Adoção das IFRS no Brasil: Um Estudo da Relevância das Informações Contábeis sobre Ativos Intangíveis Outros Idiomas

ID:
47356
Resumo:
A mudança de perfil das empresas em anos mais recentes tornou os ativos intangíveis tão ou mais relevantes que os ativos tangíveis. A adoção das Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS, International Financial Reporting Standards) no Brasil, por seu turno, introduziu um tratamento distinto e maior detalhamento no reconhecimento e mensuração dos ativos intangíveis. Assim, na presente pesquisa se avaliou a relevância da divulgação das informações financeiras sobre ativos intangíveis no contexto brasileiro, nos anos de 2009 e 2010, período de transição das Normas Contábeis Brasileiras (BRGAAP) para as IFRS. Para tanto, se utilizou o modelo de especificação desenvolvido por Chalmers, Clinch e Godfrey (2008), que associa os preços das ações com o valor dos ativos intangíveis identificáveis e do goodwill. Encontrou-se que os números contábeis para os ativos intangíveis e o goodwill, ambos reconhecidos de acordo com as IFRS, refletem informações de maior relevância para os investidores, quando comparados com esses ativos divulgados em BRGAAP.
Citação ABNT:
MARQUES, A. V. C.; SANTOS, C. K. S.; LEMES, S. Adoção das IFRS no Brasil: Um Estudo da Relevância das Informações Contábeis sobre Ativos Intangíveis . Revista Gestão Organizacional, v. 9, n. 3, p. 5-24, 2016.
Citação APA:
Marques, A. V. C., Santos, C. K. S., & Lemes, S. (2016). Adoção das IFRS no Brasil: Um Estudo da Relevância das Informações Contábeis sobre Ativos Intangíveis . Revista Gestão Organizacional, 9(3), 5-24.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/47356/adocao-das-ifrs-no-brasil--um-estudo-da-relevancia-das-informacoes-contabeis-sobre-ativos-intangiveis-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português