Colaboração para a Sustentabilidade: Práticas de Membros de uma Cadeia de Suprimentos do Rio Grande do Sul Outros Idiomas

ID:
49067
Resumo:
Empresas têm recebido cada vez mais pressões da sociedade, dos governantes e de entidades nãogovernamentais para incorporar práticas de sustentabilidade em suas operações. Tais pressões influenciam não apenas suas operações internas, mas também suas cadeias de suprimentos. Nessa perspectiva, no sentido de buscar esta aproximação entre sustentabilidade e operações, destaca-se a importância da integração entre diferentes atores que formam uma cadeia de suprimentos, a qual se torna possível quando se intensificam as interações ou mesmo se desenvolvem práticas colaborativas. Assim, este estudo tem por objetivo analisar a colaboração entre membros de uma cadeia de suprimentos no Rio Grande do Sul como elemento contributivo para a introdução de práticas de sustentabilidade nesta cadeia. Para tanto, a discussão central está relacionada com a proposta de Beske e Seuring (2014), por meio de um estudo de caso com a empresa Mercur S/A e alguns integrantes de sua cadeia de suprimentos. Os principais resultados apontam que ações de colaboração são desenvolvidas com os elos da cadeia de suprimentos visando melhorar a integração dos membros e a introdução de práticas de sustentabilidade. Entende-se que a empresa focal utiliza sua influência na gestão da cadeia para introduzir tais práticas de forma colaborativa junto aos seus fornecedores. Com isso, podem ser consideradas como contribuições da pesquisa: (1) a identificação empírica do tema, algo pouco observado na literatura, e (2) uma contribuição teórica, uma vez que os critérios propostos e pesquisados podem servir de subsídio para novas pesquisas.
Citação ABNT:
ALVES, A. P. F.; SILVA, M. E.; SANTOS, J. G. Colaboração para a Sustentabilidade: Práticas de Membros de uma Cadeia de Suprimentos do Rio Grande do Sul. Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 12, n. 1, p. 2-20, 2018.
Citação APA:
Alves, A. P. F., Silva, M. E., & Santos, J. G. (2018). Colaboração para a Sustentabilidade: Práticas de Membros de uma Cadeia de Suprimentos do Rio Grande do Sul. Revista de Gestão Social e Ambiental, 12(1), 2-20.
DOI:
10.24857/rgsa.v12i1.1383
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/49067/colaboracao-para-a-sustentabilidade--praticas-de-membros-de-uma-cadeia-de-suprimentos-do-rio-grande-do-sul/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Abdalla, E. C., & Barbieri, J. C. (2014). Determinants of sustainable supply chain: an analysis of mensuration models of pressures and socio-environmental practices. Journal of Operations and Supply Chain Management – Joscm, 7(2), 110-123.

Abdallah, A. B., Obeidat, B. Y., & Aqqad, N. O. (2014). The impact of supply chain management practices on supply chain performance in Jordan: the moderating effect of competitive intensity. International Business Research, 7(3), 13–28.

Alves, A. P. F. (2016). Sustentabilidade em cadeias de suprimento sob o olhar da proatividade. In: Silva, M. E. & Nascimento, L. F. M. (Org.). Sustentabilidade em cadeias de suprimento: entre teoria e prática. ePUB (Online). Porto Alegre, RS.

Alves, A. P. F., De Barcellos, M. D., & Nascimento, L. F. M. (2016). The contribution of a proactive company for a sustainable supply chain: evidences from a case study. Proceedings 23rd EurOMA Conference.

Ashby, A., Leat, M., & Hudson-Smith, M. (2012). Making connections: a review of supply chain management and sustainability literature. Supply Chain Management: An International Journal, v.17, n.5, p.497-516.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Beske, P. (2012). Dynamic capabilities and sustainable supply chain management. International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, 42(4), 372-387.

Beske, P., Land, A., & Seuring, S. (2014). Sustainable supply chain management practices and dynamic capabilities in the food industry: a critical analysis of the literature. international Journal of Production Economics, 152, 131-143.

Beske, P., & Seuring, S. (2014). Putting sustainability into supply chain management, Supply Chain Management: an International Journal, 19(3), 322-331.

Brito, R. P., & Berardi, P. C. (2010). Vantagem competitiva na gestão sustentável da cadeia de suprimentos: um metaestudo. Revista de Administração Eletrônica – RAE, 50(2), 155-169, abr./jun.

Carvalho, A. P. (2011). Gestão sustentável de cadeias de suprimento: análise da indução e implementação de práticas socioambientais por uma empresa brasileira do setor de cosméticos. Tese. Doutorado em Administração. Fundação Getúlio Vargas. São Paulo.

Carvalho, A. P., & Barbieri, J. C. (2013). Inovações socioambientais em cadeias de suprimentos: um estudo de caso sobre o papel da empresa focal, RAI – Revista de Administração e Inovação,10(1), 232-256.

Foerstl, K., Reuter, C., Hartmann, E., & Blome, C. (2010). Managing supplier sustainability risks in a dynamically changing environment: sustainable supplier management in the chemical industry. Journal of Purchasing & Supply Management, 16, 118-130.

Gold, S., Seuring, S., & Beske, P. (2010). Sustainable supply chain management and inter organizational resources: a literature review. Corporate Social Responsibility and Environmental Management, 17(4), 230–245.

Koplin, J., Seuring, S., & Mesterharm, M. (2007). Incorporating sustainability into supply management in the automotive industry e the case of the Volkswagen AG. Journal of Cleaner Production, 15, 1053-1062.

Kumar, G. Banerjee, R. N., Meena, P. L., & Ganguly, K. K. (2017). Joint planning and problem solving roles in supply chain collaboration. IIMB Management Review, 29, 45-57.

Neutzling, D. M., Land, A., Seuring, S., & Nascimento, L. F. M. (2017) Linking sustainabilityoriented innovation to supply chain relationship integration. Journal of Cleaner Production, In press, https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2017.11.091.

Neutzling, D. M., & Silva, M. E. (2016). A sustentabilidade em cadeias de suprimento a partir da visão de recursos e capacidades. Revista Ciências Administrativas-RCA, 22(1).

Nunes, B., Bennett, D., & Marques Júnior, S. (2014). Sustainable agricultural production: an investigation in Brazilian semi-arid livestock farms, Journal of Cleaner Production, 64, 414-425.

Pagell, M., & Wu, Z. (2009). Building a more complete theory of sustainable supply chain management using case studies of 10 exemplars. Journal of Supply Chain Management, April.

Seuring, S., & Gold, S. (2013). Sustainability management beyond corporate boundaries: from stakeholders to performance, Journal of Cleaner Production, 56, 1-6.

Seuring, S., & Müller, M. (2008). From a literature review to a conceptual framework for sustainable supply chain management. Journal of Cleaner Production, 16, 1699-1710.

Sharfman, M. P., Shaft, T. M., & Anex Jr, R. P. (2009). The road to cooperative supply chain environmental management: trust and uncertainty among pro-active firms. Business Strategy and the Environment, 18, 1-13.

Silva, M. E., & Nascimento, L. F. M. (2016). (Re)pensando a intersecção entre sustentabilidade e cadeia de suprimento. Espacios, 37(4).

Silva, M. E., Neutzling, D. M., Alves, A. P. F., Dias, P., Santos, C. A. F., & Nascimento, L. F. M. (2015). Sustainable supply chain management: a literature review on brazilian publications. Journal of Operations and Supply Chain Management – Joscm, 8(1), 29-45.

Silvestre, B. S. (2015). 'Sustainable supply chain management in emerging economies: Environmental turbulence, institutional voids and sustainability trajectories'. International Journal of Production Economics, 167, 156-169.

Singh, H., Garg, R., & Sachdeva, A. (2018). Supply chain collaboration: A state-of-the-art literature review. Uncertain Supply Chain Management, 6(2), 149-180.

Tencati, A., & Zsolnai, L. (2009). The collaborative enterprise. Journal of Business Ethics, 85(3), 367-376.

Touboulic, A., & Walker, H. (2015a). 'Love me, love me not: a nuanced view on collaboration on sustainable supply chains', Journal of Purchasing & Supply Chain Management, 21, 178-191.

Touboulic, A., & Walker, H. (2015b). 'Theories in sustainable supply chain management: a structured literature review', International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, 45, 1/2, 1-44.

Van Hoof, B., & Thiell, M. (2014). 'Collaboration capacity for sustainable supply chain management: small and medium-sized enterprises in Mexico', Journal of Cleaner Production, 67, 239-248.

Vieira, M. M. F. (2006). Por uma boa pesquisa (qualitativa) em administração. In: Vieira, M. M. F., & Zouain, D. M. Pesquisa qualitativa em Administração. (2ª ed.) Rio de Janeiro: Editora FGV. 224p.

Wiengarten, F., Humphreys, P., Cao, G., Fynes, B., & McKittrick, A. (2010) Collaborative supply chain practices and performance: exploring the key role of information quality. Supply Chain Management: An International Journal, 15(6), 463-473.

Wittstruck, D. & Teuteberg, F. (2012). Understanding the success factors of sustainable supply chain management: empirical evidence from the electrics and electronics industry. Corporate Social Responsibility and Environmental Management.

Wolf, J. (2011). Sustainable supply chain management integration: a qualitative analysis of the german manufacturing industry. Journal of Business Ethics, 102, 221-235.