Dimensões Predominantes na Escolha de Parceiros em Redes Organizacionais Outros Idiomas

ID:
47907
Resumo:
Atualmente, sabe-se da importância das empresas atuarem em Redes Organizacionais, e o governo procura estimular essas iniciativas. Porém, há diferentes tipos de redes e são muitas as dificuldades na operacionalização das relações. Este trabalho tratou de um tipo específico de rede – aquelas em que as empresas se reúnem para desenvolver projetos temporários, cuja articulação é feita por brokers. Os potenciais participantes dos projetos se encontram no chamado Ambiente de Criação Virtual. O Sistema de Valor consiste num conjunto de dimensões consideradas importantes para os membros da rede quando eles avaliam seus parceiros. É importante que haja alinhamento entre os valores dos membros da rede, para não existir conflitos entre os membros. A pesquisa voltou-se para o ambiente das empresas que prestam serviços em festas de casamentos da região do ABC, no qual as assessorias de casamentos desempenham o papel de broker. O objetivo do trabalho foi o de identificar dimensões consideradas importantes pelos assessores de festas quando escolhem seus parceiros. A pesquisa exploratória utilizou análise de conteúdo de entrevistas realizadas com seis assessorias de festas. Como resultado, chegou-se a 22 dimensões, agrupadas em três perspectivas – de Negócios, de Colaboração e Social/Pessoal. A obtenção das dimensões consideradas pelas assessorias de casamento permite ampliar o conhecimento sobre o funcionamento da rede e é um primeiro passo para a análise do alinhamento de valor entre os membros. Esses resultados contribuem no sentido de se avançar na implantação e gestão de redes organizacionais, especialmente daquelas que operam de forma semelhante ao setor de festas de casamentos.
Citação ABNT:
AZEVEDO, A. R.; SILVEIRA, M. A. P.; SOTILLE, S. S. Dimensões Predominantes na Escolha de Parceiros em Redes Organizacionais . Revista Organizações em Contexto, v. 14, n. 27, p. 427-451, 2018.
Citação APA:
Azevedo, A. R., Silveira, M. A. P., & Sotille, S. S. (2018). Dimensões Predominantes na Escolha de Parceiros em Redes Organizacionais . Revista Organizações em Contexto, 14(27), 427-451.
DOI:
http://dx.doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v14n27p427-451
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/47907/dimensoes-predominantes-na-escolha-de-parceiros-em-redes-organizacionais-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABREU, A.; MACEDO, P.; CAMARINHA-MATOS, L. M. Elements of a methodology to assess the alignment of core-values in collaborative networks’. International Journal of Production Research, v. 47, n. 17, p. 4.907-4.934, 2009.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BILSKY, Wolfgang. A estrutura de valores: sua estabilidade para além de instrumentos, teorias, idade e culturas. RAM, Rev. Adm. Mackenzie (On-line). São Paulo, v. 10, n. 3, p. 12-33, 2009.

BORTOLUZZI, S. C. et al. Avaliação de desempenho de redes de pequenas e médias empresas (PMEs): lacunas e oportunidades de pesquisa. Revista Gestão Industrial, v. 9, n. 4, p. 886-906, 2013.

CAMARINHA-MATOS, L. M.; AFSARMANESH, H. Collaborative-networked organizations: a research agenda for emerging business models. EUA: Kluwer Academic Publishers, 2004.

CAMARINHA-MATOS, L. M.; AFSARMANESH, H. Collaborative Networks: A new scientific discipline. Journal of Intelligent Manufacturing, v. 16, n. 4-5, p. 439-452, 2005.

CAMARINHA-MATOS, L. M; AFSARMANESH, H. Collaborative networks value creation in a knowledge society. International federation for information processing (IFIP), v. 207, p. 26-40, 2006.

CAMARINHA-MATOS, L. M.; AFSARMANESH, H.; OLLUS, M. ECOLEAD and CNO Base Concepts. In: CAMARINHA-MATOS, L. M.; AFSARMANESH, H.; OLLUS, M. Methods and Tools for Collaborative Networked Organizations. New York, NY: Springer, p. 3-32, 2008.

CAMARINHA-MATOS, L. M. Collaborative networks: a mechanism for enterprise agility and resilience. In: MERTINS, K. et al. Enterprise interoperability VI: interoperability for agility, resilience, and plasticity of collaborations. Springer; 2014.

CAMARINHA-MATOS, L. M.; MACEDO, P. A conceptual model of value systems in collaborative networks. Journal of Intelligent Manufacturing, v. 21, n. 3, p. 287-299, 2010.

ECOLEAD (2007). Relatório Final D54.2: experiments on interoperability among models. Deliverable D54.2, ECOLEAD project (2007), FP6 IP 506958, Financiado pela European Community under the Information Society Technology Program, 2007.

FLORES, J. F. Análisis de datos cualitativos. Aplicaciones a la investigación educativa. Barcelona: PPU, 1994.

GALEANO, N., MOLINA, A., BEELER, J. MONNIER, F., POULY, M., AGUILERA, C., OLMO, A., LAESSIG, D. TIEFENSEE, B. VBE Pilot Demonstrators. In: Methods and tools for Collaborative Networked Organizations (L. M. Camarinha-Matos, H. Afsarmanesh, M. Ollus, Editors), ISBN 978-0-387-79423-5. Springer: New York, 2008.

HALL, B. The omega factor: a values-based approach for developing organizations and leadership. In: HALL, B. et al. Manual for the hall-tonna inventory of values. New York: Paulist Press, 2003. Disponível em: . Acesso em: 4 dez. 2013.

KIMURA, H.; TEIXEIRA, M. L. M.; GODOY, A. S. Redes sociais, valores e competências: simulação de conexões. Rev. adm. empres. São Paulo, v. 46, n. 3, 2006.

KLEN, E. R. Metodologia para busca e sugestão de gestores de Organizações virtuais baseada em competências individuais, 2007, 216s. Tese (Doutorado em Engenharia da Produção). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

MACEDO, P.; ABREU, A.; CAMARINHA-MATOS, L. M. A method to analyse the alignment of core values in collaborative networked organisations. Production Planning & Control, v. 21, n. 2, p. 145-159, 2010.

MACEDO, P. A. P. Models and tools for value systems analysis. In: collaborative environments, 2011, 191s. Tese (Doctor in Electrical and Computer Engineering, specialization of Collaborative Networks). Faculdade de Ciências e Tecnologia – Universidade Nova Lisboa. Lisboa, 2011.

MACEDO, P.; CARDOSO, T.; CAMARINHA-MATOS, L. M. Value system alignment in product servicing networks. In: CAMARINHA-MATOS, L. M.; SCHERER, R. J. Collaborative systems for reindustrialization, IFIP. Serie 408, p. 71-80, 2013.

OLIVEIRA, A. I. CAMARINHAMATOS, L. M. Negociation support in collaborative services design. Technological Innovation for Collective Awareness System, v. 423, p. 13-20, 2014.

PISCOLO, M. R. Gestão estratégica de eventos a partir da rede de valor. Revista de Gestão e Secretariado GeSec. São Paulo, v. 3, n. 2, p. 127-152, jul./dez. 2012.

RODRIGUES, T. H. P. T. Troca de conhecimento e ações conjuntas em um arranjo produtivo local (APL) de eventos da região do ABC. 2014, 111s. Dissertação (mestrado). Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2014.