The Sustainability of Cooperative Intelligence as an Alternative to the Small and Medium-Sized Cities, the Disposal of Municipal Solid Waste for Power Generation Outros Idiomas

ID:
45915
Resumo:
The purpose of the research is to present to the Brazilian municipalities, in particular, to the people of Paraná, a methodology for the formation of municipalities public consortia, in order to assist them to comply with federal legislation regarding the National Program for the Management of Urban Solid Waste. In this context, the survey outlined the consortium structure in Brazil, as well as the conventional systematics of the management of Urban Solid Waste, as well as its destination and reuse, as well as evaluating successful initiatives in other nations. Allied to this, the research also proposes to evaluate two technologies for the destination and treatment of Urban Solid Waste. The character of the evaluation is to analyze, identify and compare results between them. The project focused on a traditional technology that is the landfill and in another that is an innovative technology, which is gasification. The focus of the research is to highlight the importance of cooperative intelligence, especially when there are common problems, in the search for joint solutions, as well as to present technological alternatives that, in addition to providing a solution to the problem of management and destination of Urban Solid Waste, can contribute to The achievement of direct and indirect benefits, both in the environmental, social and economic sphere, the basis of sustainability. For that, the work had as methodological reference the realization of technical visits in both the Cascavel Sanitary Landfill, in the State of Paraná, as well as in the Carbogás Pilot Project in Mauá, State of São Paulo. The results obtained consisted in the presentation of a referential methodology for the formation of municipalities Consortia, as well as comparative results among the technological models that can aid in decision making.
Citação ABNT:
ALVES, F. C.; FIGUEIRA, I. F. R.; SANTOS, A. F. D. The Sustainability of Cooperative Intelligence as an Alternative to the Small and Medium-Sized Cities, the Disposal of Municipal Solid Waste for Power Generation. Revista Brasileira de Estratégia, v. 10, n. 2, p. 276-298, 2017.
Citação APA:
Alves, F. C., Figueira, I. F. R., & Santos, A. F. D. (2017). The Sustainability of Cooperative Intelligence as an Alternative to the Small and Medium-Sized Cities, the Disposal of Municipal Solid Waste for Power Generation. Revista Brasileira de Estratégia, 10(2), 276-298.
DOI:
10.7213/rebrae.10.002.AO06
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/45915/the-sustainability-of-cooperative-intelligence-as-an-alternative-to-the-small-and-medium-sized-cities--the-disposal-of-municipal-solid-waste-for-power-generation/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Inglês
Referências:
ABELPE – Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. São Paulo: Associação Brasileira das empresas de limpeza pública e resíduos especiais, 2013.

ABRUCIO, F. L; DIEGUEZ, R. C; FILIPPIM, E. S. Inovação na cooperação intermunicipal no Brasil: a experiência da Federação Catarinense de Municípios (FECAM) na Construção de Consórcios Públicos. Revista Pública Brasileira, Rio de Janeiro: 2013.

ALVES, F. C. A Sustentabilidade Econômica das Micro e Pequenas Empresas = MPE'S como alternativa de Desenvolvimento Local, in: DISSERTAÇÃO DE MESTRADO, Universidade Internacional de Lisboa, Lisboa, Portugal: 2008.

ANDRADE, M. L. C; MACHADO, J. A. A Cooperação Intergovernamental, Consórcios Públicos e Sistemas de Custo e Benefícios. Revista Pública Brasileira, Rio de Janeiro: 2014.

BARBOSA, R. P; IBRAHIM, F. I. D. Resíduos Sólidos – Impactos Manejo e Gestão ambiental, São Paulo: Érica/Saraiva, 2014.

BATISTA, S. As Possibilidades de Implementação do Consórcio Público. Volumes I, II e III. Brasília: Caixa Econômica Federal, 2011.

BOTTEGA, L. D; SOUZA, N. M. Estimativa do potencial de geração de energia através do biogás gerado pelo lixo urbano na cidade de Cascavel – Pr. 1º Encontro Anual de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação – UNIOESTE, Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, Cascavel – PR, 2015.

BRASIL, Lei nº 11.107 de 06 de abril de 2005. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, DF, de 07/04/2005, P. 1.

BRASIL, Lei nº 12.305/2010 de 02 de agosto de 2010. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, DF, de 03/08/2010, P. 2.

CNM – Cooperação Federativa e a Lei dos Consórcios Públicos – Brasília: Confederação Nacional do Municípios, 2007

FREIRES, F. G. M; PINHEIRO, F. A. Os resíduos sólidos e a logística reversa – Gestão Ambiental de Unidades Produtivas. Organizadores: Paulo José Adissi, Francisco Alves Pinheiro e Rosângela da Silva Cardoso. Rio de Janeiro, Elsevier, 2013.

GOLDEMBERG, J; LUCON, O. Energia – Meio Ambiente e Desenvolvimento. São Paulo: Editora USP, 2008.

HENRICHS, R. A; KLEINBACH, M; REIS, L. B. Energia e Meio Ambiente. São Paulo: Cengage, 2016.

IAP – Relatório da situação da destinação final dos Resíduos Sólidos Urbanos, no Estado do Paraná. Curitiba: Instituto Ambiental do Paraná, 2013.

IBRAHIM, F. I. D; IBRAHIM, F. J; CANTUÁRIA, E. R. Análise Ambiental Gerenciamento de Resíduos e Tratamento de Efluentes. São Paulo: Érica/Saraiva, 2015.

INFIESTA, L. R. Gaseificação de RSU, no Vale do Paranapanema Projeto CIVAP, in: Monografia, PECE USP, São Paulo: 2015.

JACOBI, P. Gestão Compartilhada dos Resíduos Sólidos no Brasil – Inovação com Inclusão Social, São Paulo: Anna-blume, 2006.

MACHADO, J. A; ANDRADE, M. L. C. Cooperação intergovernamental, consórcios públicos e sistemas de distribuição de custos e benefícios – Rio de Janeiro: Revista de Administração Pública, 2014.

MMA – Manual para elaboração de plano de gestão integrada de resíduos sólidos dos consórcios públicos – Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2010.

MMA – Manual para implantação de sistema de apropriação e recuperação de custos dos consórcios prioritários dos resíduos sólidos – Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2010.

NETO, P. N. Resíduos Sólidos Urbanos, São Paulo: Atlas, 2013.

PHILIPPI Jr, A; et al. Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. Organização: Arnaldo Jardim, Consuelo Yoshida e José Valverde Machado Filho. Barueri: Manole, 2012.

RANDOLPH, R. Fóruns Políticos, Exercício do Poder e Arranjos Territoriais: Contexto para formulação de Políticas Regionais de Desenvolvimento no Brasil. Revsita Electronica de Geografía y Ciencias Sociales. Universidade de Barcelona, Barcelona, Espanha: 2014.

SANTOS, L. O. E; TAUCHEN, J. A. Uso do biogás proveniente de um aterro sanitário para geração de energia: Estudo de caso do aterro municipal de Cascavel – PR, 1ª Semana Acadêmica de Engenharia da Produção – FAHOR – Horizontina – RS – 2010.

SILVA, R. M. Energia e Sustentabilidade – Gestão Ambiental de Unidades Produtivas. Organizadores: Paulo José Adissi, Francisco Alves Pinheiro, Rosângela da Silva Cardoso. Rio de Janeiro. Elsevier, 2013.

TEIXEIRA, L. S; MENEGUIN, F. B. Os consórcios intermunicipais aumentam a eficiência do setor público? – São Paulo: Instituto Braudel, 2012

WORLD BANK. Relatório do Banco Mundial – What a waste: A global review of solid waste managementWashington: World Bank, 2012.