E a síndrome de Burnout nos trabalhadores de recursos humanos? Outros Idiomas

ID:
43433
Resumo:
Síndromes podem transformar-se em argumentos para os discursos individualizantes que culpabilizam o trabalhador. Ainda assim, podem trazer visibilidade para as perversões organizacionais. O objetivo do estudo foi mapear e analisar as publicações brasileiras sobre a Síndrome de Burnout em profissionais de Recursos Humanos. Para tanto, procedeu-se à busca bibliográfica nas bases de dados eletrônicas da Scientific Electronic Library Online - SciELO (sem período definido) e Portal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES (janeiro de 2005 a janeiro de 2015) de estudos que continham “Síndrome de Burnout” ou “Burnout”. Foram identificadas 208 publicações no Portal Scielo e 145 no Portal CAPES, sendo que em apenas duas delas os sujeitos das pesquisas foram os trabalhadores de Recursos Humanos.
Citação ABNT:
CAMILO, J. O.; CRUZ, M. T.; GOMES, D. F. N. E a síndrome de Burnout nos trabalhadores de recursos humanos?. Pensamento & Realidade, v. 30, n. 3, p. 44-55, 2015.
Citação APA:
Camilo, J. O., Cruz, M. T., & Gomes, D. F. N. (2015). E a síndrome de Burnout nos trabalhadores de recursos humanos?. Pensamento & Realidade, 30(3), 44-55.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/43433/e-a-sindrome-de-burnout-nos-trabalhadores-de-recursos-humanos-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português