Análise da carga tributária das empresas de construção civil listadas na BM&FBovespa

ID:
46183
Resumo:
A Demonstração do Valor Adicionado (DVA) tem papel fundamental de evidenciar a contribuição de cada empresa na geração da riqueza nacional, na formação do Produto Interno Bruto (BIP) do município, estado ou país em que está inserida. Sendo assim, por meio da DVA torna-se possível avaliar quantitativa e qualitativamente a respectiva carga tributária suportada pela empresa, bem como permitir uma comparação imediata com outras companhias do mesmo setor, ou entre setores distintos, relativamente a essa carga. Logo, o objetivo deste artigo foi avaliar a distribuição da riqueza gerada pelas empresas de construção civil listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa), em relação aos tributos federais, estaduais e municipais durante 5 anos, de 2009 a 2013, mostrando em qual âmbito de governo se concentra a maior parte da carga tributária dessas empresas. O artigo foi baseado em pesquisa descritiva, documental, quantitativa e qualitativa, para chegar a um nível maior de detalhamento das informações. O resultado da análise mostrou que a carga tributária das empresas está em torno de 20%, sendo que os tributos federais concentram mais de 85% da carga tributária auferida por essas empresas.
Citação ABNT:
LIMA, M. S.; ALENCAR, R. C. Análise da carga tributária das empresas de construção civil listadas na BM&FBovespa. Revista Mineira de Contabilidade, v. 4, n. 56, p. 26-35, 2014.
Citação APA:
Lima, M. S., & Alencar, R. C. (2014). Análise da carga tributária das empresas de construção civil listadas na BM&FBovespa. Revista Mineira de Contabilidade, 4(56), 26-35.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/46183/analise-da-carga-tributaria-das-empresas-de-construcao-civil-listadas-na-bm-fbovespa/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português