Inovação e qualidade de vida no trabalho: uma visão integrada da gestão a partir de estudo de caso na indústria petroquímica do Grande ABC Outros Idiomas

ID:
4435
Resumo:
A inovação de produtos e de processos tem se afirmado como condição essencial à competitividade empresarial. Nesse ambiente de transformações, a gestão de pessoas está relacionada à capacidade de formulação de políticas e programas que contemplem a qualidade de vida no trabalho (QVT), considerando uma visão do ser humano em múltiplas dimensões, biopsicossocial e organizacional. No presente estudo de caso, descritivo e qualitativo, analisam-se os fatores críticos de gestão da qualidade de vida no trabalho em cenário de inovação de processos na indústria petroquímica do Grande ABC, entre 2001 e 2006, buscando contribuir com uma perspectiva integrada para os estudos sobre trabalho e inovação. O cenário foi validado com base nos conceitos de Tidd, Bessant e Pavitt (1997) sobre empresas inovadoras. Com essa validação, partiu-se para a investigação dos fatores críticos de gestão da qualidade de vida no trabalho (GQVT), de acordo com Limongi-França (2004), que compreende seu conceito, a produtividade, a legitimidade, as práticas e valores, o perfil do gestor e a nova competência. A análise dos fatores críticos de GQVT em ambiente de inovação permite destacar melhorias na QVT, como benefícios ergonômicos, integração da equipe, preservação do meio ambiente e confiabilidade dos processos. Por outro lado, conclui-se pela persistência de desafios para a gestão da inovação e de pessoas, vinculados ao desenvolvimento do trabalhador para os novos processos e à implantação de programas eficazes de participação e comunicação.
Citação ABNT:
GUIDELLI, N. S.; BRESCIANI, L. P. Inovação e qualidade de vida no trabalho: uma visão integrada da gestão a partir de estudo de caso na indústria petroquímica do Grande ABC. RAUSP Management Journal, v. 45, n. 1, art. 5, p. 57-69, 2010.
Citação APA:
Guidelli, N. S., & Bresciani, L. P. (2010). Inovação e qualidade de vida no trabalho: uma visão integrada da gestão a partir de estudo de caso na indústria petroquímica do Grande ABC. RAUSP Management Journal, 45(1), 57-69.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/4435/inovacao-e-qualidade-de-vida-no-trabalho--uma-visao-integrada-da-gestao-a-partir-de-estudo-de-caso-na-industria-petroquimica-do-grande-abc/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALBUQUERQUE, F. Desenvolvimento econômico local: caminhos e desafios para a construção de uma nova agenda política. Rio de Janeiro: BNDES, 2001.

ALEXANDRE, J.W.C. et al. Análise do número de categorias da escala de Likert aplicada à gestão pela qualidade total através da teoria da resposta ao item. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ENEGEP), 23., 22 a 24 out. 2003, Ouro Preto. Anais... Minas Gerais: ENEGEP, 2003.

BRESCIANI, L.P. Inovação e trabalho: bases conceituais e desenvolvimento regional no Grande ABC. Caderno de Pesquisa Pós Graduação/IMES, São Caetano do Sul, ano 5, n.10, p.22-32, 1º sem. 2004.

CASTILHOS, C.C. Inovação. In: CATTANI, A.D. (Org.). Trabalho e tecnologia: dicionário crítico. Pertropólis: Vozes, 1997. p.132-135.

DURAFFOURG, J. Um robô, o trabalho e os queijos: algumas reflexões sobre o ponto de vista do trabalho. In: DIEESE (Org.). Emprego e desenvolvimento tecnológico: Brasil e contexto internacional. São Paulo: DIEESE, 1998.

FERNANDES, E.; GUTIERREZ, L.H. Qualidade de vida no trabalho (QVT): uma experiência brasileira. Revista de Administração da Universidade de São Paulo (RAUSP), São Paulo, v.23, n.4, p.29-38, out./dez. 1988.

FREEMAN, C.; SOETE, L. The economics of industrial innovation. Cambridge: MIT Press, 1997.

GOULART, I.; SAMPAIO, J.R. Qualidade de vida no trabalho: uma busca da experiência de empresas brasileiras. In: SAMPAIO, J.R. (Org.). Qualidade de vida no trabalho e psicologia social. 2.ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2004.

GUIDELLI, N.S. Inovação e gestão da qualidade de vida no trabalho: estudo de caso na indústria petroquímica do Grande ABC. 2008. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Municipal de São Caetano do Sul (IMES), São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil.

LIMONGI-FRANÇA, A.C.L. Qualidade de vida no trabalho – QVT: conceitos e práticas nas empresas da sociedade pós-industrial. São Paulo: Atlas, 2004.

LIMONGI-FRANÇA, A.C.L. Interfaces da qualidade de vida na administração: fatores críticos de gestão empresarial para uma nova competência. 2001. Tese (Livre-Docência em Administração) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil.

MATTEO, M.; TAPIA, J. A reestruturação da indústria paulista e o ABC. In: GUIMARÃES, N.A. Gestão local, empregabilidade e eqüidade de gênero e raça: um experimento de política pública no ABC. São Paulo: Cebrap, 2003. p.3-19.

MORAES, L.F.R.; SANT‘ANNA, A.S. O movimento da qualidade de vida no trabalho: um estudo de suas origens, evolução, principais abordagens e avanços no Brasil. Ensaios de Administração, CEPEAD/UFMG, Texto n.13, nov. 1998.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. The knowledge-creating company. Oxford: OUP, 1995.

SAMPAIO, J.R. (Org.). Qualidade de vida, saúde mental e psicologia social: estudos contemporâneos II. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1999.

TIDD, J.; BESSANT, John.; PAVITT, Keith. Managing innovation. New York: Wiley, 1997.

WALTON, R. Criteria for quality life. In: DAVIS, L.E.; CHERNS, A.B. The quality of working life: problems, prospects and state of the art. New York: The Free Press, 1975. v.1.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.