Engajamento, bem-estar no trabalho e capital psicológico: um estudo com profissionais da área de gestão de pessoas Outros Idiomas

ID:
43456
Resumo:
O presente estudo teve como objetivo analisar as relações entre engajamento, bem-estar no trabalho e capital psicológico em profissionais da área de gestão de pessoas. A coleta de dados foi realizada por meio de um questionário eletrônico criado no ambiente Survey monkey, com 159 profissionais que atuam na área de gestão de pessoas em organizações diversas. A análise dos dados foi realizada por meio do SPSS 19.0, calculando-se estatísticas descritivas e índices de correlação. Os resultados revelaram a existência de correlações positivas e significativas entre engajamento no trabalho, capital psicológico e as dimensões de bem-estar no trabalho (satisfação no trabalho, envolvimento no trabalho e comprometimento organizacional afetivo). Dessa forma, pode-se inferir que o indivíduo que apresenta vigor e absorção tem também níveis acentuados de otimismo, resiliência, esperança e eficácia e as dimensões de bem estar: satisfação no trabalho, envolvimento no trabalho e comprometimento organizacional afetivo.
Citação ABNT:
CAVALCANTE, M. M.; SIQUEIRA, M. M. M.; KUNIYOSHI, M. S. Engajamento, bem-estar no trabalho e capital psicológico: um estudo com profissionais da área de gestão de pessoas. Pensamento & Realidade, v. 29, n. 4, p. 42-64, 2014.
Citação APA:
Cavalcante, M. M., Siqueira, M. M. M., & Kuniyoshi, M. S. (2014). Engajamento, bem-estar no trabalho e capital psicológico: um estudo com profissionais da área de gestão de pessoas. Pensamento & Realidade, 29(4), 42-64.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/43456/engajamento--bem-estar-no-trabalho-e-capital-psicologico--um-estudo-com-profissionais-da-area-de-gestao-de-pessoas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português