Identificação de Oportunidades Empreendedoras por Mulheres Outros Idiomas

ID:
44082
Resumo:
Este estudo procurou integrar dois temas relevantes para o estudo do empreendedorismo: identificação de oportunidades e gênero, e teve como objetivo analisar como ocorre o processo de identificação das oportunidades de criação de novos negócios na perspectiva de mulheres empreendedoras do estado de Sergipe. O estudo qualitativo teve como método a história oral. Foram ouvidas três empreendedoras das cidades de Aracaju e São Cristóvão do Estado de Sergipe, proprietárias de pequenos negócios. Os resultados indicaram que as experiências prévias das empreendedoras estão relacionadas com a oportunidade identificada e que estas possuem amplo conhecimento do serviço oferecido. Além disso, verificou-se a intensa participação da família das mulheres no processo de identificação das oportunidades, o que permitiu inferir que identificar uma oportunidade possa não ser um processo exclusivamente individual.
Citação ABNT:
FREITAS, R. K.; TEIXEIRA, R. M. Identificação de Oportunidades Empreendedoras por Mulheres. Revista Economia & Gestão, v. 16, n. 44, p. 81-108, 2016.
Citação APA:
Freitas, R. K., & Teixeira, R. M. (2016). Identificação de Oportunidades Empreendedoras por Mulheres. Revista Economia & Gestão, 16(44), 81-108.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/44082/identificacao-de-oportunidades-empreendedoras-por-mulheres/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AHL, Helene. Why research on women entrepreneurs needs new directions? Entrepreneurship Theory and Practice, v. 30, n. 5, p. 595-621, Setembro 2006.

ALBERTI, V. História oral: a experiência do CPDOC. Rio de Janeiro: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, 1989.

ALBERTI, V. Manual de história oral. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

ALBUQUERQUE, Adson da Rocha Pita; TEIXEIRA, Rivanda Meira. O Processo de Identificação e Exploração de Oportunidade Empreendedora com Base no Modelo de Aprendizagem Organizacional 4i. Revista de Ciências da Administração, v. 18, n. 44, p. 2537, abril. 2016

ANOKHIN, S.; WINCENT, J.; AUTIO, E. Operationalizing opportunities in entrepreneurship research: use of data envelopment analysis.Small Business Economics, v. 37, n. 1, p. 39-57, 2011.

ARDICHVILI, A.; CARDOZO, R.; RAY, S. A theory of entrepreneurial opportunity identification and development. Journal of Business Venturing, v. 18, p. 105-123, 2003.

BARDWICK, J. M. Mulher, sociedade, transição: como o feminismo, a liberação sexual e a procura da auto-realização alteram as nossas vidas. São Paulo: DIFEL, 1984.

BARON, R. A.; SHANE. S. A. Empreendedorismo: uma visão do processo. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

BIRLEY, S. Female entrepreneurs: Are they really any different? Journal of Small Business Management, v. 27, p. 32-37, 1989.

CHA, M.; BAE, Z. The entrepreneurial journey: from entrepreneurial intent to opportunity realization. Journal of High Technology Management Research, London, v. 21, n. 1, 2010.

CHANDLER, Gaylen N.; LYON, Douglas W.; DETIENNE, Dawn R. Antecedents and expliotation outcomes of opportunity identification processes. In: ACADEMY OF MANAGEMENT PROCEEDINGS. Academy of Management, 2005.

CRAMER, L.; CAPPELLE, M. C. A.; ANDRADE, A. L. S.; BRITO, M. J. de. Representações femininas da ação empreendedora: uma análise da trajetória das mulheres no mundo dos negócios. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, v. 1, n. 1, 2012.

CRESWELL, J. W. Research design: qualitative, quantitative, and mixed methods approaches. London: Sage, 2003.

DEMARTINI, Z. B. F. História de vida na abordagem de problemas educacionais. In: SIMSON, O. M. V. (Org.) Experimentos em história de vida. Itália - Brasil, São Paulo. Revista dos Tribunais, 1988.

DETIENNE, D.; CHANDLER, G.The role of gender in opportunity identification. Entrepreneurship Theory and Practice, v. 31, p. 365-386, 2007.

DIMOV, D. Nascent entrepreneurs and venture emergence: Opportunity confidence, human capital, and early planning. Journal of Management Studies, v. 47, n. 6, p. 1123-1153, 2010.

DRUCKER, P. F. Inovação e Espírito Empreendedor - Entrepreneurship. 6. ed. São Paulo: Pioneira, 1985.

ECKHARDT, J.; SHANE, S. Opportunities and entrepreneurship. Journal of Management, v. 29, p. 333-394, 2003.

FARIA, J. H. de. Consciência crítica com ciência idealista: paradoxos da redução sociológica na fenomenologia de Guerreiro Ramos. Cadernos EBAPE.BR, Rio de Janeiro, vol. 7, n. 3, 2009.

FERREIRA, J. M.; NOGUEIRA, E. E. S. Mulheres e Suas Histórias: Razão, Sensibilidade e Subjetividade no Empreendedorismo Feminino. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 17, n. 4, 2013.

FERREIRA, M. de M.; AMADO, J. (Orgs). Usos e abusos da história oral. 2 ed.- Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1998.

FILION, L. J.; LIMA, E. As Representações Empreendedoras: Um Tema Essencial, mas ainda Negligenciado. Revista de Negócios, v. 14, n. 2, 2009.

FREITAS, S. M. de. História Oral: Possibilidades e Procedimentos. 2. ed. São Paulo: Associação Editorial Humanitas, 2006.

GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR. Empreendedorismo no Brasil: 2015. Análise dos resultados do GEM 2015 por gênero. Curitiba: Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade - IBQP/SEBRAE/FGV, 2015.

GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR. Empreendedorismo no Brasil: 2015. Relatório Executivo. Curitiba: Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade - IBQP/SEBRAE/FGV, 2015.

GOMES, A. F. O Perfil Empreendedor de Mulheres que Conduzem seu Próprio Negócio: um estudo na cidade de Vitória da Conquista-BA. Revista Alcance, v. 11, n. 2, p. 207-226, 2005.

GOMES, A. F.; SANTANA, W. G. P. A história oral na análise organizacional: a possível e promissora conversa entre a história e a administração. Cadernos EBAPE.BR, v. 8, n. 1, p. 1-18, 2010.

GOMES, Almiralva Ferraz ; SANTANA, Weslei Gusmão Piau; ARAÚJO, Uajará Pessoa; MARTINS, Caroline Miriã Fontes. Empreendedorismo Feminino como sujeito de pesquisa. RGBN- R. Bras. Gest. Neg., v. 16, n. 51, p. 319-342, 2014.

GONZÁLEZ-ÁLVAREZ, N.; SOLÍS-RODRÍGUEZ, V. Descubrimiento de oportunidades empresariales: capital humano, capital social y género. INNOVAR, v. 21, p. 187-196, 2011.

GRÉGOIRE, D. A.; SHEPHERD, D. A. Technology-market combinations and the identification of entrepreneurial opportunities: An investigation of the opportunity-individual nexus. Academy of Management Journal, v. 55, n. 4, 2012.

GRUBER, M.; MACMILLAN, I. C.; THOMPSON, J. D. Escaping the prior knowledge corridor: What shapes the number and variety of market opportunities identified before market entry of technology startups? Organization Science v. 24, 2013.

GUPTA, Vishal K.; GOKTAN, Banu; GUNAY, Gonca. Gender differences in evaluation of new business opportunity: A stereotype threat perspective. Journal of Business Venturing v. 29, pp. 273-288, 2014.

HISRICH, R. D.; PETERS, M. P. Entrepreneurship. New York: McGraw Hill, 2002.

IBARRA, H. Gender differences in managerial networks. Social Psychology Quarterly, v. 60, p. 91-102, 1997.

JENNINGS; Jennifer E; BRUSH, Candida G. Research on Women Entrepreneurs: Challenges to (and from) the Broader Entrepreneurship Literature? The Academy of Management Annals, v. 7, n. 1, p. 663-715. 2013.

JONATHAN, E. G. Mulheres empreendedoras: medos, conquistas e qualidade de vida. Psicologia em Estudo, v. 10, n. 3, p. 373-382, 2005.

KIRZNER, I. Competition and Entrepreneurship. Chicago: Univ. of Chicago Press, 1973.

LEWIS, Kate V.; HO, Marcus; HARRIS; Candice; MORRISON; Rachel. Becoming an entrepreneur: opportunities and identity transitions, International Journal of Gender and Entrepreneurship, v. 8, pp. 98-116, 2016.

MACHADO, H. V.; ST-CYR, L.; MIONE, A.; ALVES, M. C. M. O Processo de Criação de Empresas por Mulheres. RAE-eletrônica, v. 2, n. 2, 2003.

MACHADO, H. V. Tendências do comportamento gerencial da mulher empreendedora. In: XXIII ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. 23. Foz do Iguaçu. Anais. Foz do Iguaçu: ANPAD, 1999.

MEIHY, José Carlos S. B. Manual de história oral. 4. ed. São Paulo: Loyola, 2002.

MENZIES, T. V.; DIOCHON, M.; GASSE, Y. Examining venture-related myths concerning women entrepreneurs. Journal of Developmental Entrepreneurship, v. 9, n. 2, 2004.

OCDE: Relatory Gender Equality in Education, Employment and Entrepreneurship. Meeting of the OECD Council at Ministerial Level: Paris, 2012.

RUTASHOBYA, L. K; ALLAN, I. S; NILSSON, K. Networks, social relationships andentrepreneurial outcomes in Tanzania. Journal of African Business, v. 10 n. 1, 2009.

SHANE, S.; NICOLAOU, N. Creative personality, opportunity recognition and the tendency to start businesses: A study of their genetic predispositions Journal of Business Venturing v. 30, p. 407-419, 2015.

SHANE, S. Prior knowledge and the discovery of entrepreneurial opportunities. Organization Science, v. 11, 2000.

SHANE, S.; VENKATARAMAN, S.The promise of entrepreneurship as a field of research. Academy of Management Review, v. 25, n. 1, 2000.

SHOOK, C. L.; PRIEM, R. L.; MCGEE, J. E. Venture creation and the enterprising individual.Journal of Management, v. 29 n. 3, 2003.

SHORT, J. C; KETCHEN, D. J.; SHOOK, C. L.; IRELAND, R. D. The concept of “opportunity” in entrepreneurship research: Past accomplishments and future challenges. Journal of Management, v. 36, n. 1, p. 40-65, 2010.

SMITH, R. Masculinity, doxa and the institutionalisation of entrepreneurial identity in the novel Cityboy. International Journal of Gender and Entrepreneurship, v. 2, n. 1, p. 27-48, 2010.

UCBASARAN, D.; WESTHEAD, P.; WRIGHT, M. The extent and nature of opportunity identification by experienced entrepreneurs. Journal of Business Venturing, v. 24, n. 2, p. 99-115, 2009.

VALE,G. M.; SERAFIN, A.C.F.; TEODÓSIO, A.C.F. Gênero, Imersão e Empreendedorismo: Sexo Frágil, Laços Fortes? RAC, v. 15, n. 4, 2011.

VENKATARAMAN, S. The distinctive domain of entrepreneurship research: An editor’s perspective. In KATZJ.; BROCKHAUS R. (Eds.), Advances in entrepreneurship, firm emergence and growth. p. 119-138. Greenwich, CT: JAI Press, 1997.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração, 7. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

WOOD, Matthew S.; McKELVIE, Alexander; HAYNIE, J. Michael. Making it personal: Opportunity individuation and the shaping of opportunity beliefs. Journal of Business Venturing , v. 29, p. 252-272, 2014

YETIM, N. Social capital in female entrepreneurship. International Sociology, v. 23 n. 6, 2008.