Comunicação em Projetos: Um Estudo de Levantamento desse Fator Crítico de Sucesso Outros Idiomas

ID:
46923
Resumo:
Sabe-se que a comunicação é um problema, entretanto, a maioria dos estudos apenas a identifica como tal, não especificando onde, quando ou com quem acontece as falhas de comunicação em projetos. Fatores Críticos de Sucesso (FCS) tem a finalidade de medir o desempenho do projeto, logo, este trabalho tem como objetivo principal identificar e analisar a comunicação como um Fator Crítico de Sucesso (FCS) na gestão de projetos de áreas diversas. Como método foi realizada uma pesquisa de levantamento (survey), aplicando-se um questionário validado pelo coeficiente alfa de Cronbach. A amostra constituiu de 89 profissionais que trabalham com projetos. Os resultados mostram que 100% dos entrevistados acreditam que a comunicação é um FCS. As reuniões são um meio de comunicação, 11% relataram que os objetivos são poucas vezes atingidos devido discussões paralelas, desvios de assuntos, quando não há reuniões desnecessárias.
Citação ABNT:
MOLENA, A.; ROVAI, R. L.; ROSA, C. D. P.; PLONSK, G. A. Comunicação em Projetos: Um Estudo de Levantamento desse Fator Crítico de Sucesso . Revista Gestão & Planejamento, v. 18, n. 1, p. 140-159, 2017.
Citação APA:
Molena, A., Rovai, R. L., Rosa, C. D. P., & Plonsk, G. A. (2017). Comunicação em Projetos: Um Estudo de Levantamento desse Fator Crítico de Sucesso . Revista Gestão & Planejamento, 18(1), 140-159.
DOI:
10.21714/2178-8030gep.v18.3493
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/46923/comunicacao-em-projetos--um-estudo-de-levantamento-desse-fator-critico-de-sucesso---/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Aaltonen, K.; Sivonen, R. (2009). Response strategies to stakeholder pressures in global projects. International Journal of Project Management, 27(2), 131-141. doi: 10.1016/j.ijproman.2008.09.007

Abe, C. K.; de Carvalho, M. M. (2006). Fatores críticos para a implementação do Escritório de Projetos: um estudo de caso. GEPROS. Gestão da Produção, Operações e Sistemas (2), 61.

Alcará, A. R.; Di Chiara, I. G.; Rodrigues, J. L.; Tomaél, M. I.; Piedade, V. C. H. (2009). Fatores que influenciam o compartilhamento da informação e do conhecimento. Perspectivas em Ciência da Informação, 14(1), 170-191.

Almeida, L. M. de S.; Souza, L. G. M. de; Mello, C. H. P. (2010). Internal communication as a marketing tool to quality promotion: case study in a global communication company. Gestão & Produccão, 17(1), 19-34.

Alves, L. E. F. (2005). O Compartilhamento do conhecimento nas organizações: um estudo desconstrucionista. Dissertation. Recuperado 10 de setembro de 2014, de http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/3877

Anantatmula, V.; Thomas, M. (2010). Managing global projects: A structured approach for better performance. Project Management Journal, 41(2), 60-72. doi: 10.1002/pmj.20168

Bullen, C. V.; Rockart, J. F. (1981). A primer on critical success factors. Working papers, 1220-1281.

Cardoso, O de O. (2006). Comunicação empresarial versus comunicação organizacional: novos desafios teóricos. Revista de Administração Pública, 40(6), 1123-1144. doi: 10.1590/S0034-76122006000600010

Carvalho, M. M. de; Mirandola, D. (2007). A comunicação em projetos de TI: uma análise comparativa das equipes de sistemas e de negócios. Produção, 17(2), 330-342. doi: 10.1590/S0103-65132007000200009

Carvalho, M. M. de; Rabechini , Jr, R. (2011). Fundamentos em Gestão de Projetos: Construindo competências para gerenciar projetos. 3a ed. São Paulo-SP: Atlas Editora.

Chaves, M. S. (2013). WEB 2.0 Technologies to Support Lessons Learned in Project Management. Apresentado em II Simpósio Internacional de Gestão de Projetos, São Paulo (SP): UNINOVE. http://www.singep.org.br/index.php?conference=IISINGEP_IS2IS&schedConf=IISINGEP_IS2IS.

Chow, T.; Cao, D. B. (2008). A survey study of critical success factors in agile software projects. Journal of Systems and Software, 81(6), 961-971. doi: 10.1016/j.jss.2007.08.020

Coughlan, J.; Lycett, M.; Macredie, R. D. (2003). Communication issues in requirements elicitation: a content analysis of stakeholder experiences. Information and Software Technology, 45(8), 525-537. doi: 10.1016/S09505849(03)00032-6

Cronbach, L. J. (1951). Coefficient alpha and the internal structure of tests. Psychometrika, 16(3), 297-334. doi: 10.1007/BF02310555

Daim, T. U.; Ha, A.; Reutiman, S.; Hughes, B.; Pathak, U.; Bynum, W.; Bhatla, A. (2012). Exploring the communication breakdown in global virtual teams. International Journal of Project Management, 30(2), 199- 212. doi: 10.1016/j.ijproman.2011.06.004

Diallo, A.; Thuillier, D. (2005). The success of international development projects, trust and communication: an African perspective. International Journal of Project Management, 23(3), 237-252. doi: 10.1016/j.ijproman.2004.10.002

Fiúza, M. S. S.; Kilimnik, Z. M. (2006). Mensuração da Qualidade de Comunicação: Identificação de Indicadores em uma Instituição de Ensino Superior. Gestão & Planejamento - G&P, 1(13). http://www.revistas.unifacs.br/index.php/rgb/article/view/208

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo, SP: Atlas Editora.

Hofstede, G. (1983). The cultural relativity of organizational practices and theories. Journal of international business studies, 14(2), 75-89.

Johannessen, J.-A.; Olsen, B. (2011). Projects as communicating systems: Creating a culture of innovation and performance. International Journal of Information Management, 31(1), 30-37. doi: 10.1016/j.ijinfomgt.2010.04.006

Johansen, J. (2005). Information resources project management communication: personal and environmental barriers. Journal of Information Science, 31(2), 91-98. doi: 10.1177/0165551505050786

Karlsen, J. T. (2010). Project owner involvement for information and knowledge sharing in uncertainty management. International Journal of Managing Projects in Business, 3(4), 642-660. doi: 10.1108/17538371011076091

Kolotelo, J. (2007). O papel da Comunicação na Gestão por Projetos: Um estudo de caso em empresa paraestatal. Revista Gestão Industrial, 3(2). doi: 10.3895/S1808-04482007000200008

Kunsch, M. M. K. (1989). Intencionalidade e transintencionalidade na comunicação publicitária. Comunicação & Sociedade, 9(16), 57-70.

Leitão, S. P.; Fortunato, G.; Freitas, A. S. de. (2006). Relacionamentos interpessoais e emoções nas organizações: uma visão biológica. Revista de Administração Pública, 40(5), 883-907. doi: 10.1590/S003476122006000500007

Liberman, C. (2010). Communication and organizational knowledge: Contemporary issues for theory and practice. Journal of Communication, 60(4), E16-E18. doi: 10.1111/j.1460-2466.2010.01517.x

Lies, J. (2012). Internal communication as power management in change processes: Study on the possibilities and the reality of change communications. Public Relations Review, 38(2), 255-261. doi: 10.1016/j.pubrev.2011.12.015

Lu, X. H.; Huang, L. H.; Heng, M. S. H. (2006). Critical success factors of inter-organizational information systems—A case study of Cisco and Xiao Tong in China. Information & Management, 43(3), 395-408. doi: 10.1016/j.im.2005.06.007

Malhotra, N. K. (2006). Pesquisa de Marketing: uma orientação aplicada. 4. ed. Porto Alegre: Bookman

Marques, J. F. (2010). Enhancing the quality of organizational communication: A presentation of reflectionbased criteria. Journal of Communication Management, 14(1), 47-58. doi: 10.1108/13632541011017807

Marques Junior, L. J.; Rabechini Jr, R.; Toledo, N. N. (2002). Grau de maturidade em gestão de projetos. In In Memórias em CD do Capítulo Venezuela do PMI Project Management Institute. (Vol. 3). Caracas.

Martins, S. B.; Maccari, E. A.; Martins, C. B. (2012). Os fatores que influenciaram o tempo de execução de um projeto numa empresa de tecnologia da informação. Ciências Sociais em Perspectiva, 11(21). Recuperado de http://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/7290

Mele, C. (2011). Conflicts and value cocreation in project networks. Industrial Marketing Management, 40(8), 1377-1385. doi: 10.1016/j.indmarman.2011.06.033

Moenaert, R. K.; Caeldries, F.; Lievens, A.; Wauters, E. (2000). Communication flows in international product innovation teams. Journal of Product Innovation Management, 17(5), 360-377.

Molena, A. (2011). A Comunicação Na Gestão de Projetos. 1 ed. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna.

Monge, P.; Poole, M. S. (2008). The Evolution of Organizational Communication. Journal of Communication, 58(4), 679-692. doi: 10.1111/j.1460-2466.2008.00408.x

Montoya, M. M.; Massey, A. P.; Hung, Y.-T. C.; Crisp, C. B. (2009). Can You Hear Me Now?Communication in Virtual Product Development Teams. Journal of Product Innovation Management, 26(2), 139-155. doi: 10.1111/j.1540-5885.2009.00342.x/full

Moresi, E. A. D. (2000). Delineando o valor do sistema de informacão de uma organizacão. Revista Ciência da Informação, 29(1), 14-24.

Nonaka, I. (1994). A dynamic theory of organizational knowledge creation. Organization science, 5(1), 14-37.

Nonaka, I.; Toyama, R.; Konno, N. (2000). SECI, Ba and Leadership: a Unified Model of Dynamic Knowledge Creation. Long Range Planning, 33(1), 5-34. doi: 10.1016/S0024-6301(99)00115-6

Oliveira, R. R. de; Jungles, A. E. (2011). A Relação da Comunicação e Gestão de Obras como um Processo de Transformação Conversações/Textos. RAC - Revista de Administração Contemporânea, 15(3), 476 - 497. http://search.ebscohost.com/login.aspx?direct=true&db=a9h&AN=62007528&lang=ptbr&site=ehost-live

Preciado-Hoyos, A.; Guzmán-Ramírez, H. (2012). Gestión de la comunicación estratégica en los sectores empresarial, de desarrollo y público.Estudio comparativo. Palabra Clave, 15(1), 128-159.

Pritchard, C. L. (2004). The project management communications toolkit. Boston, MA: Artech House.

Project Management Institute. (2012). A guide to the project management body of knowledge (PMBOK guide). Fifth ed. Project Management Institute, Inc.

Project Management Institute, Inc. (2013). Pulse of the Profession.Mark A. Langley. http://www.pmi.org/Knowledge-Center/Pulse/~/media/PDF/Business-Solutions/The-High-Cost-LowPerformance-The-Essential-Role-of-Communications.ashx

Project Management Institute, Inc. (2015). Sobre. http://www.pmisp.org.br/sobre

Rabaça, C. A.; Barbosa, G. G. (2001). Dicionário de comunicação. Editora Campus. http://books.google.com.br/books?id=HoBbAAAACAAJ

Rabechini Jr, R.; Carvalho, M. M. de; Laurindo, F. J. B. (2002). Fatores críticos para implementação de gerenciamento por projetos: o caso de uma organização de pesquisa. Produção, 12(2), 28-41. doi: 10.1590/S0103-65132002000200004

Rabechini Junior, R.; Carvalho, M. M. de, Rodrigues, I.; Sbragia, R. (2011). A organização da atividade de gerenciamento de projetos: os nexos com competências e estrutura. Gestão & Produção, 18(2), 409-424. doi: 10.1590/S0104-530X2011000200014

Rockart, J. F. (1979). Chief executives define their own data needs. Harvard business review, 57(2), 81-93.

Rockart, John Fralick; Crescenzi, A. D. (1984). Engaging top management in information technology. Sloan Management Review, 25(4), 3-16.

Rodrigues, I.; Sbragia, R. (2011). Culture and performance of global-project teams: A study in Brazilian multinational companies. In Technology Management in the Energy Smart World (PICMET), 2011 Proceedings of PICMET ’11: (p. 1-15).

Rodrigues, Ivete, Rabechini Júnior, R.; Csillag, J. M. (2006). Os escritórios de projetos como indutores de maturidade em gestão de projetos. Revista de Administracao da Universidade de São Paulo, 41(3). Recuperado de http://www.rausp.usp.br/busca/artigo.asp?num_artigo=1199

Ruck, K.; Welch, M. (2012). Valuing internal communication; management and employee perspectives. Public Relations Review, 38(2), 294-302. doi: 10.1016/j.pubrev.2011.12.016

Saiedian, H.; Dale, R. (2000). Requirements engineering: making the connection between the software developer and customer. Information and Software Technology, 42(6), 419-428.

Senescu, R. R.; Haymaker, J. R. (2013). Evaluating and improving the effectiveness and efficiency of design process communication. Advanced Engineering Informatics, 27(2), 299-313. doi: 10.1016/j.aei.2013.01.003

Shenhar, A. (2011). Meeting Time, Cost, and Moneymaking Goals with Strategic Project Leadership. PMI Global Congress Proceedings, (Published as part of 2011). Recuperado de https://my.pmi.org/knowledge/library

Silva Junior, S. D.; Luciano, E. M. (2010). Proposta de mapa estratégico sob a perspectiva dos fatores críticos para a maturidade em gestão de projetos. Revista de Gestão e Projetos, 1(1). doi: 10.5585/gep.v1i1.3

Silveira, F. F.; Sbragia, R. (2010). As Práticas de Comunicação em Projetos Globais de Desenvolvimento de Produtos em Multinacionais Brasileiras. Revista de Administração, v. 45, n. 2, art. 4, p. 142-155.

Souza, Marconi Brasil Soares de; Rodrigues, A. A. (2012). O Processo de Comunicacão no Projeto PROFISCO/RN. Revista de Gestão e Projetos, 3(3), 88-108. doi: DOI: 10.5585/gep.v3i3.80

Souza, M. B. S.; Rodrigues, A. A. (2012). O processo de comunicação no Projeto Profisco/RN. Revista de Gestão e Projetos .; 3(3), 88-108. doi: 10.5585/gep

Spanhol, G. (2009). As Tecnologias da Informação e Comunicação e a Gestão do Conhecimento como apoio ao Gerenciamento das Comunicações em Projetos. Revista Gestão Industrial, 5(1), 43-58. doi: 10.3895/S180804482009000100003

Tassigny, M. M.; Brasil, M V de O.; Bugarim, M. C.; Nogueira, F. L. B. M. (2012). Blog: ferramenta estratégica de comunicação organizacional. Revista de Administração da UFSM, 5(2). doi: 10.5902/198346594809

Theóphilo, C. R.; Martins, G. de A. (2009). Metodologia da Investigação Científica para Ciências Sociais Aplicadas (2o ed). Atlas Editora. Recuperado de http://www.editoraatlas.com.br/atlas/webapp/detalhes_produto.aspx?prd_des_ean13=9788522455683

Tonet, H. C.; Paz, M. das G. T. da. (2006). Um modelo para o compartilhamento de conhecimento no trabalho. Revista de Administração Contemporânea, 10(2), 75-94. doi: 10.1590/S1415-65552006000200005

Verburg, R. M.; Bosch-Sijtsema, P.; Vartiainen, M. (2013). Getting it done: Critical success factors for project managers in virtual work settings. International Journal of Project Management, 31(1), 68-79. doi: 10.1016/j.ijproman.2012.04.005

Welch, M.; Jackson, P. R. (2007). Rethinking internal communication: a stakeholder approach. Corporate Communications: An International Journal, 12(2), 177-198. doi: 10.1108/13563280710744847

Yazici, H. J. (2009). The role of project management maturity and organizational culture in perceived performance. Project Management Journal, 40(3), 14-33. doi: 10.1002/pmj.20121