Presente e Futuro das Pesquisas em Contabilidade Financeira Outros Idiomas

ID:
44470
Resumo:
O objetivo deste estudo é evidenciar os caminhos trilhados pelos estudiosos, nos anos de 2004 a 2013, apontando as principais características dos trabalhos desenvolvidos nesse período, na área de Contabilidade Financeira. De forma específica, pretendeu-se identificar os principais assuntos discutidos, assim como os autores e estudos mais citados e as tendências de pesquisas futuras, além de lançar um olhar crítico a aspectos epistemológicos e metodológicos. Tal intervalo de tempo foi escolhido por incluir, na época da pesquisa (maio de 2014), os últimos dez anos de publicações. A investigação foi feita nos periódicos internacionais com maiores fatores de impacto, pois acredita-se que estes sejam os balizadores do universo da publicação científica, não só na área contábil. Como tendências de estudos futuros identificados pelas call for papers, destacam-se os temas auditoria; governança corporativa; IFRS; relatórios financeiros e disclosure e o surgimento de chamadas para os assuntos tributação e bank accounting. Em termos metodológicos, observou-se a predominância de estudos com quantificações de variáveis e análises econométricas na maioria dos journals. Sob a perspectiva teórica, constatou-se que muitas pesquisas na área de Contabilidade Financeira se fundamentam em teorias econômicas e/ou de finanças, ou, em sua maioria, não apresentam um referencial teórico propriamente dito, mas, sim, uma revisão da literatura, a fim de suportar as hipóteses e variáveis testadas. Como contribuição, espera-se, com esta pesquisa, apresentar à comunidade científica, sobretudo a estudantes de pós-graduação da linha de Contabilidade Financeira, sinalizações em termos de assuntos, autores e periódicos relevantes, bem como de tendências para pesquisas futuras, também em termos metodológicos e teóricos, o que pode ser um caminho para definição de foco e construção de referencial teórico.
Citação ABNT:
GOMES, G. S.; SILVA, D. M.; MARTINS, V. A. Presente e Futuro das Pesquisas em Contabilidade Financeira. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, v. 21, n. 2, p. 3-17, 2016.
Citação APA:
Gomes, G. S., Silva, D. M., & Martins, V. A. (2016). Presente e Futuro das Pesquisas em Contabilidade Financeira. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, 21(2), 3-17.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/44470/presente-e-futuro-das-pesquisas-em-contabilidade-financeira/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BEUREN, I. M.; SOUZA, J. C. Em busca de um delineamento de proposta para classificação dos periódicos internacionais de contabilidade para o Qualis CAPES. Revista Contabilidade & Finanças, v. 19, n. 46, p. 44-58, 2008.

CALLEN, J. A selective critical review of financial accounting research. Critical Perspectives on Accounting, v. 26, p. 157-167, 2015.

FREZATTI, F.; AGUIAR, A. B.; GUERREIRO, R. Diferenciações entre a contabilidade financeira e a contabilidade gerencial: uma pesquisa empírica a partir de pesquisadores de vários países. Revista Contabilidade & Finanças, v. 18, n. 44, p. 9-22, 2007.

ISI Web of Knowledge – ISI WOK. Disponível em: . Acesso em 24 mar.2015.

OHLSON, J. A. On sucessful research. European Accounting Review, v. 20, n. 1, p. 7-26, 2011.

PINTO, A. C.; ANDRADE, J. B. Fator de impacto de revistas científicas: qual o significado deste parâmetro? Química Nova, v. 22, n. 3, p. 448-453, 2009.

RAMOS-BRIEVA, J.; CORDERO-VILLAFÁFILA, A. Measuring the impact factor of individual researchers in biomedical disciplines. Actas Esp Psiquiatr, v. 41, n. 3, p. 175-184, 2013.

SIMSEK, Z.; HEAVEY, C.; JANSEN, J. J. P. Journal Impact as a Diffusion Process: a conceptualization and the case of the Journal of Management Studies. Journal of Management Studies, v. 50, n. 8, p. 1374-1407, 2013.

WILKINSON, B. R.; DURDEN, C. H. Inducing structural change in academic accounting research. Critical Perspectives on Accounting, v. 26, p. 23-36, 2015.

ZUPANC, G. K. H. Impact beyond the impact factor. J Comp Physiol A, v. 200, p. 113-116, 2014.