Satisfação dos Funcionários e Estilos de Liderança: Existe uma Relação? Outros Idiomas

ID:
46982
Resumo:
Esta pesquisa aborda a existência de relação entre a satisfação dos funcionários e os estilos de liderança, na percepção dos gestores e dos seus liderados em empresas contábeis de Belo Horizonte. A verificação desta relação foi realizada através do coeficiente de Spearman e constatou-se a presença de associação entre a satisfação dos funcionários e o estilo de liderança transformacional, do ponto de vista dos liderados. Os resultados evidenciam que o fator financeiro tem influência na satisfação, mas não a ponto de impactar negativamente na mesma, ou seja, funcionários que não se apresentam satisfeitos com os salários tem altos índices de satisfação relacionados ao estilo de liderança adotado pela empresa.
Citação ABNT:
SILVA, M. M. B.; NASCIMENTO, E. M.; CUNHA, J. V. A. Satisfação dos Funcionários e Estilos de Liderança: Existe uma Relação? . Revista Capital Científico - Eletrônica, v. 15, n. 4, p. 71-89, 2017.
Citação APA:
Silva, M. M. B., Nascimento, E. M., & Cunha, J. V. A. (2017). Satisfação dos Funcionários e Estilos de Liderança: Existe uma Relação? . Revista Capital Científico - Eletrônica, 15(4), 71-89.
DOI:
10.5935/2177-4153.20170030
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/46982/satisfacao-dos-funcionarios-e-estilos-de-lideranca--existe-uma-relacao----/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ARAÚJO, José Newton Garcia de; SOUKI, Léa Guimarães; FARIA, Carlos Aurélio Pimenta de. Figura Paterna e Ordem Social – Tutela, autoridade e legitimidade nas sociedades contemporâneas. Belo Horizonte: Autêntica, PUC Minas, 2001.

BABALOLA, Sunday Samson. The effect of leadership style, job satisfaction and employeesupervisor relationship on job performance and organizational commitment. Journal of Applied Business Research (JABR), v. 32, n. 3, p. 935-946, 2016.

BARRETO, Leilianne Michelle Trindade da Silva; et al. Cultura Organizacional e liderança: uma relação possível? Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 48, n. 1, p. 3452, 2013.

BASS, Bernard M. Theory of transformational leadership redux. The Leadership Quarterly, v. 6, n. 4, p. 463-478, 1995.

BENEVIDES, Vítor Luciano de Almeida. Os estilos de liderança e as principais táticas de influencia utilizadas pelos líderes brasileiros. Rio de Janeiro: Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas – EBAPE, 2010. 114f. Dissertação (Mestrado Executivo em Gestão Empresarial). Curso de Mestrado Executivo em Gestão Empresarial, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas – EBAPE, Rio de Janeiro, 2010.

BENTO, Antônio Maria Veloso. Estilos de liderança dos líderes escolares da Região Autônoma da Madeira. Actas do V Simpósio sobre Organização e Gestão Escolar, Costa, 2008.

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Uma revisão da evolução histórica dos estudos e pesquisas sobre liderança enfatiza a importância de líderes organizacionais eficazes. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 34, n. 3, p. 102-114, 1994.

BLANCHARD, Ken et al. Liderança de alto nível – Como criar e liderar organizações de alto desempenho. Porto Alegre: Editora Bookman, 2011.

BRANT, Paula Sousa. A relação entre líderes e membros (LMX), estilos de liderança e seus impactos na satisfação no trabalho. Belo Horizonte: FUMEC/FACE, 2012. Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdade de Ciências Empresariais da Universidade Fumec, Belo Horizonte, 2012.

BRAUN, Susanne et al. Transformational leadership, job satisfaction, and team performance: A multilevel mediation model of trust. The Leadership Quarterly, v. 24, n. 1, p. 270-283, 2013.

CARLOTTO, Mary Sandra; CÂMARA, Sheila Gonçalves. Propriedades psicométricas do Questionário de Satisfação do Trabalho (S20/23). Psico-USF, v. 13, n. 2, p. 203-210, 2008.

CASANOVA, Adriana Santos. Estudo sobre a satisfação dos clientes internos do escritório de Porto Alegre da Pricewaterhousecoopers. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2008. 56f. Monografia (Bacharel em Administração). Departamento de Ciências Administrativas, Escola de Administração, Porto Alegre, 2008.

DEVORE, Jay L. Probabilidade e estatística: para engenharia e ciências. Pioneira Thomson Learning, 2006.

FERNANDES, João André Tavares; ROSA, Cintia Resende da. O clima organizacional: um conceito motivador para redução do Turnover. Contribuciones a la Economía, n. 2013-08, 2013.

FERREIRA, Alcir Rodrigues. Prazer e Sofrimento no trabalho de empregados de escritórios de Contabilidade em Belo Horizonte/MG. Pedro Leopoldo: Fundação Pedro Leopoldo, 2011.103f. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração). Curso de Mestrado Profissional em Administração, Fundação Pedro Leopoldo, 2011.

FERREIRA, Ana Cássia Mendes. Satisfação no trabalho de docentes de uma instituição pública de ensino superior: reflexos na qualidade de vida. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 2011.126f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem). Faculdade de Enfermagem, Goiânia, 2011.

GIRMA, Samson. The relationship between leadership style, job satisfaction and culture of the organization. IJAR, v. 2, n. 4, p. 35-45, 2016.

HICKEY, Nathan; FRANÇA, Adrian. An Accounting Firm Leadership Style and Culture. In: Auckland Region Accounting Conference 2011: Conference Papers. AUT.

HILDEBRAND, Juliana Maes. Estilos de Liderança e Satisfação no trabalho: Um estudo na Companhia Catarinense de Águas e Saneamento – Casan. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 1988. 251f. Dissertação (Mestrado em Administração). Curso de Pós Graduação em Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, 1988.

LIZOTE, Suzete Antonieta et al. Relações no Trabalho: um Estudo em Empresas Prestadoras de Serviços Contábeis. XI Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2014.

LUEPTOW, Lloyd B.; GAROVICH, Lori; LUEPTOW, Margaret B. The persistence of gender stereotypes in the face of changing sex roles: Evidence contrary to the sociocultural model. Ethology and Sociobiology, v. 16, n. 6, p. 509-530, 1995.

MARCONI, Marina Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas 2010.

MARTINEZ, Maria Carmen; PARAGUAY, Ana Isabel Bruzzi Bezerra. Satisfação e saúde no trabalho: aspectos conceituais e metodológicos. Cadernos de psicologia social do trabalho, v. 6, p. 59-78, 2003.

MELIÀ, José L.; PEIRÓ, José. M. La medida de la satisfacción laboral en contextos organizacionales: El Cuestionario de Satisfacción S20/23. Psicologemas, v. 5, p. 59-74, 1989.

MOYES, Glen D.; SHAO, Lawrence P.; NEWSOME, Michael. Comparative Analysis of Employee Job satisfaction in the Accounting Profession. Journal of Business & Economics Research, v. 6, n. 2, 2008.

NGUYEN, Thi Thu; et al. Effect of transformational-leadership style and management control system on managerial performance. Journal of Business Research, v. 70, p. 202-213, 2017.

NORRGREN, Flemming; SCHALLER, Joseph. Leadership style: its impact on crossfunctional product development. Journal of product innovation management, v. 16, n. 4, p. 377-384, 1999.

OGBONNA, Emmanuel; HARRIS, Lloyd C. Leadership style, organizational culture and performance: empirical evidence from UK companies. International Journal of Human Resource Management, v. 11, n. 4, p. 766-788, 2000.

PRODANOV, Cléber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do Trabalho Científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2 ed. Rio Grande do Sul: Universidade FEEVALE, 2013.

QUINTANEIRO, Tania; BARBOSA, Maria Ligia de Oliveira; OLIVEIRA, Márcia Gardênia de. Um toque de clássicos: Marx, Durkheim e Weber. 2 ed. Belo Horizonte: Editora UFMG. 2002.

SANTIAGO, Flávio Zola. Liderança – Características e habilidades do líder: um estudo em organizações prestadoras de serviço e consultoria em seguros no estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Universidade Fumec, 2007. 128f. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas). Faculdade de Ciências Empresariais, Universidade Fumec, 2007.

SANTOS, Fábio Alves dos. Qualidade de vida no trabalho e sua relação com a satisfação no trabalho: percepção de funcionários de uma agência bancária. Porto Velho: Universidade de Brasília, 2012. 46f. Monografia (Bacharel em Administração). Departamento de Administração, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Porto Velho, 2012.

SHAO, Zhen; FENG, Yuqiang; HU, Qing. Effectiveness of top management support in enterprise systems success: a contingency perspective of fit between leadership style and system life-cycle. European Journal of Information Systems, v. 25, n. 2, p. 131-153, 2016.

SHAPIRO, Samuel S.; FRANCIA, R. S. An approximate analysis of variance test for normality. Journal of the American Statistical Association, v. 67, n. 337, p. 215-216, 1972.

SIEGEL, Sidney; CASTELLAN JR, N. John. Estatística não-paramétrica para ciências do comportamento. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

TOMEI, Patrícia Amélia; RICHE, Leonardo. Estilo de Liderança e Desempenho organizacional: Uma descrição comparativa entre duas empresas. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 19, n. 1, p. 108-125, 2016.