Capital Humano e Desenvolvimento Econômico no Rio Grande do Sul: Uma Abordagem Multivariada Outros Idiomas

ID:
44739
Resumo:
Este artigo propõe uma análise a partir das teorias que associam o capital humano ao processo de desenvolvimento econômico. O método utilizado é composto por técnicas de estatística multivariada, principalmente a Análise Fatorial Exploratória (AFE) e Análise de Conglomerados. Foram selecionadas estatísticas dos 496 municípios do Estado do Rio Grande do Sul de acordo com sua capacidade de explicar as dinâmicas de concentração de renda, qualidade da educação e saúde, pobreza, educação e trabalho formal. Entre os resultados, destaca-se a associação positiva e direta entre os níveis de educação formal e de desenvolvimento econômico, o que valida as contribuições teóricas de Theodore William Schultz e demais autores que derivam de sua linhagem. Os resultados apontam para a importância de romper os paradigmas atuais e pensar a política educacional para além da retórica dos discursos oficiais e superar os desafios contemporâneos.
Citação ABNT:
COSTA, N. L.; COSTA, V. O.; MATTOS, C. A. C.; TEIXEIRA, O. A.; FLORES, A. J.; OLIVEIRA, G. N. Capital Humano e Desenvolvimento Econômico no Rio Grande do Sul: Uma Abordagem Multivariada . Desenvolvimento em Questão, v. 15, n. 38, p. 380-402, 2017.
Citação APA:
Costa, N. L., Costa, V. O., Mattos, C. A. C., Teixeira, O. A., Flores, A. J., & Oliveira, G. N. (2017). Capital Humano e Desenvolvimento Econômico no Rio Grande do Sul: Uma Abordagem Multivariada . Desenvolvimento em Questão, 15(38), 380-402.
DOI:
http://dx.doi.org/10.21527/2237-6453.2017.38.380-402
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/44739/capital-humano-e-desenvolvimento-economico-no-rio-grande-do-sul--uma-abordagem-multivariada-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BRASIL. Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. [S.l.]: PNUD, 2013.

CASSIOLATO, José Eduardo. A economia do conhecimento e as novas políticas industriais e tecnológicas. Informação e globalização na era do conhecimento. Rio de Janeiro: Campus, p. 164-190, 1999.

CORRAR, Luiz J.; PAULO, Edilson; DIAS FILHO, José Maria. Análise multivariada: para os cursos de administração, ciências contábeis e economia. São Paulo: Atlas, 2014.

CÔTÉ, Sylvain. La contribution des capacités humaines et sociales. Isuma, Revue Canadienne de Recherche sur les Politiques, v. 2, n. 1, 2001.

FÁVERO, L. P. et al. Análise de dados – modelagem multivariada para tomada de decisões. São Paulo: Ed. Campus, 2009.

HAIR JR., J. F. et al. Análise multivariada de dados. Porto Alegre: Bookman, 2009.

LASTRES, Helena M. M.; ALBAGLI, Sarita (Org.). Informação e globalização na era do conhecimento. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1999.

LASTRES, Helena. Novas políticas na economia do conhecimento e do aprendizado. Nota Técnica n° 25, IE/UFRJ, 2000.

MARSHALL, Alfred. Princípios de economia. São Paulo: Síntesis, 2005.

NERI, Marcelo. Políticas estruturais de combate à pobreza no Brasil. In: HENRIQUES, Ricardo (Coord.). Desigualdade e pobreza no Brasil. Rio de Janeiro: Ipea, 2000.

PETROCCHI, Mario. Gestão de pólos turísticos. São Paulo: Futura, 2001.

PIRES, Valdemir. Economia da educação: para além do capital humano. São Paulo: Cortez, 2005.

PUTNAM, Robert David; HELLIWELL, John F. Education and Social Capital. Cambridge: National Bureau of Economic Research, 1999.

SCHULTZ, Theodore W. Investindo no povo. O segredo econômico da qualidade da população. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1987.

SCHULTZ, Theodore W. O capital humano. Investimento em educação e pesquisa. Rio de Janeiro: Zahar, 1973.

SCHULTZ, Theodore W. O desafio da educação superior no Brasil: quais são as perspectivas? In: SIMPÓSIO BRASILEIRO, 19., CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE POLÍTICA DE ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 1.. Santos, 1973. Anais... Santos, 1973.

SPEARMAN, C. General inteligence objectively determined and measured. American Journal of Psychology, v. 15, p. 201-293, 1904.