A Geração Y e O Mercado de Trabalho: Percepções dos Alunos do Curso de Turismo da Universidade Federal Fluminense Outros Idiomas

ID:
48257
Resumo:
Atualmente, nota-se a busca por um modelo de gestão de pessoas capaz de gerenciar a diversidade presente no espaço laboral. Considera-se que as empresas apresentam uma pluralidade de indivíduos com características distintas, tais como raça, etnia, gênero, idade, que influenciam, de maneira significativa, a dinâmica das gestões. Entre a diversidade, destaca-se a questão das diferenças geracionais presentes no universo das organizações. Trazendo esses aspectos para a realidade do turismo, nota-se o quanto é importante compreender como as gerações, especialmente a Y, estão se inserindo no mercado de trabalho. Assim, objetiva-se com este trabalho analisar as percepções da geração Y com relação ao mercado de trabalho. Para isso , foi realizada uma pesquisa bibliográfica e empírica, de caráter qualitativo, empregando-se o método do grupo focal aplicado com alunos da Universidade Federal Fluminense. Os principais resultados obtidos foram o singular modo de trabalhar da geração Y nas organizações, a incompreensão das demais gerações diante das particularidades e atuações da geração Y no contexto organizacional e o distanciamento existente entr
Citação ABNT:
BITTENCOURT, F. T. R.; CASTRO, C. L. C. A Geração Y e O Mercado de Trabalho: Percepções dos Alunos do Curso de Turismo da Universidade Federal Fluminense . Revista Acadêmica do Observatório de Inovação do Turismo, v. 11, n. 2, p. 20-39, 2017.
Citação APA:
Bittencourt, F. T. R., & Castro, C. L. C. (2017). A Geração Y e O Mercado de Trabalho: Percepções dos Alunos do Curso de Turismo da Universidade Federal Fluminense . Revista Acadêmica do Observatório de Inovação do Turismo, 11(2), 20-39.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/48257/a-geracao-y-e-o-mercado-de-trabalho--percepcoes-dos-alunos-do-curso-de-turismo-da-universidade-federal-fluminense-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AMUI, A. M. Alinhamento: o caminho para garantir a empregabilidade da geração Y. Revista da ESPM, vol. 18, n. 3, p. 74-80, 2011.

ANSARAH, M. G. R. Formação e capacitação do profissional em turismo e hotelaria: reflexões e cadastro das instituições educacionais no Brasil. São Paulo: Aleph, 2002.

ANTUNES, A. C.; RIBEIRO, K. C. C.; GOMES, M. F. I.; VALE, M. L. A. do. Educação e formação profissional em turismo. Revista Eletrônica Aboré, Amazonas, p. 1-15, 2005.

CARVALHO, A. V.; NASCIMENTO, L. P.; SERAFIM, O. C. G. Administração de recursos humanos. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

DIAS, C. A. Grupo focal: técnica de coleta de dados em pesquisas qualitativas. Revista Informação e Sociedade, João Pessoa, vol. 10, n. 2, p. 7-22, 2000.

FERREIRA, D. A.; GAIA, P. N. Tendências estratégicas na indústria de mídia impressa: o consumo de informação pelo público jovem. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA-SEGeT, 10 , 2013, Resende-RJ, Anais... Rio de Janeiro: SEGeT, 23, 2013.

FORNARI, I. S. Educação superior em turismo: o profissional de turismo frente às competências exigidas pelo mercado de trabalho do setor hoteleiro em Natal. 2006. 170f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Administração, Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

INFANTE, C. P.; PFRIMER, R. B. Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: comunicação entre jovem e empresa. Revista da ESPM, vol. 18, n. 3, p. 30-35, 2011.

LARA, L. F. O ensino da administração nos cursos de turismo no Brasil e a formação do turismólogo. Revista Eletrônica Turismo, Visão e Ação, vol. 12, n. 3, p. 277-298, 2010.

LEMOS, A. H. C.; CAVAZOTTE, F. S. C. N.; NOGUEIRA, A. S. Gerações produtivas e comprometimento organizacional: um estudo comparativo com oficiais da aeronáutica. Revista Gestão e Planejamento, vol. 13, n. 3, p. 694-711, 2012.

MIRANDA, C. S. Velhos mitos para gente jovem. Revista Melhor Gestão de Pessoas, São Paulo, v. 21, n. 304, p. 28-36, 2013.

OLIVEIRA, M.; FREITAS, H. Focus group: instrumentalizando o seu planejamento. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. da (Orgs.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva, 2006, p. 325-346.

PEREIRA, J. B. C.; HANASHIRO, D. M. M. A gestão da diversidade: uma questão de valorização ou de dissolução de diferenças? In: ENCONTRO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO-EnANPAD, 31 , 2007, Rio de Janeiro-RJ, Anais... Rio de Janeiro: Anpad, 22, 2007.

ROBBINS, S. P. Comportamento organizacional. 11. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

ROSINI, F.; FERREYROS, A. R. S. Situação profissional dos egressos da primeira e segunda turma do curso de Turismo da Faculdade Estácio de Sá de Ourinhos/SP. Hórus Jr - Revista de Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas, vol. 1, n. 1, p. 1-16, 2006.

SINGLY, F. Sociologia da família contemporânea. Rio de Janeiro: FGV, 2007.

SOUZA, T. R. Inserção profissional dos bacharéis em turismo formados pela UFMG nos anos de 2005-2007. 2008. 75f. Monografia (Especialização) - Curso de Turismo, Departamento de Geografia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

TEIXEIRA, M. L. M.; ZACCARELLI, L. M. A nova ambiência competitiva. In: HANASHIRO, D. M. M. (Org.). Gestão do fator humano: uma visão baseada em stakeholders . 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2008 , p. 3-21.

THAMER, R. O jovem e o mercado de trabalho. Revista da ESPM, vol. 18, p. 24-29, 2011.

VASCONCELOS, K. C. A.; MERHI, D. Q.; GOULART, V. M.; SILVA, A. R. L. da. A geração Y e suas âncoras de carreira. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, Pernambuco, vol. 8, n. 2, p. 226-244, 2010.

VELOSO, E. F. R.; SILVA, R. C.; DUTRA, J. S. Diferentes gerações e percepções sobre carreiras inteligentes e crescimento profissional nas organizações. Revista Brasileira de Orientação Profissional, vol. 13, n. 2, p. 197-207, 2012.