A evolução do pensamento de marketing: uma análise do corpo doutrinário acumulado no século XX

ID:
48744
Resumo:
Um dos pontos fracos no desenvolvimento do pensamento de marketing é a ausência de avaliação e análise das teorias propostas. Teóricos da área não atentam para a necessidade de criticar consistentemente outras teorias, a fim de identificar forças e fraquezas antes de formular seus próprios modelos. Observa-se, freqüentemente, um desconhecimento da existência e conteúdo das principais escolas validadas no passado. O objetivo deste trabalho é investigar a perspectiva dominante das escolas do pensamento de marketing acumulado pelo corpo doutrinário ao longo do século XX, com o intuito de destacar virtudes, falhas e tendências para o novo século. Com o uso de uma metodologia qualitativa, onde a desk research foi a técnica utilizada, foi possível identificar o foco dominante das doze escolas emergidas no decorrer do século XX e a tendência do marketing para surgimento de uma nova escola com foco voltado não meramente para as interações mútuas entre vendedores e compradores, mas nos relacionamentos que envolvem sensações e experiências, abrangendo o aspecto psicológico do consumidor e que está marcando o início do século XXI.
Palavras-chave:
Citação ABNT:
MIRANDA, C. M. C.; ARRUDA, D. M. O. A evolução do pensamento de marketing: uma análise do corpo doutrinário acumulado no século XX. Revista Interdisciplinar de Marketing, v. 3, n. 1, p. 40-57, 2004.
Citação APA:
Miranda, C. M. C., & Arruda, D. M. O. (2004). A evolução do pensamento de marketing: uma análise do corpo doutrinário acumulado no século XX. Revista Interdisciplinar de Marketing, 3(1), 40-57.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/48744/a-evolucao-do-pensamento-de-marketing--uma-analise-do-corpo-doutrinario-acumulado-no-seculo-xx/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português