Valores Organizacionais e Valores do Trabalho: Um Estudo com Operadores de Call Center Outros Idiomas

ID:
44701
Periódico:
Resumo:
Este estudo analisa como estão configurados os valores organizacionais e os valores do trabalho de operadores de um call center, situado em Belo Horizonte (MG). A análise em tal ambiente laboral, permeado por idiossincrasias, foi realizada por meio de pesquisa de campo, descritiva, com abordagens quantitativa e qualitativa, caracterizando uma triangulação metodológica. Os dados de 399 questionários foram tratados estatisticamente e os oriundos de 22 entrevistas foram submetidos à técnica de análise de conteúdo. Quanto aos valores organizacionais, percebeu-se uma predominância do valor “conformidade”, fato compreensível porque tal tipo de organização ser reconhecida pelo respeito às regras, posturas e modelos de comportamentos predefinidos. Em relação aos valores do trabalho, destacam-se os resultados relacionados a “estabilidade” e a “realização no trabalho”, pois são valores envolvidos na busca por segurança, adquirida por meio do trabalho, e por prazer e realização pessoal e profissional, respectivamente. O estudo tratou de dois construtos que ainda não haviam sido pesquisados conjuntamente e também contribuiu para a compreensão de particularidades do tipo de empresa abordada. Além disso, a triangulação possibilitou observar disparidades entre dados coletados por meio das técnicas diferenciadas, o que incita a continuidade e a expansão da pesquisa, tanto no que tange aos temas focalizados como aos contextos a ser investigados.
Citação ABNT:
PAIVA, K. C. M.; DUTRA, M. R. S. Valores Organizacionais e Valores do Trabalho: Um Estudo com Operadores de Call Center. Cadernos EBAPE.BR, v. 15, n. 1, p. 40-62, 2017.
Citação APA:
Paiva, K. C. M., & Dutra, M. R. S. (2017). Valores Organizacionais e Valores do Trabalho: Um Estudo com Operadores de Call Center. Cadernos EBAPE.BR, 15(1), 40-62.
DOI:
http://dx.doi.org/10.1590/1679-395153725
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/44701/valores-organizacionais-e-valores-do-trabalho--um-estudo-com-operadores-de-call-center/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANTUNES, R. A nova morfologia do trabalho no Brasil. Reestruturação e precariedade. Revista Nueva Sociedad, n. 232, p. 3-4, 2012.

ANTUNES, R. Adeus ao trabalho? São Paulo: Cortez, 2010.

ANTUNES, R. Século XXI: nova era da precarização estrutural do trabalho. In: ANTUNES, R.; Braga, R. (Org.). Infoproletários. 231-238 p. São Paulo: Boitempo, 2009.

AZEVEDO, C. E. F. et al. Estratégia de triangulação: objetivos, possibilidades, limitações e proximidades com o pragmatismo. In: ENCONTRO DE GESTÃO DE PESSOAS E RELAÇÕES DE TRABALHO, 4.; 2013. Brasília. Anais... Brasília, DF: ANPAD, 2013.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Ed. 70, 2009.

BERGER, P. L.; LUCKMANN, T. A construção social da realidade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

BESHAROV, M. L. The relational ecology of identification: how organizational identification emerges when individuals hold divergent values. Academy of Management Journal, v. 57, n. 5, p. 1485-1512, 2014.

BORGES, L. O. Valores de trabalhadores de baixa renda. In: TAMAYO, A.; PORTO, J. B. (Org.). Valores e comportamento nas organizações. 233-250 p. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

BORLIDO, F. C. Valores organizacionais e do trabalho na percepção de jovens recém-inseridos no mercado de trabalho: o caso dos alunos do Espro. 147f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, 2011.

CAPPELLI, P.; KELLER, J. R. Classifying work in the new economy. Academy of Management Review, v. 38, n. 4, p. 575-596, 2013.

COLLIS, J.; HUSSEY, R. Pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2005.

COSTA, A. C. R.; CARNEIRO, C. Inter-relações entre valores organizacionais e valores individuais. In: BRITO, L. M. O. (Org.). Práticas em pesquisas em gestão de pessoas. 354-361 p. Fortaleza: Ed. UFC, 2008.

COSTA, M. G. D. Em busca de um modelo brasileiro de mentoria e liderança: o caso de uma organização de call center. 335f. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial) – Faculdade Boa Viagem, Recife, 2007.

FERREIRA, M. C.; FERNANDES, H. A.; SILVA, A. P. C. Valores organizacionais: um balanço da produção nacional do período de 2000 a 2008 nas áreas de administração e psicologia. Revista de Administração Mackenzie, v. 10, n. 3, p. 84-100, 2009.

FREIRE, K. Call center: o primeiro grande emprego. São Paulo: Scortecci, 2009.

GEHMAN, J.; TREVIÑO, L. K.; GARUD, R. Values work: a process study of the emergence and performance of organizational values practices. Academy of Management Journal, v. 56, n. 1, p. 84-112, 2013.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2009.

GOUVEIA, V. V. et al. Teoria funcionalista dos valores humanos: aplicações para as organizações. Revista de Administração Mackenzie, v. 10, n. 3, p. 34-59, 2009.

HAUFF, S.; KIRCHNER, S. Identifying work value patterns: cross-national comparison and historical dynamics. International Journal of Manpower, v. 36, n. 2, p. 151-168, 2015.

HEWLIN, P. F. And the award for best actor goes to...: facades of conformity in organizational settings. Academy of Management Review, v. 28, n. 4, p. 633-642, 2003.

HOCH, E. E.; ANDRADE, T.; FOSSÁ, M. I. T. Valores relativos ao trabalho e gênero: a visão dos gerentes de uma organização bancária. In: ENCONTRO DA ANPAD, 33. 2009, São Paulo. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2009.

JICK, T. D. Mixing qualitative and quantitative methods: triangulation in action. Administrative Science Quartely, v. 24, n. 4, p. 602-611, 1979.

LANCMAN, S.; SZNELWAR, L. I. Christophe Dejours: da psicopatologia à psicodinâmica do trabalho. Rio de Janeiro/Brasília, DF: Fiocruz/Paralelo 15, 2004.

LASPISA, D. F. A influência do conhecimento individual na memória organizacional: estudo de caso em um call center. 120f. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Gestão do Conhecimento) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

LIANG, Y. W. The relationships among work values, burnout, and organizational citizenship behaviors. International Journal of Contemporary Hospitality Management, v. 24, n. 2, p. 251-268, 2012.

MAIA, L. F. R. B.; OLIVEIRA, J. D. O. Valores Organizacionais e seu Impacto sobre o Clima e a Satisfação no Trabalho: Percepção dos Técnico-Administistrativos de uma Instituição Federal de Ensino Superior. In: ENCONTRO DE GESTÃO DE PESSOAS E RELAÇÕES DE TRABALHO, 1.; 2007. Natal. Anais... Natal, RN: ANPAD, 2007.

MAIA, L. F. R. B.; OLIVEIRA, J. D.; XIMENES, V. M. Valores e comportamento de cidadania organizacional: um estudo no contexto de um hospital universitário. In: BRITO, L. M. P. (Org.). Práticas de pesquisas em gestão de pessoas. 43-66 p. Fortaleza: Imprensa Universitária, 2007.

MATOZO, L. Call center: modismo ou realidade? Rio de Janeiro: Record, 2000.

MELO, M. C. O. L. et al. Em busca de técnicas complementares em pesquisa qualitativa no campo da administração. In: ENCONTRO DE GESTÃO DE PESSOAS E RELAÇÕES DE TRABALHO, 1.; 2007, Recife. Anais... Recife: ANPAD, 2007.

MENDES, A. M. B.; VIEIRA, A. P.; MORRONE, C. F. Prazer, sofrimento e saúde mental no trabalho de teleatendimento. Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, v. 8, n. 2, p. 151-158, 2009.

MOURÃO, L. et al. Valores, suporte psicossocial e impacto do treinamento no trabalho. In: ENCONTRO DA ANPAD, 33. 2003, Atibaia. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2003.

NOGUEIRA, C. M. O trabalho duplicado. São Paulo: Expressão Popular, 2012.

OLIVEIRA, A.; TAMAYO, A. Inventário de perfis de valores organizacionais. Revista de Administração, v. 39, n. 2, p. 129-140, 2004.

PAIVA, K. C. M. Valores organizacionais e do trabalho: um estudo com jovens trabalhadores brasileiros. Tourism & Management Studies, v. 9, n. 2, p. 100-106, 2013.

PAIVA, K. C. M. Valores organizacionais e do trabalho: um estudo com jovens trabalhadores. In: ENCONTRO DA ANPAD, 36. 2012, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2012.

PAIVA, K. C. M.; DUTRA, M. R. S.; LUZ, T. R. Comprometimento organizacional de trabalhadores de call center. Revista de Administração da USP, v. 50, n. 3, p. 310-324, 2015.

PAIVA, K. C. M.; DUTRA, M. R. S.; LUZ, T. R. Comprometimento organizacional: um estudo com trabalhadores de um call center. In: ENCONTRO DE GESTÃO DE PESSOAS E RELAÇÕES DE TRABALHO, 4. 2013, Brasília. Anais... Brasília, DF: ANPAD, 2013.

PARKER, S. K. et al. Making the most of structural support: moderating influence of employees’ clarity and negative affect. Academy of Management Journal, v. 56, n. 3, p. 867-892, 2013.

PEARSON, C. M.; PORATH, C. L. On the nature, consequences and remedies of workplace incivility: No time for “nice”?Think again. Academy of Management Executive, v. 19, n. 1, p. 7-18, 2005.

PEREZ, L. F. Apontamentos sobre juventude, religião e valores. In: PEREZ, L. F.; TAVARES, F.; CAMURÇA, M. Ser jovem em Minas Gerais. 99-123 p. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2009.

PORTO, J. B. et al. Análise fatorial confirmatória da escala de valores relativos ao trabalho. In: ENCONTRO DA ANPAD, 30. 2006, Salvador. Anais... Salvador: ANPAD, 2006.

PORTO, J. B.; TAMAYO, A. Escala de valores relativos ao trabalho: EVT. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 19, n. 2, p. 145-152, 2003.

PORTO, J. B.; TAMAYO, A. Valores do trabalho. In: SIQUEIRA M. M. M. (Org.). Medidas do comportamento organizacional. 295-307 p. Porto Alegre: Artmed, 2008.

RALSTON, D. A. et al. The impact of national culture and economic ideology on managerial work values: a study of the United States, Russia, Japan, and China. Journal of International Business Studies, v. 28, n. 1, p. 177-207, 1997.

ROKEACH, M. Crenças, atitudes e valores. Rio de Janeiro: Interciência, 1981.

ROKEACH, M. The nature of human values. New York: Free Press, 1973.

ROS, M. Psicologia social dos valores: uma perspectiva histórica. In: ROS, M.; GOUVEIA, V. V. (Org.). Psicologia social dos valores humanos. 23-53 p. São Paulo: Senac, 2006.

ROS, M.; SCHWARTZ, S. H.; SURKISS, S. Basic individual values, work values, and the meaning of work. Applied Psychology: An International Review, v. 48, p. 49-71, 1999.

SCHWARTZ, S. H. A theory of cultural values and some implications for work. Applied Psychology: An International Review, v. 48, p. 23-47, 1999.

SCHWARTZ, S. H. Universals in the content and structure of values: theoretical advances and empirical tests in 20 countries. In: ZANNA, M. (Org.). Advances in experimental social psychology. v. 25, 1-65 p. Orlando, FL: Academic Press, 1992.

SCHWARTZ, S. H. Valores humanos básicos: seu contexto e estrutura intercultural. In: TAMAYO, A.; PORTO, J. B. (Org.). Valores e comportamento nas organizações. 21-55 p. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

SENNETT, R. A corrosão do caráter. Rio de Janeiro: Record, 2007.

SILVA, A. B. A fenomenologia como método de pesquisa em estudos organizacionais. In: SILVA, A. B.; GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R. (Org.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais. 267-297 p. São Paulo: Saraiva, 2006.

SILVA, J. R. G. et al.; Operadores de call center: inconsistências e desafios da gestão de pessoas. In: ENCONTRO DA ANPAD, 26. 2002, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2002.

SILVA, M. F.; BORINI, F. M.; TREVISAN, L. N. Práticas organizacionais dos call centers. In: ENCONTRO DA ANPAD, 31. 2007, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2007.

TAMAYO, A. Impacto dos valores pessoais e organizacionais sobre o comportamento organizacional. In: TAMAYO, A.; PORTO, J. B. Valores e comportamento nas organizações. 160-186 p. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

TAMAYO, A. Valores organizacionais. In: SIQUEIRA M. M. M. (Org.). Medidas do comportamento organizacional. 309-340 p. Porto Alegre: Artmed, 2008.

TAMAYO, A.; BORGES, L. O. Valores do trabalho e das organizações. In: ROS, M.; GOUVEIA, V. V. (Org.). Psicologia social dos valores humanos. 397-431 p. São Paulo: Senac, 2006.

TAMAYO, A.; GONDIM, M. G. C. Escala de valores organizacionais. Revista de Administração, v. 31, n. 2, p. 62-72, 1996.

TAMAYO, A.; MENDES, A. M.; PAZ, M. G. T. Inventário de valores organizacionais. Estudos de Psicologia, v. 5, n. 2, p. 289-315, 2000.

TEIXEIRA, J. C.; NASCIMENTO, M. C. R.; ANTONIALLI, L. M. Perfil de estudos em administração que utilizaram triangulação metodológica: uma análise dos anais do EnANPAD de 2007 a 2011. Revista de Administração, v. 48, n. 4, p. 800-812, 2013.

TEIXEIRA, M. L. M. Valores humanos & gestão. São Paulo: Senac, 2008.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2009.

VIEIRA, P. R.; CARDOSO, A. S. R. Construção, desconstrução e reconstrução de sistemas de valores nas organizações. Cad. EBAPE.BR, v. 1, n. 2, p. 1-11, 2003.

ANDRADE, D. L. Valores organizacionais e do trabalho: um estudo com agentes prisionais e agentes socioeducativos em Belo Horizonte. 127f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, 2011.

V ASCONCELLOS, L. H. R.; MARX, R.; FIGUEIREDO, J. C. B. A contribuição do call center para a inovação em empresas de serviço no Brasil. In: ENCONTRO DA ANPAD, 35. 2011, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2011.