Artigos como avaliação discente em disciplinas de pósgraduação: instrumento educativo ou subsistema de linha de montagem? Outros Idiomas

ID:
43842
Periódico:
Resumo:
Este artigo tem por objetivo discutir a forma de avaliar discentes em disciplinas de programas de pós-graduação em administração stricto sensu. O texto procura evidenciar o risco de mau uso do processo de avaliação, por parte de alguns docentes, como um “subsistema de linha de montagem de artigos” que atende a interesses produtivistas, os quais se sobrepõem à missão de educar mestres e doutores de alto nível. Além da crítica, também busca apresentar algumas possibilidades de avaliação, bem como propor um debate sobre as melhores alternativas de um processo educativo na pós-graduação stricto sensu.
Citação ABNT:
BISPO, M. S.; COSTA, F. J. Artigos como avaliação discente em disciplinas de pósgraduação: instrumento educativo ou subsistema de linha de montagem?. Cadernos EBAPE.BR, v. 14, n. 4, p. 1001-1010, 2016.
Citação APA:
Bispo, M. S., & Costa, F. J. (2016). Artigos como avaliação discente em disciplinas de pósgraduação: instrumento educativo ou subsistema de linha de montagem?. Cadernos EBAPE.BR, 14(4), 1001-1010.
DOI:
http://dx.doi.org/10.1590/1679-395141927
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/43842/artigos-como-avaliacao-discente-em-disciplinas-de-posgraduacao--instrumento-educativo-ou-subsistema-de-linha-de-montagem-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BARSOTTI, P. D. Produtivismo acadêmico: essa cegueira terá um fim? Educação & Sociedade, v. 32, n. 115, p. 587-590, 2011.

BOURDIEU, P. O campo científico. In: ORTIZ, R. (Org). Pierre Bourdieu: sociologia. São Paulo: Ática, 1983. 122-155 p.

BUZAN, T. Mapas mentais. São Paulo: Sintaxe, 2009.

CASEIRO, C. C. F.; GEBRAN, R. A. Avaliação formativa: concepção, práticas e dificuldades. Nuances, v. 15, n. 16, p. 141-161, 2008.

DOMINGUES, E. Autoria em tempos de “produtivismo acadêmico”. Psicologia em Estudo, v. 18, n. 2, p. 195-198, 2013.

ESCOBAR, M. A. R.; VERDINELLI, M. A. Percepção do discente sobre produtividade científica em um programa de pós-graduação stricto sensu. In: COLOQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTIÓN UNIVERSITARIA EN LA AMÉRICA DEL SUR, 10, 2010, Mal del Plata, Anais.... Mar del Plata: UFSC, 2010. P. 1-14.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1974.

GAJANIGO, P. Ensino e democracia numa universidade sob a lógica produtivista: relato pessoal. Revista Intratextos, v. 4, n. 1, p. 1-7, 2013.

GIL, A. C. Didática do ensino superior. São Paulo: Atlas, 2009.

LORDÊLO, J. A. C.; ROSA, D. L.; SANTANA, L. A. Avaliação processual da aprendizagem e regulação pedagógica no Brasil: implicações no cotidiano docente. R. FACED, n. 17, p. 13-33, 2010.

LOWMAN, J. Dominando as técnicas de ensino. Atlas, 2004.

MACHADO, A. M. N.; BIANCHETTI, L. (Des)Fetichização do produtivismo acadêmico: desafios para o trabalhador pesquisador. Revista de Administração de Empresas, v. 51, n. 3, p. 244-254, 2011.

MASETTO, M. T. Competências pedagógicas do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003.

MENESES, P. Universidade e sociedade. Síntese, v. 27, n. 87, p. 5-15, 2000.

MOREIRA, D. A. (Org,). Didática do ensino superior: técnicas e tendências. São Paulo: Pioneira, 1997.

NEGRET, F. A identidade e a importância dos mestrados profissionais no Brasil e algumas considerações para a sua avaliação. RBPG, v. 5, n. 10, p. 141-149, 2008.

NUNES, L. C.; VILARINHO, L. R. G. Avaliação da aprendizagem no ensino online: em busca de novas práticas. In: SILVA, M.; SANTOS, E. O. (Org.). Avaliação da aprendizagem em educação online. 109-139 p. São Paulo: Loyola, 2006.

OLIVEIRA, H. B. et al. A formação pedagógica de professores na pós-graduação stricto sensu: os casos UFU e UFMG. Poíesis Pedagógica, v. 9, n. 2, p. 3-19, 2011.

PERRENOUD, P. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens: entre duas lógicas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

SILVA, A. B.; COSTA, F. J. Itinerários para o desenvolvimento da competência docente na pós-graduação stricto sensu em administração. Revista Economia e Gestão, v. 14, n. 34, p. 30-57, 2014.

SOUSA, S. C. T.; COSTA, F. J.; MUZZIO, H. Por uma (reflexão) ética da autoria acadêmica. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO (EnANPAD), 35, 2011, Rio de Janeiro. Anais.... Rio de Janeiro: ANPAD, 2011. 1-13 p. 2011.

SOUZA, R. A. de. Memorial reflexivo como instrumento de avaliação formativa em cursos on line. Revista E-curriculum, v. 3, n. 11, p. 813-825, 2013.

SOUZA, S. A.; REINERT, J. N. Participação discente nas publicações da pós-graduação: um estudo comparativo entre programas públicos e privados de administração. Avaliação, v. 17, n. 2, p. 481-502, 2012.

TAVARES, M. A. Trabalho docente na universidade pública: uma reflexão sobre o produtivismo acadêmico na contemporaneidade. Argumentum, n. 3, v. 1, p. 238-250, 2011.

VASCONCELOS, F. C.; VASCONCELOS, I, F. G. Réplica 1 - As dimensões e desafios do mestrado profissional. Revista de Administração Contemporânea, v. 14, n. 2, p. 360-366, 2010.

WOOD JR.; T. Morte por Capes. Carta Capital, 26 out. 2010.

ZABALZA, M. A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004.