Análise da Controladoria e suas Funções: Estudo de Caso em uma Organização da Construção Civil Outros Idiomas

ID:
49105
Periódico:
Resumo:
Esta pesquisa teve como objetivo analisar as funções da controladoria em uma organização do ramo da construção civil de grande porte. Por meio de uma entrevista semiestruturada com o responsável por este departamento foi possível identificar vários aspectos relacionados ao departamento da controladoria e ao perfil do controller. Os resultados encontrados por meio de informações empíricas e também em estudos anteriores apontam que as funções encontradas na empresa corroboram com estudos que analisaram estas funções.
Citação ABNT:
LEITE, M.; REIF, E.; LAVARDA, C. E. F. Análise da Controladoria e suas Funções: Estudo de Caso em uma Organização da Construção Civil . Desafio Online, v. 6, n. 1, p. 1-24, 2018.
Citação APA:
Leite, M., Reif, E., & Lavarda, C. E. F. (2018). Análise da Controladoria e suas Funções: Estudo de Caso em uma Organização da Construção Civil . Desafio Online, 6(1), 1-24.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/49105/analise-da-controladoria-e-suas-funcoes--estudo-de-caso-em-uma-organizacao-da-construcao-civil-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Amaral, M. S.; Rodrigues, M. S (2006). O ensino da disciplina de controladoria nos programas de pós-graduação em nível de especialização em ciências contábeis e o profissional controller atuante no mercado de trabalho. In: EnANPAD, 2006, Salvador. Anais.

Araújo, P. G. L. (2006). A utilização pela Controladoria dos trabalhos da auditoria interna e externa sobre o sistema de controle interno: um estudo nas grandes empresas do estado do Ceará. Dissertação (Mestrado Profissional em Controladoria). Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. Universidade Federal do Ceará.

Bataglia, W.; Franklin, M. A.; Caldeira, A.; Silva, A. A. (2010). Implicações das teorias ambientais para a administração estratégica. GESTÃO.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 7(3).

Bencová, M.; Kal’avská, A. (2009). Importance of the Controllership for the Company Performance-Software Company Experience. Ekonomie a Management, 2009(2).

Beuren, I. M.; Pinto, J.; Zonatto, V. C. (2012). Abordagens da Controladoria nos Trabalhos do Congresso USP de Controladoria e Contabilidade: Um Enfoque nas Perspectivas Conceitual, Procedimental e Organizacional. Revista Contemporânea em Contabilidade, 9(17), 3-16.

Bianchi, M.; Backes, R. G.; Giongo, J. (2006). A participação da controladoria no processo de gestão organizacional. Contexto, 6(10), 69-92.

Boff, M. L.; Beuren, I. M.; Guerreiro, R. (2014). Institucionalização de hábitos e rotinas da controladoria em empresas do Estado de Santa Catarina. Organizações & Sociedade, 15(46).

Borinelli, M. (2006). Estrutura conceitual básica de Controladoria: sistematização à luz da teoria e da práxis. Tese (Doutorado em Contabilidade). – Departamento de Contabilidade e Atuária da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo. São Paulo, FEA/USP.

Brandt, V. A. (2010). A contabilidade gerencial e sua relação com a teoria institucional e da teoria da contingência. Ciências Sociais em Perspectiva, 9(17), 135-147.

Carvalho, A.; Lunkes, R. J.; Souza, P. (2014). Institucionalização da Controladoria: Proposta de Implantação em uma Empresa do Ramo da Construção Civil. Revista Inova Ação, 2(1), 01-21.

Cavalcante, D. S.; DeLuca, M. M. M.; Ponte, V. M. R.; Gallon, A. V. (2012). Características da Controladoria nas Maiores Companhias Listadas na BM&FBOVESPA. Revista Universo Contábil, 8(3), 113-134.

Crozatti, J. (2003). Planejamento estratégico e controladoria: um modelo para potencializar a contribuição das áreas da organização. Contexto, 3(5).

Dalmacio, F. Z. I.; Formigoni, H.; Bispo, J. S.; Calijuri, M. S. S. (2007). Aderência entre o conceito e a prática das funções atribuídas ao controller: um estudo no contexto brasileiro. In: Congresso Internacional de Custos. 2007. Anais..

Espejo, M. M.S. B.; Costa, F.; Cruz, A. P. C.; Almeida, L. B. (2009). Uma análise críticoreflexiva da compreensão da adoção dos artefatos de contabilidade gerencial sob uma lente alternativa a contribuição de abordagens organizacionais. Revista de Contabilidade e Organizações, 3(5), 25-43.

Fachin, O. (2003). Fundamentos de metodologia. 4a ed. São Paulo: Saraiva.

Figueiredo, S.; Caggiano, P. C. (1997). Controladoria: Teoria e Prática. 2a ed. São Paulo: Atlas, 1997.

Frezatti, F.; Rocha, W.; Nascimento, A. R.; Junqueira, E. (2009). Controle gerencial: uma abordagem da contabilidade gerencial no contexto econômico, comportamental e sociológico. São Paulo: Atlas.

Giongo, J. (2005). A participação da controladoria no processo de gestão organizacional. 2005. 145 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis). Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Guerreiro, R.; Pereira, C. A.; Rezende, A. J. (2008). Em busca do entendimento da formação dos hábitos e das rotinas da contabilidade gerencial: um estudo de caso. Revista de administração Mackenzie, 7(2).

Lunkes, R. J.; Gasparetto, V.; Schnorrenberger, D. (2010). Um estudo sobre as funções da controladoria. Revista de Contabilidade e Organizações, 4(10), 106-126.

Lunkes, R. J.; Schnorrenberger, D.; Gasparetto, V.; Vicente, E. F. R. (2009). Considerações sobre as funções da controladoria nos Estados Unidos, Alemanha e Brasil. Revista Universo Contábil, 5(4). 63-75.

Lunkes, R. J.; Schnorrenberger, D.; Souza, C. M.; Rosa, F. S. (2012). Análise da legitimidade sociopolítica e cognitiva da controladoria no Brasil. Revista Contabilidade & Finanças, 23(59), 83-101.

Maciel, A.; Mata, D.; Sacramento, L.; Martins, P. L.; Borges, R. O. (2011). A Contribuição da Controladoria para os Resultados Positivos nas Empresas Privadas do Brasil. In: Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, Resende, 2011. Anais.

Martin, N. C. (2002). Da contabilidade à controladoria: a evolução necessária. Revista Contabilidade & Finanças, 13(28), 7-28.

Mosimann, C. P.; Fisch, S. (1999). Controladoria: Seu papel na administração de empresas. São Paulo: Atlas.

Oro, I. M.; Beuren, I. M.; Carpes, A. M. S. (2014). Competências e Habilidades Exigidas do Controller e a Proposição para sua Formação Acadêmica. Contabilidade Vista & Revista, 24(1), 15-36,.

Otley, D. T. (1980). The contingency theory of management accounting: achievement and prognosis. Accounting, Organizations and Society, 5(4), 413-428.

Rehring, J.; Voußem, L.; Weber, J. (2011). Die Rolle (n). der Controller: Eine Einordnung durch den WHU-Controllerindex. Controller Magazin, 36(5), 14.

Sampieri, R. H.; Collado, C. F.; Lucio, P. B. (2006). Metodologia de Pesquisa. 3a ed. São Paulo: McGraw-Hill.

Schäffer, U.; Erhart, R. (2013). Das Glas ist halb voll—Der Controller auf dem Weg zum strategischen Partner. Controlling & Management Review, 57(8), 54-61.

Tureta, C.; Rosa, A. R.; Ávila, S. C. (2006). Da teoria sistêmica ao conceito de redes interorganizacionais: um estudo exploratório da teoria das organizações. Revista de Administração da Unimep, 4(1), 1.

Vergara, S. C. (2006). Projetos e relatórios de pesquisa em administração. Atlas.

Weber, J. (2011). The development of controller tasks: explaining the nature of controllership and its changes. Journal of Management Control, 22(1), 25-46.