Contabilidade para Usuários Externos: Uma Análise da Produção Científica Brasileira à Luz do Congresso Anpcont de 2007 a 2016 Outros Idiomas

ID:
47140
Resumo:
O objetivo deste estudo foi investigar o perfil das publicações relacionadas à contabilidade para usuários externos divulgadas, de 2007 a 2016, nos congressos da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (ANPCONT). Metodologicamente, a pesquisa utilizou as técnicas de análise bibliométrica e sociométrica. Dentre os principais achados, constatou-se que Fernando Dal-Ri Murcia, Marcelo Alvaro da Silva Macedo e Roberto Carlos Klann foram os autores mais profícuos. As instituições mais produtivas foram: USP, Fucape, UFPB, FURB, UFC e UFRJ. Observou-se pouca densidade e, ao mesmo tempo, alta centralidade de grau e de intermediação nas redes de coautoria e das instituições. Os temas mais publicados foram: gerenciamento de resultados, normas internacionais de contabilidade, disclosure, governança corporativa, informação contábil, investimento, auditoria, disclosure voluntário, gestão pública e disclosure ambiental.
Citação ABNT:
RIBEIRO, H. C. M.Contabilidade para Usuários Externos: Uma Análise da Produção Científica Brasileira à Luz do Congresso Anpcont de 2007 a 2016 . Contextus - Revista Contemporânea de Economia e Gestão, v. 15, n. 1, p. 195-220, 2017.
Citação APA:
Ribeiro, H. C. M.(2017). Contabilidade para Usuários Externos: Uma Análise da Produção Científica Brasileira à Luz do Congresso Anpcont de 2007 a 2016 . Contextus - Revista Contemporânea de Economia e Gestão, 15(1), 195-220.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/47140/contabilidade-para-usuarios-externos--uma-analise-da-producao-cientifica-brasileira-a-luz-do-congresso-anpcont-de-2007-a-2016--/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AMARAL, M. R. do et al. Perfil dos autores na produção científica em mercado financeiro de crédito e de capitais nos congressos USP de controladoria e contabilidade e congresso ANPCONT. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, v. 2, n. 2, p. 55-68, 2014.

ANJOS, C. E. L. dos et al. Produção científica na área de perícia contábil: um estudo bibliométrico em periódicos nacionais. Revista de Contabilidade da UFBA, v. 9, n. 3, 2015.

ANPCONT – Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. XI Congresso ANPCONT. . Acesso em: 06 out.2017.

ASSUNÇÃO, A B de A. Comportamento dos contadores diante de uma visão otimista ou pessimista de um ambiente econômico simulado. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis). Brasília: UnB, 2011.

BALESTRIN, A.; VERSCHOORE, J. R.; REYES JUNIOR, E. O campo de estudo sobre redes de cooperação interorganizacional no Brasil. Revista de Administração Contemporânea, v. 14, n. 3, p. 458-477, 2010.

BAPTISTA, E. M. B. Ganhos em transparência versus novos instrumentos de manipulação: o paradoxo das modificações trazidas pela lei nº 11. 638. Revista de Administração de Empresas, v. 49, n. 2, p. 234-239, 2009.

BARBOSA, G de C.; BARROS, F de O. Perfil dos autores na produção científica em contabilidade: o caso do congresso USP de controladoria e contabilidade e do congresso ANPCONT. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 29, n. 3, p. 22-33, 2010.

BARBOSA, J da S.; KLEIN, L.; COLAUTO, R. D.; BEUREN, I. M. Tridimensionalidade da linguagem contábil em publicações de periódicos científicos brasileiros. Revista Universo Contábil, v. 10, n. 3, p. 44-64, 2014.

BEUREN, I. M.; SCHLINDWEIN, A. C.; PASQUAL, D. L. Abordagem da controladoria em trabalhos publicados no Enanpad e no Congresso USP de controladoria e contabilidade de 2001 a 2006. Revista Contabilidade & Finanças, v. 18, n. 45, p. 22-37, 2007.

BONFIM, M. D. Aspectos gerais da produção científica dos programas stricto sensu em contabilidade no Brasil: um estudo baseado nas teses e dissertações. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis, Ribeirão Preto: USP, 2013.

BORGES, T. N.; FARIA, A. C. de; GIL, A. de L. Ensaio teórico sobre os fatores críticos de sucesso e pontos de falha do processo de gestão dos mestrandos em contabilidade: a ótica da metodologia DEQ. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 1, n. 3, 2007.

BRANDÃO, P de M.; BALDI, M.; ALBAN, M. (Des)Centralização da gestão pública do turismo brasileiro: análise da participação dos atores privados no Conselho Nacional de Turismo. Tourism & Management Studies, v. 10, n. Edição Especial, 193-199, 2014.

BRIZOLLA, M. M. B.; CHIARELLO, T. C.; LAVARDA, C. E. F. Abordagem a respeito da controladoria e contabilidade gerencial: um estudo das redes sociais publicado em periódicos internacionais. Revista de Gestão e Contabilidade da UFPI, v. 1, n. 1, p. 119-140, 2014.

BRUGNI, T. V. et al. Influência de dividendos sobre a informatividade dos lucros: evidências empíricas na BM&FBovespa. Revista Universo Contábil, v. 8, n. 3, p. 82-99, 2012.

BRUNELLI, M. DE Q.; MACEDO-SOARES, T. D. L. van A de; ZOUAIN, D. M.; BORGES, A. P. Scientific research in tourism: review of the literature from 2005 to 2009. Revista de Administração Pública, v. 44, n. 5, p. 1225-1240, 2010.

CARDOSO, R. L.; MENDONÇA NETO, O. R. de; RICCIO, E. L.; SAKATA, M. C. G. Pesquisa científica em contabilidade entre 1990 e 2003. Revista de Administração de Empresas, v. 45, n. 2, p. 34-45, 2005.

CARDOSO, R. L.; PEREIRA, C. A.; GUERREIRO, R. Perfil das pesquisas em contabilidade de custos apresentadas no EnANPAD no período de 1998 a 2003. Revista de Administração Contemporânea, v. 11, n. 3, p. 177-198, 2007.

CARDOSO, R. L.; SOUZA, F. S. R. N. de; DANTAS, M. M. Impactos da adoção do IFRS na acumulação discricionária e na pesquisa em gerenciamento de resultados no Brasil. Revista Universo Contábil, v. 11, n. 2, p. 65-84, 2015.

COELHO, A. C.; SOUTES, D. O.; MARTINS, G de A. Abordagens metodológicas na área “contabilidade para usuários externos” – Enanpad: 2005-2006. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 4, n. 1, p. 18-37, 2010.

COELHO, C. M. P.; NIYAMA, J. K.; RODRIGUES, J. M. Análise da qualidade da informação contábil frente a implementação dos IFRS: uma pesquisa baseada nos periódicos internacionais (1999 a 2010). Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 6, n. 2, p. 7-20, 2011.

CORREA, J. C.; GONÇALVES, M. N.; MORAES, R. de O. Disclosure ambiental das companhias do setor de petróleo, gás e biocombustíveis listadas na BM&FBovespa: uma análise à luz da teoria da legitimidade. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 4, n. 3. p. 139-154, 2015.

COSENZA, J. P. et al. Análise das características e similaridades presentes na produção científica dos congressos ANPCONT 2007-2014. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 13, n. 28, p. 19-56, 2016.

COSTA, F.; MARTINS, G de A. Características epistemológicas de publicações científicas em Contabilidade: evidências de um cenário produtivista. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 13, n. 29, p. 33-68, 2016.

CRUZ, A P C da et al. Perfil das redes de cooperação científica: congresso USP de controladoria e contabilidade – 2001 a 2009. Revista Contabilidade & Finanças, v. 22, n. 55, p. 64-87, 2011.

CRUZ, C. F. da; FERREIRA, A C de S.; SZUSTER, N. Estrutura conceitual da contabilidade no Brasil: percepção dos docentes dos programas de pós- graduação stricto sensu em ciências contábeis. Pensar Contábil, v. 13, n. 50, p. 53-63, 2011.

CUNHA, P. R. da; PLETSCH, C. S.; SILVA, A. da. Relação entre as características da empresa, do comitê de auditoria e do auditor independente com o prazo de publicação das demonstrações financeiras. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 9, 2015.

DAVEL, E.; ALCADIPANI, R. Estudos críticos em administração: a produção científica brasileira nos anos 1990. Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 4, 2003.

DIAS, W. de O.; NETO, J. E. B.; BARBOSA, R. R. Design e qualidade da informação nos websites dos programas brasileiros de pós-graduação em contabilidade. Revista de Informação Contábil, v. 4, n. 4, p. 1-22, 2010.

ERFURTH, A. E.; BEZERRA, F. A. Gerenciamento de resultados nos diferentes níveis de governança corporativa. Revista BASE da Unisinos, v. 10, n. 1, p. 32-42, 2013.

ESTRELLA, A.; BATAGLIA, W. A influência da rede de alianças no crescimento das empresas de biotecnologia de saúde humana na indústria brasileira. Organizações & Sociedade, v. 20, n. 65, p. 321-340, 2013.

FARIA, J. A. de; GOMES, S. M. da S.; DIAS FILHO, J. M.; ALBUQUERQUE, V. A Assimetria da informação na elaboração do orçamento: uma análise da produção científica nos periódicos internacionais entre 2005 e 2009. Revista Contabilidade Vista & Revista, v. 22, n. 2, p. 43-65, 2011.

FREZATTI, F.; AGUIAR, A. B. de; GUERREIRO, R. Diferenciações entre a contabilidade financeira e a contabilidade gerencial: uma pesquisa empírica a partir de pesquisadores de vários países. Revista Contabilidade & Finanças, n. 44, p. 9-22, 2007.

FREZATTI, F. Comunicações informações editorias 2016. Revista Contabilidade & Finanças, v. 28, n. 73, p. 148-165, 2017.

GABRIEL, F. Impacto da adesão às práticas recomendadas de governança corporativa no índice de qualidade da informação contábil. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis), São Paulo: FEA/USP, 2011, 130 pg.

GOMES, C. H. P.; CAVALCANTE, P. S.; LINS, W. C. B. Análise de redes de colaboração científica dos docentes do programa de pós-graduação em educação matemática e tecnológica da Universidade Federal de Pernambuco. Em Teia, v. 7, n. 2, p. 1-25, 2016.

GONÇALVES, J. C. et al. Análise do impacto do processo de convergência às normas internacionais de contabilidade no brasil: um estudo com base na relevância da informação contábil. Revista Universo Contábil, v. 10, n. 3, p. 25-43, 2014.

LEAL, R. P. C.; ALMEIDA, V de S. E.; BORTOLON, P. M. Produção científica brasileira em finanças no período 2000-2010. Revista de Administração de Empresas, v. 53, 2013.

LIMA, F. D. C.; DINIZ, J. R.; SILVA, D. M. da. Perfil de Produção científica em contabilidade: um comparativo entre os periódicos Contabilidade Vista & Revista e Universo Contábil, no período de 2006 a 2010. RACE, v. 12, n. 2, p. 607-640, 2013.

MACHADO, D.; BENETTI, J.; BEZERRA, F. Análise da produção científica sobre «earnings management» em periódicos brasileiros e internacionais de contabilidade. Revista de Gestão dos Países de Língua Portuguesa, v. 10, n. 4, p. 50-66, 2011.

MACHADO, D. P. et al. Incentivo à pesquisa científica durante a graduação em ciências contábeis: um estudo nas universidades do estado do Rio Grande do Sul. Revista de Informação Contábil, v. 3, n. 2, p. 37-60, 2009.

MACHADO JUNIOR, C.; SOUZA, M. T. S. de; PARISOTTO, I R dos S. Institucionalização do conhecimento em sustentabilidade ambiental pelos programas de pós-gradução stricto sensu em administração. Revista de Administração Contemporânea, v. 18, n. 6, p. 854-873, 2014.

MALACRIDA, M. J. C.; YAMAMOTO, M. M. Governança corporativa: nível de evidenciação das informações e sua relação com a volatilidade das ações do Ibovespa. Revista Contabilidade & Finanças, v. 17, n. Edição Especial, p. 65-79, 2006.

MARTINS, O. S.; LUCENA, W. G. L. Produtivismo acadêmico: as práticas dos docentes dos programas de pós-graduação em contabilidade. ASAA, v. 7, n. 1, p. 66-96, 2014.

MATOS, E. B. S. de et al. Congresso ANPCONT: análise bibliométrica descritiva e avaliativa dos artigos publicados de 2007 a 2011. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 31, n. 3, 2012.

MELLO, C. M. de; CRUBELLATE, J. M.; ROSSONI, L. Dinâmica de relacionamento e prováveis respostas estratégicas de programas brasileiros de pós-graduação em administração à avaliação da CAPES: proposições institucionais a partir da análise de redes de co-autorias. Revista de Administração Contemporânea, v. 14, n. 3, p. 434-457, 2010.

MENDES-DA-SILVA, W.; ONUSIC, L. M.; GIGLIO, E. M. Rede de Pesquisadores de Finanças no Brasil: Um Mundo Pequeno Feito por Poucos. Revista de Administração Contemporânea, v. 17, n. 6, p. 739-763, 2013.

MENDONÇA, M. M. de et al. O impacto da Lei Sarbanes-Oxley (SOX) na qualidade do lucro das empresas brasileiras que emitiram ADRs. Revista Contabilidade & Finanças, v. 21, n. 52, p. 1-24, 2010.

MENDONÇA NETO, O. R. de; RICCIO, E. L.; SAKATA, C. G. Dez anos de pesquisa contábil no Brasil: análise dos trabalhos apresentados nos ENANPADs de 1996 a 2005. Revista de Administração de Empresas, v. 49, n. 1, p. 62-73, 2009.

MORÁS, V. R.; KLANN, R. C. Contabilidade do setor público: um estudo das redes sociais publicadas em periódicos internacionais. RACE, v. 15, n. 3, p. 1143-1168, 2016.

MOURA, G. D. de et al. Contabilidade e finanças: análise da plataforma teórica dos congressos ANPCONT e USP no período de 2007 a 2009. ConTexto, v. 11, n. 19, p. 7-19, 2011.

MURCIA, F. D. R.; SANTOS, A. dos. Discretionary-based disclosure: evidence from the brazilian market. Brazilian Administration Review, v. 9, n. 1, p. 88-109, 2012.

NASCIMENTO, A. R. do; JUNQUEIRA, E.; MARTINS, G de A. Pesquisa acadêmica em contabilidade gerencial no Brasil: análise e reflexões sobre teorias, metodologias e paradigmas. Revista de Administração Contemporânea, v. 14, n. 6, p. 1113-1133, 2010.

NASCIMENTO, S. do; BEUREN, I. M. Redes sociais na produção científica dos programas de pós-graduação de ciências contábeis do Brasil. Revista de Administração Contemporânea, v. 15, n. 1, p. 47-66, 2011.

NORONHA, A. P. P. et al. (2006). Análise de teses e dissertações em orientação profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 7, n. 2, p. 1-10, 2006.

PINHEIRO, L. V.; SILVA, E. L. da. As redes cognitivas na ciência da informação brasileira: um estudo nos artigos científicos publicados nos periódicos da área. Ciência da Informação, v. 37, n. 3, p. 38-50, 2008.

PONTE, V. M. R.; OLIVEIRA, M. C. A prática da evidenciação de informações avançadas e não obrigatórias nas demonstrações contábeis das empresas brasileiras. Revista Contabilidade & Finanças, v. 15, n. 36, p. 7-20, 2004.

RAVELLI, A. P. X. et al. A produção do conhecimento em enfermagem e envelhecimento: estudo bibliométrico. Texto Contexto – Enfermagem, v. 18, n. 3, p. 506-12, 2009.

REINA, D. R. M.; REINA, D.; SILVA, S. F. da. Comparabilidade da informação contábil em empresas brasileiras após a adoção das normas internacionais de contabilidade. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 11, n. 23, p. 77-94, 2014.

RIBEIRO, H. C. M. Produção acadêmica dos artigos publicados em revistas científicas nacionais disponibilizadas na Base Atena sobre o tema gestão de riscos de 2000 a 2015. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, v. 5, n. 1, p. 75-93, 2017.

RIBEIRO, H. C. M.; RÖDER, E dos S. F.; SILVA, E. L. da. Agricultura familiar e as teses de doutorado no Brasil. TransInformação, v. 25, n. 2, p. 111-126, 2013.

RIBEIRO, H. C. M.; SANTOS, M. C. dos. Perfil e evolução da produção científica do tema governança corporativa nos periódicos Qualis/Capes nacionais: uma análise bibliométrica e de redes sociais. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 18, n. 3, p. 04-27, 2015.

RIBEIRO, H. C. M. Teoria dos stakeholders: um estudo bibliométrico de sua produção acadêmica divulgada nos periódicos nacionais de 1999 a 2013. Revista Contemporânea de Economia e Gestão, v. 14, n. 1, p. 163-192, 2016.

SANTOS, R. N. M. dos. Produção científica: por que medir?O que medir? Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v . 1, n. 1, p. 22-38, 2003.

SANTOS, V dos et al. Folga orçamentária: características das publicações em periódicos internacionais. Revista Contabilidade Vista e Revista, v. 27, n. 1, p. 88-110, 2016.

SANTOS, V. dos; KLANN, R. C.; RAUSCH, R. B. Perfil das dissertações do mestrado em Ciências Contábeis da USP e FURB. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 14, 2011.

SILVA, A. C. da; WANDERLEY, C. A. N.; SANTOS, R. dos. Utilização de ferramentas estatísticas em artigos sobre contabilidade financeira – um estudo quantitativo em três congressos realizados no país. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 1, n. 14, 2010.

SILVA, M. Z. da; BEUREN, I. M. Contabilidade gerencial em hospitais: análise bibliométrica de artigos publicados no período 1950 a 2011. Revista Alcance, v. 22, 2015.

SOUZA, F. C. de et al. Análise das IES da área de ciências contábeis e de seus pesquisadores por meio de sua produção científica. Revista Contabilidade Vista e Revista, v. 19, 2008.

SOUZA, M. J. P. de; FERREIRA, A. L.; HANLEY, A. et al. A quantitative analysis of the academic economic literature regarding the Brazilian Development Bank (BNDES). EconomiA, v. 16, n. 2, p. 157-175, 2015.

SOUZA, P. A. R. de; FARINA, M. C.; COSTA, C de O. et al. Relações Sociais no setor de cama & café em parintins na amazônia: uma perspectiva com base nas análises de redes sociais. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v. 8, n. 1, p. 145-160, 2014.

WALTER, S. A.; BACHL, T. M.; BARBOSA, F. Estratégia como prática: análise longitudinal por meio de bibliometria e sociometria. Rebrae, v. 5, n. 3, p. 307-323, 2012.