economia e Política, São Paulo, v. 29, n 1, p. 133-149, jan/mar. 2009.

PETERAF, M. A. The cornerstones of competitive advantage: a Resource-Based View. Strategic Management Journal, v. 14, p. 179-191, 1993.

RIBEIRO, R.; ROSSETO, C. R.; VERDINELLI, M. A. Comportamento estratégico da empresa e a visão baseada em recursos: um estudo no setor varejista de material de construção. Revista Gestão de Produção. São Carlos, v. 18, n. 1, p. 175-192, 2011.

SILVA, B. A. O.; PINESE, H. P. A crise financeira internacional e o efeito dos derivativos cambiais: a operação de target forward da Aracruz Celulose. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, XII, 2009, São Paulo. Anais... São Paulo, 2009.

TECCE, D. J. Economic analysis and strategic management. California Management Review, v. 25, p. 87-110, 1984.

UHLANER, L.M.; VAN SANTEN, J. Organization context and knowledge management in SMEs: a study of Dutch technology-based firms. In: LANDSTROM, H.; RAFFA, M.; IANDOLI, L. Entrepreneurship, Competitiveness and Local Development - Frontiers in European Research. Forthcoming: Edward Elgar publishing, 2007

WERNERFELT, B. A resource-based view of the firm. Strategic Management Journal, v. 5, n. 2, p. 171-180, 1984.

ZILBER, S. N.; PAJARES, F. M. R. Análise da vantagem competitiva de bancos em países emergentes e em países desenvolvidos utilizando o modelo de visão baseada em recursos: estudo comparativo Brasil x Estados Unidos. Revista Economia Global e Gestão, v. 14, n. 2, set. 2009.